Chef Rø: Gastronomia Tecno-Emocional

Irmãos Génios

Chef Rø: Taste My Clothes por Filipe Quaresma

 

GOLDEN CYBORG

Quando o prato principal não é homem, não é branco, não é hetero, não é católico, nem é americano: Risotto de açafrão & queijo da Ilha c/ rapsódia de cogumelos vaporizados & salada de agrumes.

Entre tesouros bio-dissociativos e insólitas empreitadas gastronómicas, Golden Cyborg é um dos apetitosos menus descritos no blog “Vou Á Tua Mesa”, nascido do incesto culinário entre o artista Rogério Nuno Costa e o seu charmoso alter-ego Chef Rø.

Naufragado num exótico caldo à base de Arte, Gastronomia, Filosofia e Tecnologia, Chef Rø explora as fronteiras tecno-emocionais da panela conceptual que dá pelo nome de Sensual Absoluto, e aí vai deixando apurar uma mão cheia de projectos híbridos entre os quais se contam performances, vídeo-documentários, workshops, livros, programas de rádio e televisão, pop-up restaurants e instalações.

 


Chef Rø eating a bifana por António MV

 

Sob o signo do Pop Rø – que, segundo o próprio, consiste na “fabricação  de experiências culinárias únicas e irrepetíveis em ambiente familiar com muita rave alemã e bubblegum dance à mistura” – este sacerdote das artes gastronómicas já deu à colher no seio de estruturas culturais como o Pavilhão do Conhecimento, Binaural/Nodar, Circular - Festival de Artes Performativas de Vila do Conde, Teatro Municipal S. Luiz, ou Goethe Institut (e a lista continua).

Tendo colaborado também com uma multitude de artistas em diversas áreas, Chef Rø tem vindo a criar pratos específicos inspirados no imaginário estético e filosófico destes, e conta já com 84 receitas: 84 homenagens culinárias a artistas com quem se tem cruzado, num projecto intitulado ® [Marca Registada]. De destacar também o pseudo-programa de televisão sobre a sua visita ao Alentejo (aguardamos ansiosamente as duas próximas temporadas, passadas respectivamente no Minho e na Serra da Gralheira…).

 


Chef Rø Goes Alentejo S01E05

 

Depois da trilogia performativa “Vou a Tua Casa“ (que tomava com palco as casas dos espectadores) surge, em 2006, “Vou à Tua Mesa”. Ameaças à parte, Chef Rø – “vai mesmo a sua casa, cozinha para si e consigo, partilha dicas com os seus convidados, ensina-lhe a técnica do ovo escalfado (com ou sem filtros moleculares), reaproveita-lhe os restos, arruma-lhe os tupperwares, brinca às casinhas e deixa-se instagramar de sifão na mão, com muito charme e duck faces.” – Consta que se desloca a qualquer parte do país e estrangeiro, desde que em executiva.

 


Chef Rø durante uma tempestade de fruta por Cátia Cóias

 

Em 2013 – revela-nos – pretende “continuar a invadir a casa de gente gulosa”, dar seguimento a uma certa aventura radiofónica, e reescrever o roteiro turístico-gastronómico de várias cidades Europeias na perspectiva do home cooking e com a participação de vários chefs amadores nas suas próprias casas, dando assim ênfase àquela que considera ser a única verdadeira cultura gastronómica – longe de restaurantes, festivais, feiras e lojas gourmet. Se além disso ouviram dizer que Chef Rø passará brevemente a integrar a ilustre equipa de colaboradores do Sistema Imunitário, o mais provável é que tenham ouvido mal. E se foi um passarinho que vos disse, fiquem a saber que há passarinhos  que acabam no forno em programas de culinária passados no Alentejo.

A Arte devia ser elevada à categoria de Gastronomia, pois o contrário já foi feito.

Confrontados com tal cabaz, tivemos a princípio uma certa dificuldade em acreditar que existia realmente alguém assim, que fizesse vídeos sobre bifanas e afirmasse que "a Arte devia ser elevada à categoria de Gastronomia, pois o contrário já foi feito”. Se também estão na dúvida, ou ou se por outro lado ficaram cheios de vontade de o convidar para ir à vossa mesa, façam como os Irmãos Génios e escrevam-lhe uma carta: o.chef.ro@gmail.com 

 


Estimula-apoia-encoraja-endossa
Chef Rø - Vou à Tua Mesa Chef Rø FB Chef Rø You Tube
  • VIRAL
    Sabe como categorizar e encaixar os vários tipos de actividades, com exemplos concretos e recomendações para uma boa orientação por esta selva de coisas a acontecer.
  • VIRAL
    Descobre quais as estratégias ninja para publicares na VIRAL AGENDA gratuitamente e aumentares o alcance dos teus eventos.
  • ROTEIRO
    Um relato informado e apurado sobre a edição do NOS Primavera Sound de 2019
  • ROTEIRO
    Não se enganem, falar do Tremor é falar de um festival de música a sério.
  • FENÓMENOS
    Concursos bienais de apoio às artes abrem a 28 de Março, serão distribuídos mais de 18 Milhões de euros.
  • VIRAL
    O Facebook mudou a forma de exportar os eventos para outras plataformas como a VIRAL AGENDA. Descobre como é simples.
  • VIRAL
    Não gostas de publicidade? Compreendemos perfeitamente, mas dá-nos uma atenção, abrindo a excepção.
  • VIRAL
    O Facebook alterou recentemente a política e acesso aos dados, restringindo temporariamente a divulgação de eventos.
  • ROTEIRO
    Actividades de sobra para esta páscoa, especialmente para as crianças e família
  • ROTEIRO
    Revelado o cartaz do Primavera Sound deste ano, aqui fica o relato inédito de Señor Pelota da edição de 2017.
  • ROTEIRO
    Uma exposição de Ivo Purvis sem receita nem prescrição, sem briefing nem cliente.
  • ROTEIRO
    O New Art Fest projecta sobre Lisboa propostas promissoras no campo da cultura digital.
  • ROTEIRO
    Nostalgia, revivalismo e clássicos aos molhes no Teatro Aveirense.
  • ROTEIRO
    Será possível uma cultura alternativa em Aveiro? Com certeza.
  • ROTEIRO
    Actividades para miúdos e graúdos, e uma impressionante selecção musical.
  • ROTEIRO
    Ganha 5 convites duplos para a edição de 2016 do Festival FORTE!!!
  • ROTEIRO
    DJ e radialista, Señor Pelota fala-nos de 3 dias de grande música, sem filas nem atropelos.
  • ROTEIRO
    Uma noite com raízes sonoras em Detroit e os olhos postos no clássico de Kubrick.
  • ROTEIRO
    7 eventos a não perder este fim-de-semana em Lisboa!
  • ROTEIRO
    7 cenas mesmo fixes para fazer durante o fim-de-semana prolongado no Porto!