Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:30 até às 19:30
Meditação Auto Estima

Meditação Auto Estima

O que é a auto-estima, o que representa e como pode afectar a nossa vida?

Em 1892, William James definiu o “Si Mesmo” como o conhecimento que o indivíduo tem de si próprio e esse conhecimento divide-se em dois componentes distintos: um descritivo, chamado autoimagem, e outro valorativo, que se designa autoestima. Outros dois termos são muitas vezes usados como sinônimos de autoestima: autoconfiança e autoaceitação. 
A autoestima é um termo amplo que inclui, por exemplo, conceitos sobre as próprias qualidades etc.
A autoestima, a autoconfiança e a autoaceitação tendem a estar intimamente ligadas e se influenciam mutuamente. 
Carl Rogers por sua vez expôs que a raiz dos problemas de muitas pessoas é que se desprezam e se consideram seres sem valor e indignos de ser amados.
Rogers explica que nossa sociedade também nos reconduz com suas condições de valia. À medida que crescemos, nossos pais, familiares, amigos, a “média” e demais só nos dão o que precisamos quando demonstremos que o “merecemos”, mais que porque o precisemos.

O conseguir um cuidado positivo sobre “uma condição” é o que Rogers chama recompensa positiva condicionada. 
Dado que todos nós precisamos de facto esta recompensa, estes condicionantes são muito poderosos e terminamos sendo sujeitos a uma sociedade que não necessariamente toma em conta nossos interesses reais. 
À medida que passa o tempo, este condicionamento conduz-nos a ter a auto-estima positiva condicionada. 
Começamos auto-valorizar se cumprirmos com os standards que outros nos aplicam, mais do que pelo nosso potencial individual e dado que estes standards não foram criados tomando em consideração as necessidades individuais, é cada vez mais frequente que não possamos satisfazer essas exigências e, por tanto, não podemos conseguir um bom nível de autoestima


Há quem acredite que existem "quatro pilares da autoestima": 
1-Autoaceitação:
uma postura positiva com relação a si mesmo como pessoa. Inclui elementos como estar satisfeito e de acordo consigo mesmo, respeito a si próprio, ser "um consigo mesmo" e se sentir em casa no próprio corpo; 
2- Autoconfiança: 
uma postura positiva com relação às próprias capacidades e desempenho. Inclui as convicções de saber e conseguir fazer alguma coisa, de fazê-lo bem, de conseguir alcançar alguma coisa, de suportar as dificuldades e de poder prescindir de algo; 
3- Competência social: 
é a experiência de ser capaz de fazer contactos. Inclui saber lidar com outras pessoas, sentir-se capaz de lidar com situações difíceis, ter reações flexíveis, conseguir sentir a ressonância social dos próprios atos, saber regular a distância-proximidade com outras pessoas; 
4-Rede social: 
estar ligado a uma rede de relacionamentos positivos. Inclui uma relação satisfatória com o parceiro e com a família, ter amigos, poder contar com eles e estar à disposição deles, ser importante para outras pessoas. 

Os dois primeiros pilares representam a dimensão intrapessoal da autoestima, os dois outros sua dimensão interpessoal. O tratamento consiste em diferentes exercícios que têm por fim capacitar a pessoa a realizar cada um desses passos dos diferentes pilares. Mas antes de se começar o trabalho no primeiro pilar, há um trabalho preparatório dedicado à formação do amor-próprio ou cuidado consigo mesmo que se desenvolve em três passos: 
1. tornar-se atento e consciente das próprias emoções, sentimentos, sensações, necessidades corporais e psíquicas;
2. relacionar-se respeitosa e amorosamente consigo mesmo; 
e, claro
3. cuidar de si.
Os exercícios incluem técnicas de relaxamento, técnicas para lidar com o crítico interno e de se tornar consciente das partes positivas de si, entre outras….

Esta meditação permite exactamente isso, que inicies o teu processo de auto-aceitação, de te amares, de te permitires ser amada. 
É uma viagem que começa no teu interior, em ti própria….vem conhecer-te, vem ouvir-te, vem reprogramar a tua forma de te auto-avaliares.

Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android