Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
10:00 até às 20:00
Rádio Faneca (edição especial)

Rádio Faneca (edição especial)

O Rádio Faneca foi sempre um festival de compromisso, mas também de descomprometimento. Um ato conjunto de liberdade e fruição. E foi, e é, sempre um festival feito a muitas mãos, com a comunidade, partindo dela para ela. Num ano de mãos vazias, sentimos que é ainda mais necessário que, sem as darmos, não as tenhamos a medir. As mãos agarram, sustentam, puxam, tocam-se, apontam, fazem acontecer, protegem. Este ano, tudo mudou, mas reforçou a vontade, ou a urgência, de transmitir alegria. A cultura é inadiável. É missão de um festival como o Rádio Faneca que se continue a apoiar os artistas, a estimular os públicos e a orientar as pessoas no sentido de continuar. Porque é isso que acontece com a vida. Cumprindo todas as regras de higiene e segurança, prevenindo ajuntamentos, criando condições para que estejamos juntos sem medo, o festival acontecerá num formato muito diferente, com a sua atividade centrada na Praça da Casa da Cultura de Ílhavo, onde se constrói um recinto: o palco Jardim, o palco Amália, o palco Rádio, o palco do auditório da Casa da Cultura e os Jogos do Hélder. As lotações serão limitadas, os acessos condicionados e o espaço delimitado por um jardim. Como uma casa que se fez. Se antes do mundo se alterar, o mote do festival era já a casa e os espaços que se transformam quando os habitamos, importa agora, mais ainda, a forma como os habitamos. 
Ao longo dos últimos meses, houve muitas pessoas que se juntaram digitalmente para manter vivos os projetos das Histórias, que este ano juntam memórias de netos e avós, o da Bida Airada, que materializa o poema “Como se desenha uma casa” de Manuel António Pina e o da Casa Aberta, que desafia as famílias do Centro Histórico de Ílhavo a reinventar uma casa de pássaro, na impossibilidade de abrirem as suas próprias casas. “Uma casa é as ruínas de uma casa, uma coisa ameaçadora à espera de uma palavra”. O nosso dever falar.

10 julho

10:00 - 20:00 Emissão Rádio
10:00 - 19:00 Jogos do Hélder
10:30 + 11:30 Histórias - Palco Amália
15:00 + 16:30 Histórias - Palco Amália 
18:30 Casa Aberta - Percurso 
19:00 Maria Reis no Rádio Faneca | Palco Rádio
22:00 Clã no Rádio Faneca - Edição Especial

11 julho

10:00 - 20:00 Emissão Rádio
10:00 - 19:00 Jogos do Hélder
11:00 + 12:00 Histórias - Palco Amália 
15:00 + 16:30 Histórias - Palco Amália 
15:30 Milha com Beatriz Dores e Ricardo Filipe - Palco Rádio
16:30 O Grito e o Cochicho no Rádio Faneca | Palco Rádio
18:30 Casa Aberta - Percurso
19:00 Old Mountain no Rádio Faneca | Palco Rádio
22:00 Dead Combo no Rádio Faneca - Edição Especial

12 julho

10:00 - 20:00 Emissão Rádio
10:00 - 19:00 Jogos do Hélder
11:00 + 12:00 Histórias - Palco Amália 
15:00 + 16:30 Histórias - Palco Amália 
15:30 Fumaça - "A minha casa é a prisão" - no Rádio Faneca
17:00 Bida Airada - Concerto Especial
18:30 Casa Aberta - Percurso
19:00 Himalion no Rádio Faneca | Palco Rádio

Os concertos de Clã, Dead Combo, Bida Airada, Maria Reis, Old Mountain e himalion requerem a aquisição de bilhete. Cada bilhete tem o custo de 2,00€ e a receita reverte para o Lar de São José, em Ílhavo. 
Os programas do Palco Rádio e as Histórias são gratuitos, têm lotação limitada e exigem o levantamento de bilhetes.
O percurso da Casa Aberta pressupõe uma inscrição através do email mediacao.23milhas@cm-ilhavo.pt ou diretamente na bilheteira da Casa da Cultura de Ílhavo.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android