Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
20:30 até às 22:30
Medronho Todos os Dias - Encerramento de Um Mar de Filmes!

Medronho Todos os Dias - Encerramento de Um Mar de Filmes!

Grátis
Exibição do filme: MEDRONHO TODOS OS DIAS (UNEDO OMNES DIES) - Encerramento de UM MAR DE FILMES! - Mostra de Cinema Documental - noite especial dedicada a Monchique  Entrada Livre :: temos mantinhas e medronho e algumas surpresas

No dia 29 de Setembro a Rizoma Lab - Associação Cultural fecha com chave de ouro a mostra de cinema documental Um Mar de Filmes! e junta-se às comemorações das “Jornadas Europeias do Património”(JEP) este ano com o tema “Partilhar Memórias”. Não podíamos deixar de homenagear nesta mostra dedicada ao património imaterial, aquela a quem os antigos chamavam de "montanha sagrada", observada à distância desde Alcalar.Num ano difícil de devastação torna-se ainda mais emblemático apresentar este documentário, filmado na então verdejante Serra de Monchique - nesta noite, sons, imagens, cheiros e sabores vão estar presentes nas Jornadas Europeias do Património, em Alcalar.  Serão 3 momentos de celebração de Monchique:

20h30-21h - Actuação Cavaquinhos de Monchique
21h - 22h - Exibição de Medronho Todos os Dias (Unedo Omnes Dies) - Filme de Sílvia Coelho e Paulo Raposo
22h - 22h30 - Conversa e Prova de Medronho com APAGARBE - Associação de Produtores de Medronho do Barlavento Algarvio

"...o filme, realizado por Sílvia Coelho e Paulo Raposo, acompanha, como se filmado de dentro para fora, a visão do mundo dos destiladores de medronho. Durante cerca de cinquenta e três minutos somos levados pela mão grossa e delicada daqueles que, herdando a sapiência empírica dos seus antepassados, têm preservado, durante anos a fio, um dos mais duradouros marcos da identidade da Serra de Monchique...À semelhança da destilação do medronho, trata-se, sobretudo, de um trabalho paciente e de tal modo intimista, que as câmaras que recolhem o som e a imagem não parecem existir ali. Nem por um momento os protagonistas parecem intimidados ou dar conta de estarem a ser observados por lentes e microfones... No filme, os atores principais são patrícios meus conhecidos a representar o papel mais difícil: o de serem eles próprios, sem poses de pavão, autênticos e monolíticos como sempre foram pela vida fora, naquela dura realidade dos dias que tanto dá para destilar o labor no suor honesto dos corpos como para fazer transpirar o saber antigo no álcool frutado e límpido dos alambiques."_Eduardo Duarte, "Medronho todos os dias", Jornal de Monchique, 6/12/2017.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android