She's Broke. She's Banks.

Ana Castanho

"Luxury" video by Clarence Fuller

 

 

Este é, sem dúvida, o maior dos Harlem Shakes. O que antes de o ser, já o era.
Pois daquele canto de Nova Iorque, no Harlem, nasceu Azealia Banks – ou Miss Bank$ como já gostou de ser chamada. 

Cantora/rapper/furacão, começou aos 10 anos de idade a percorrer os palcos da Broadway, assumindo papéis em alguns musicais que lhe fizeram rampa para outras produções, como a da escola de artes que lhe serviu de liceu. Não o acabou, ao liceu, e não lhe seguiu a arte de representação. O que ela representa hoje é um estilo icónico e invulgar, como uma menos esbelta Missy Elliot talvez tenha feito em tempos, ali pela mesma altura em que a pequena dava apenas os primeiros passos. Mesmo.




"Luxury" video by Clarence Fuller

 

Apadrinhada por Diplo, Bank$ fez-se ansiar desde 2009, quando lançou Gimme a Chance e Seventeen, sob uma remistura dos Ladytron. Lançou-se como se lançam tantos, hoje, bastando ligar-se à internet e deixar o som correr mundo num mero canal de Youtube. E o mundo pediu por mais.


PLAY: Azealia Banks - Seventeen (Ladytron reworking)


Esse “extra” merecia, então, uma mudança, algum crescimento, que uma menina de agora 22 anos não soube responder prontamente, entregando apenas algumas covers de improvável boa gente, como os The Strokes ou os Interpol. Seguiram-se o EP 1991 (ano do seu nascimento) e a mixtape Fantasea, ambos ampliados pelo mundo digital onde Azealia parece mexer-se bem, para satisfação dos fãs e aflição dos restantes. São, por isso, famosos os “bifes”, farpas e bocas inflamadas que espalhou pela mesma internet que a lançou, em tópicos sobre a sua antiga editora XL Recordings ou mesma a sua “concorrência” – como a recém-surgida Angel Haze. Nem os Stone Roses escaparam a expressões que tão bem caracterizam as letras que cospe com alguma genialidade: “yeh, you bunch of saggy white men”. São tweets, são posts, são letras pontiagudas... so fat so fast. A elas e a eles, dedicatórias de uma bissexual assumida e com tanto para dizer. Sem gritar. Basta ver e ouvir o seu novo vídeo.

 

 

Ela tarda, mas não falha. Vai dizendo de si. E agora, com a mesma pujança com que despertou a nossa curiosidade, lança Broke with Expensive Taste – este sim, o seu assumido primeiro álbum. Ao primeiro single "No problems" esperam-se bons seguimentos, incluindo a faixa com participação anunciada de Pharrel Williams, para escutar em breve. Muito breve.

 


Estimula-apoia-encoraja-endossa
AZEALIA BANKS Website AZEALIA BANKS FacebookAZEALIA BANKS Soundcloud
  • VIRAL
    Sabe como categorizar e encaixar os vários tipos de actividades, com exemplos concretos e recomendações para uma boa orientação por esta selva de coisas a acontecer.
  • VIRAL
    Descobre quais as estratégias ninja para publicares na VIRAL AGENDA gratuitamente e aumentares o alcance dos teus eventos.
  • ROTEIRO
    Um relato informado e apurado sobre a edição do NOS Primavera Sound de 2019
  • ROTEIRO
    Não se enganem, falar do Tremor é falar de um festival de música a sério.
  • FENÓMENOS
    Concursos bienais de apoio às artes abrem a 28 de Março, serão distribuídos mais de 18 Milhões de euros.
  • VIRAL
    O Facebook mudou a forma de exportar os eventos para outras plataformas como a VIRAL AGENDA. Descobre como é simples.
  • VIRAL
    Não gostas de publicidade? Compreendemos perfeitamente, mas dá-nos uma atenção, abrindo a excepção.
  • VIRAL
    O Facebook alterou recentemente a política e acesso aos dados, restringindo temporariamente a divulgação de eventos.
  • ROTEIRO
    Actividades de sobra para esta páscoa, especialmente para as crianças e família
  • ROTEIRO
    Revelado o cartaz do Primavera Sound deste ano, aqui fica o relato inédito de Señor Pelota da edição de 2017.
  • ROTEIRO
    Uma exposição de Ivo Purvis sem receita nem prescrição, sem briefing nem cliente.
  • ROTEIRO
    O New Art Fest projecta sobre Lisboa propostas promissoras no campo da cultura digital.
  • ROTEIRO
    Nostalgia, revivalismo e clássicos aos molhes no Teatro Aveirense.
  • ROTEIRO
    Será possível uma cultura alternativa em Aveiro? Com certeza.
  • ROTEIRO
    Actividades para miúdos e graúdos, e uma impressionante selecção musical.
  • ROTEIRO
    Ganha 5 convites duplos para a edição de 2016 do Festival FORTE!!!
  • ROTEIRO
    DJ e radialista, Señor Pelota fala-nos de 3 dias de grande música, sem filas nem atropelos.
  • ROTEIRO
    Uma noite com raízes sonoras em Detroit e os olhos postos no clássico de Kubrick.
  • ROTEIRO
    7 eventos a não perder este fim-de-semana em Lisboa!
  • ROTEIRO
    7 cenas mesmo fixes para fazer durante o fim-de-semana prolongado no Porto!