Cabaret Vicente no São Luiz: passatempo

Irmãos Génios
De 6 a 9 de Fevereiro, a sala principal do São Luiz Teatro Municipal recebe Cabaret Vicente, de José Eduardo Rocha — "uma divertida ópera sobre São Vicente, o Padroeiro de Lisboa, com uma nova geração de cantores, actores e músicos". A Viral tem 2 convites duplos para te oferecer: continua a ler e descobre como ganhar!

 

"Vicente é o nome que se dava aos corvos que habitavam o quotidiano lisboeta, à entrada das tabernas e barbearias, nas torres da Sé. Vicente é o santo padroeiro de Lisboa, supliciado em Valência, cujo corpo chegou ao Tejo acompanhado desde Sagres por dois corvos marinhos que nunca deixaram de sobrevoar a sua barca. Cabaret Vicente é uma espécie de ópera de câmara, a primeira obra de teatro musical sobre a enigmática figura de São Vicente. Em cena, um ensemble de cantores, actores e músicos que dão corpo e alma a um ‘santo cabaret’, feito de histórias da história, hagiografia e taumaturgia, dramaturgia e ironia e, não esqueçamos, de música, sagrada e profana."

 

Para ganhares um dos 2 convites duplos que temos para oferecer para a próxima Sexta-Feira dia 7 de Fevereiro às 21h00, segue as instruções:

1. Faz like na página de Facebook da Viral;
2. Em comentário à publicação do passatempo, escreve o nome do encenador da peça;
3. Os 2 comentários com mais likes até às 24h de dia 5 de Fevereiro, ganham (cada um) um convite duplo, sendo os resultados anunciados durante o dia 6. Boa sorte!

 

FICHA TÉCNICA


Música, Dramaturgia, Encenação e Direcção Musical: José Eduardo Rocha
Libreto: Pedro Vieira de Moura e José Eduardo Rocha, com a colaboração de Nelson Guerreiro e Mário Caeiro
Letras: Pedro Vieira de Moura e José Eduardo Rocha
Dispositivo Cénico: André Banha
Figurinos (concebidos por JER): Isabel Rodrigues
Desenho de Luz: Daniel Worm d’Assumpção
Assistentes de cena: Daniel Coimbra, Paula Custódio
Produção executiva: Sofia Ventura
Curador do Projecto Vicente: Mário Caeiro

Cantores: Catarina Molder (soprano), Ana Urbano (mezzo), Marco Alves dos Santos (tenor) e Pedro Morgado (barítono)
Actores: Isabel Galvão, João Abel, João Pedro Santos, Nuno Crespo, Rosa Abreu, Daniel Coimbra, Ana Dionísio, José Mendes
Músicos: (Ensemble JER): Ricardo Torres (clarinete), Ricardo Alves (trompa), Nuno Morão (percussão), Vasco Lourenço (piano), Marcos Lázaro (violino) e Duncan Fox (contrabaixo)

Produção: JER Produções (Nuno Morão e José Eduardo Rocha)
Co-produção: JER Produções, São Luiz Teatro Municipal e Projecto Travessa da Ermida/Vicente
Apoio: Mascarilha






José Eduardo Rocha (JER)


Compositor, músico, artista plástico, encenador e professor, nasceu em Lisboa em 1961. Estudou Artes Plásticas na ESBAL/FBAUL, Composição na ESML, Ciências Musicais na FCSH/UNL, e Teatro na Universidade de Alcalá, Madrid, onde obteve uma pós-graduação em 2008.

Em 1990 fundou o Ensemble JER — Os Plásticos de Lisboa, grupo formado para interpretar um repertório para toy instruments, música instrumental e teatro musical, e com o qual realizou mais de 200 espectáculos em Portugal, Espanha e Alemanha.

Como compositor, é autor de ópera, teatro musical, música instrumental e música para teatro e cinema. Das suas criações, destacam-se: A Saga da Formiga (Prémio Teatro na Década, 1992), Volkswagner (1996), Futebol (1997), Sinfonia Náutica (1998), Missa do Homem Armado (1999), Suite para Harpa (2002), a ópera Os Fugitivos (Teatro da Trindade, 2004), Piccola Sinfonia Pimba (2004), Cozido à Portuguesa (TNDM II, 2006), Zeck (2007), e a comédia musical A Conquista do Oeste (2010, nos 200 Anos das Linhas de Torres Vedras).

Participou em vários festivais de música, teatro e cinema, em bienais internacionais, na Expo'98 e na Expo Hannover'2000. Desde 1998 que é professor na ESAD.CR (Escola Superior de Artes & Design de Caldas da Rainha), nos cursos de Artes Plásticas, Design, Som e Imagem, Animação Cultural e Teatro.

  • VIRAL
    Sabe como categorizar e encaixar os vários tipos de actividades, com exemplos concretos e recomendações para uma boa orientação por esta selva de coisas a acontecer.
  • VIRAL
    Descobre quais as estratégias ninja para publicares na VIRAL AGENDA gratuitamente e aumentares o alcance dos teus eventos.
  • ROTEIRO
    Um relato informado e apurado sobre a edição do NOS Primavera Sound de 2019
  • ROTEIRO
    Não se enganem, falar do Tremor é falar de um festival de música a sério.
  • FENÓMENOS
    Concursos bienais de apoio às artes abrem a 28 de Março, serão distribuídos mais de 18 Milhões de euros.
  • VIRAL
    O Facebook mudou a forma de exportar os eventos para outras plataformas como a VIRAL AGENDA. Descobre como é simples.
  • VIRAL
    Não gostas de publicidade? Compreendemos perfeitamente, mas dá-nos uma atenção, abrindo a excepção.
  • VIRAL
    O Facebook alterou recentemente a política e acesso aos dados, restringindo temporariamente a divulgação de eventos.
  • ROTEIRO
    Actividades de sobra para esta páscoa, especialmente para as crianças e família
  • ROTEIRO
    Revelado o cartaz do Primavera Sound deste ano, aqui fica o relato inédito de Señor Pelota da edição de 2017.
  • ROTEIRO
    Uma exposição de Ivo Purvis sem receita nem prescrição, sem briefing nem cliente.
  • ROTEIRO
    O New Art Fest projecta sobre Lisboa propostas promissoras no campo da cultura digital.
  • ROTEIRO
    Nostalgia, revivalismo e clássicos aos molhes no Teatro Aveirense.
  • ROTEIRO
    Será possível uma cultura alternativa em Aveiro? Com certeza.
  • ROTEIRO
    Actividades para miúdos e graúdos, e uma impressionante selecção musical.
  • ROTEIRO
    Ganha 5 convites duplos para a edição de 2016 do Festival FORTE!!!
  • ROTEIRO
    DJ e radialista, Señor Pelota fala-nos de 3 dias de grande música, sem filas nem atropelos.
  • ROTEIRO
    Uma noite com raízes sonoras em Detroit e os olhos postos no clássico de Kubrick.
  • ROTEIRO
    7 eventos a não perder este fim-de-semana em Lisboa!
  • ROTEIRO
    7 cenas mesmo fixes para fazer durante o fim-de-semana prolongado no Porto!