Vítor Belanciano e Miguel Sá no 5ª à Avenida

Irmãos Génios

 
Devemos estar gratos aos deuses pelo facto de, em pleno Outubro, ser ainda possível aproveitar a maravilhosa vibração da Avenida da Liberdade, artéria central de uma Lisboa que gosta de sair à rua para se divertir. A oportunidade de terminar o dia em beleza é-vos proporcionada uma vez mais pela Cutty Cocktails, que, em mais uma sessão de 5.ª à  Avenida, traz até ao BANANACAFE parte dos Quiosques da Liberdade) aquilo que se pede: música escolhida com um impecável critério e cocktails para matar a sede enquanto se fazem planos para o fim-de-semana. A festa está marcada para amanhã, dia 2 de Outubro, tem início pelas 19 horas e prolonga-se durante todo o serão. É muito melhor vir gozá-la do que ficar em casa a observar a vida dos outros. 

O convite soa ainda mais alto, quando os convidados que temos para passar discos são dois figurões que, desde há muito, transpiram um entusiasmo musical que é impossível ignorar. Falamos pois de Vitor Belanciano e Miguel Sá. 

 

Vítor Belanciano é, no nosso país, um sinónimo de crítica cultural e análise social feita com cabeça e sobeja graça. Belanciano é um dos nomes de proa do Público e do suplemento Ípsilon, e, tanto quanto sabemos, foi talvez o único jornalista português com direito a passear com Lana del Rey por Lisboa.

Já Miguel Sá é uma daquelas pessoas que dificilmente conseguimos imaginar sentado no sofá, tal é a abundância de projectos em que se encontra constantemente envolvido: desde o duo de DJs TRA$H CONVERTERS às participações várias nos Sabaduos podcasts, passando também pelo seu trabalho fulgurante na loja e distribuidora Matéria Prima. 

Estamos certos que a experiência de ambos contribuirá para que a Avenida fique mais cheia de óptimas canções. Mas antes disso aqui vão umas quantas perguntas.

 



Vitor Belanciano



VIRAL: Qual foi o disco que mais vezes referiste como super influente na tua vida e qual foi aquele que te esqueceste sempre de mencionar?

Vitor Belanciano: O disco mais mais influente para mim foi o Remain In Light dos Talking Heads. Aquele que me esqueço sempre de mencionar é o Whats Going On do Marvin Gaye. 


Detectas sempre referências ao passado nos músicos mais novos ou estes ainda são capazes de te surpreender?

O novo só existe a partir do caos de referências do passado. Por isso, sim detecto, e surpreendo-me à mesma.


Que tipo de música vais mostrar-nos no 5.ª à Avenida?

Swing com um sorriso nos lábios. 

 

 


Miguel Sá


Viral: Olá, Miguel. Como te irás preparar para este Cutty Cocktails?

Coloquei de parte uma série de discos que considero marcantes para difusão na Avenida da Liberdade.


És conhecido pela naturalidade com que alternas entre os mais diversos registos. Imaginemos que recebias um convite para passar música no funeral do Hugh Heffner: aceitarias? Que discos colocarias de imediato de parte para levar?

Sim, sem pestanejar. Levaria esta escolha que fiz para o Cutty Cocktails e assim consolar um sem-número de viúvas.


Tens ideia de qual terá sido o Single que mais vezes te passou pelos dedos em vistoria dos muitos caixotes que já terás inspeccionado? Por acaso não foi “O Baile dos Passarinhos”? 

Quem me dera! Esse nunca me passou pelas mãos, infelizmente.


Que conselho deixarias às pessoas que, no seu consumo de música, dificilmente escutariam um disco com mais de 20 anos?

Desaconselhava que o fizessem pois causaria um abalo de irrestritas consequências nos alicerces musicais dessas pessoas.

 



Se ainda não percebeste porque é que não podes faltar a esta, aqui fica um vídeo da última 5ª à Avenida para te deixar com água na boca...
  • VIRAL
    Sabe como categorizar e encaixar os vários tipos de actividades, com exemplos concretos e recomendações para uma boa orientação por esta selva de coisas a acontecer.
  • VIRAL
    Descobre quais as estratégias ninja para publicares na VIRAL AGENDA gratuitamente e aumentares o alcance dos teus eventos.
  • ROTEIRO
    Um relato informado e apurado sobre a edição do NOS Primavera Sound de 2019
  • ROTEIRO
    Não se enganem, falar do Tremor é falar de um festival de música a sério.
  • FENÓMENOS
    Concursos bienais de apoio às artes abrem a 28 de Março, serão distribuídos mais de 18 Milhões de euros.
  • VIRAL
    O Facebook mudou a forma de exportar os eventos para outras plataformas como a VIRAL AGENDA. Descobre como é simples.
  • VIRAL
    Não gostas de publicidade? Compreendemos perfeitamente, mas dá-nos uma atenção, abrindo a excepção.
  • VIRAL
    O Facebook alterou recentemente a política e acesso aos dados, restringindo temporariamente a divulgação de eventos.
  • ROTEIRO
    Actividades de sobra para esta páscoa, especialmente para as crianças e família
  • ROTEIRO
    Revelado o cartaz do Primavera Sound deste ano, aqui fica o relato inédito de Señor Pelota da edição de 2017.
  • ROTEIRO
    Uma exposição de Ivo Purvis sem receita nem prescrição, sem briefing nem cliente.
  • ROTEIRO
    O New Art Fest projecta sobre Lisboa propostas promissoras no campo da cultura digital.
  • ROTEIRO
    Nostalgia, revivalismo e clássicos aos molhes no Teatro Aveirense.
  • ROTEIRO
    Será possível uma cultura alternativa em Aveiro? Com certeza.
  • ROTEIRO
    Actividades para miúdos e graúdos, e uma impressionante selecção musical.
  • ROTEIRO
    Ganha 5 convites duplos para a edição de 2016 do Festival FORTE!!!
  • ROTEIRO
    DJ e radialista, Señor Pelota fala-nos de 3 dias de grande música, sem filas nem atropelos.
  • ROTEIRO
    Uma noite com raízes sonoras em Detroit e os olhos postos no clássico de Kubrick.
  • ROTEIRO
    7 eventos a não perder este fim-de-semana em Lisboa!
  • ROTEIRO
    7 cenas mesmo fixes para fazer durante o fim-de-semana prolongado no Porto!