Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
17:30 até às 19:00
Aos jovens, sobre como tirar proveito da literatura

Aos jovens, sobre como tirar proveito da literatura

Grátis
A Universidade Católica Editora convida para a apresentação do livro “Aos Jovens, sobre como tirar proveito da Literatura” de Miguel Vasconcelos.
Apresentação da obra por João Pedro Vala, Crítico Literário, e Padre Ricardo Figueiredo, Pároco de Óbidos.

No Museu Municipal de Óbidos
Entrada livre!

Sobre o livro

O grande São Basílio de Cesareia mostra bem que quanto mais nos aproximamos das origens do cristianismo melhor percebemos o que pode ser o seu futuro. Por isso, este livro, que Miguel Cabedo e Vasconcelos cuidadosamente traduziu, é uma preciosa bússola ao nosso alcance.
José Tolentino Mendonça

A teologia habita o território da palavra. Ela é diálogo e tradução. Eis porque, neste seu estudo, Miguel Cabedo e Vasconcelos nos conduz ao âmago do que é teologar: ao diálogo com a atualidade do passado da tradição cristã e à tradução que permite – coisa rara entre nós – escutar Basílio de Cesareia em português; mas também ao decisivo diálogo teológico e cristão com todas as literaturas e culturas e à tradução do humano que nestas também superiormente se diz. Um estudo que é, verdadeiramente, um contributo.
Alexandre Palma

Podemos, finalmente, ler em versão e edição portuguesas, o Discurso aos jovens de São Basílio que, sem ser a sua opera magna, é uma das mais importantes da literatura patrística. Tal relevância advém sobretudo do facto de assinalar um momento decisivo no diálogo do Cristianismo com a cultura antiga e no acolhimento definitivo dos «saberes que dizem respeito à humanidade» (studia humanitatis) ou «saberes com que é costume formar os jovens para serem homens» (Cícero, Pro Archia, 4, 5-6), no seio do cristianismo e, por esta via, na posterior tradição humanista. Não admira, pois, que, cada vez que a humanidade atravessou períodos críticos, a obra Ad Adolescentes foi mais lida e estudada. E merece sê-lo, de novo.
Isidro Pereira Lamelas

 Num tempo em que a cultura helénica chegava ao seu termo, já longe dos tempos áureos de Atenas, Basílio de Cesareia nota que os jovens cristãos de então são chamados, na sua formação escolar, a tomar uma posição ética diante dos clássicos da literatura grega. Apercebendo-se, por outro lado, de que o cristianismo não tem ainda a envergadura cultural necessária para se afirmar num tal contexto, propõe o discurso que esta obra apresenta e estuda, focando-se na questão do discernimento, noção indispensável para tirar proveito da literatura profana. Numa das suas mais geniais intuições, Basílio torna-se, com este discurso, um dos protagonistas da incorporação da cultura helénica no cristianismo, nomeadamente da paideia grega, e da correspondente cristianização do helenismo.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android