Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
21:00 até às 22:00
Como nasce um livro?

Como nasce um livro?

Por ocasião do Dia Internacional do Livro, o Goethe-Institut, em cooperação com a plataforma Gerador, apresenta a primeira edição do ciclo de conversas online "Como nasce um livro?", dedicado aos bastidores da edição literária.

Com moderação de Carolina Franco, o editor Diogo Madre Deus, a tradutora Isabel Castro Silva e Vítor Rodrigues, representante da RELI (Rede de Livrarias Independentes) revelam, no dia 23 de abril a partir das 21h00, o percurso aventuroso que um livro tem de percorrer para chegar às mãos dos seus leitores. A publicação da tradução portuguesa do livro Verzeichnis einiger Verluste da escritora alemã Judith Schalansky servirá como pretexto para a conversa.


Diogo Madre Deus nasceu em Lisboa, em 1974. Editor desde 2002, fundador da editora Cavalo de Ferro, que dirigiu de forma independente até 2018. Nesse ano integrou a editora no Grupo Editorial 20|20, tendo assumido contemporaneamente a direcção editorial da chancela Elsinore. Foi igualmente  editor em Itália, de 2008 a 2012. É tradutor, tendo assinado diversas traduções literárias e ensaísticas, sobretudo do italiano para o português.
 
Isabel Castro Silva nasceu em 1977 em Lisboa, cidade onde sempre viveu, salvo dois anos em Macau. Licenciou-se em Literatura Portuguesa e Alemã na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e tem o curso de piano do Instituto Gregoriano de Lisboa. Trabalhou desde sempre com livros, como revisora, tradutora literária e editora. Em 2015 fundou a editora Ítaca.

Cinquenta e tal anos, quase todos a ler, Vítor Rodrigues é livreiro desde os vinte e muitos. Nunca lê tanto quanto gostaria, mas considera-se um privilegiado por ser livreiro, e não se vê a fazer outra coisa, excepto ser riquíssimo e ocioso. Enquanto isso não acontece, continua a acordar com gosto e a deitar-se sempre com um livro.

A Rede de Livrarias Independentes (RELI) é uma associação livre de apoio mútuo composta por livrarias de todo o território português sem ligação a redes e cadeias dos grandes grupos editoriais e livreiros.

Carolina Franco é jornalista no Gerador, e olha para assuntos internacionais no Shifter. Nascida no Porto, aprofundou o seu interesse na cultura e na arte enquanto estudou na Escola Artística de Soares dos Reis. Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade Lusófona do Porto, passou uns tempos em Ljubljana e, na procura por outros olhares sobre o mundo, começou o mestrado em Antropologia – Culturas Visuais da Universidade Nova de Lisboa, onde se encontra agora.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android