Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
19:00 até às 20:00
AEROFONE ⬤ Nuno Marques Pinto

AEROFONE ⬤ Nuno Marques Pinto

5€ - 7€
AEROFONE  Nuno Marques Pinto

21 - 23 Abri, 2021
qua-sex / wed-fri  19H

 & 
m/ 6  dur: 45 min
Preço normal: 7€/ 5€ [desconto]
reservas@ruadasgaivotas6.pt

 Abertura bilheteira: 18H30
 Utilização de máscara obrigatória no interior
 Atendendo a lotação limitada, aconselha-se a pré-reserva ou a compra antecipada (via transferência bancária) de bilhete.

+ɪɴғᴏ  https://bit.ly/3s4YL4s

[pt]
Com o propósito de celebrar  a vida, o sinal e a letra  do Poeta/ Inventor E . M de Melo  e Castro e por extensão o legado do CONCRETISMO BRASILEIRO (Décio Pignatari, Haroldo de Campos , Augusto de Campos, revista NOIGANDRES)  na PO.EX PORTUGUESA, esta criação explora  diferentes paisagens sonoras  ao dar primazia às formas pré-verbais da linguagem,  com o intuito de transformar e transtornar a lógica discursiva, utilitária e funcional da língua.

Privilegia-se a voz ou as vozes enquanto corporeidade, onde o respirar, o ritmo,  o agora da presença carnal tem precedência sobre o logos.

Texto, voz e ruído fundem-se para produzir um espaço de  associação na consciência do espectador.

Neste processo a palavra ressurgirá, em toda a sua dimensão e volume , como sonoridade, como corpo, como desconstrução poética.

--
[en]
With the purpose of celebrating life, the sign and lyrics of the Poet / Inventor E. M de Melo e Castro and by extension the legacy of BRAZILIAN CONCRETISM (Décio Pignatari , Haroldo de Campos , Augusto de Campos , NOIGANDRES magazine) in the PO . EX PORTUGUESE, this creation explores different sound landscapes by giving primacy to the pre-verbal forms of language, with the intention of transforming and upsetting the discursive, utilitarian and functional logic of language.

In this performance, the voice or voices are privileged as corporeality, where the breathing, the rhythm, the now of carnal presence takes precedence over the logos. Text, voice and noise merge to produce a space of association in the consciousness of the spectator. In this process, the word will reappear, in all its dimension and volume, as sonority, as poetic deconstruction.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android