Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
22:00 até às 23:45
Cinema Multiversal

Cinema Multiversal

«A Virtude
É o desejo definível.
A Definição do Desejo
É a acção.
A Acção
É o veículo da ternura.
A Ternura
É a característica dos animais adultos.
Os animais Adultos
São os responsáveis pelo planeta "Terra".»
— Álvaro Lapa

A partir deste fragmento poético de Álvaro Lapa, o ciclo *Cinema Multiversal* procura articular relações e estranhamentos entre corpos, ambientes, experiências, ações ou situações atravessando o experimental, o amador, o direto ou indireto, o intuitivo, o sensível. É o cinema de corpos que transpiram, que hesitam, que excitam, que buscam, por vezes às cegas, situar e intensificar o seu estar no mundo.

Composto de 4 programas episódicos, cada momento do ciclo busca dar corpo aos versos de Álvaro Lapa:

Dom. 29.07, 22h00
(1) A VIRTUDE É O DESEJO DEFINÍVEL.
A DEFINIÇÃO DO DESEJO É A ACÇÃO.
· Deborah Viegas, «A casa cinza e as montanhas verdes» (2016), 16min. (diálogo com a realizadora)
· Basma Alsharif, «we began by measuring distance» (2009), 19min.
· Clara Ianni e Débora Maria da Silva, «Apelo» (2014), 13min.
· Sky Hopinka, «I'll Remember You as You Were, not as What You'll Become» (2016), 12min.
· Basma Alsharif, «Deep Sleep» (2014), 13min.

Dom. 26.08
(2) A ACÇÃO É O VEÍCULO DA TERNURA.

Dom. 30.09
(3) A TERNURA É A CARACTERÍSTICA DOS ANIMAIS ADULTOS.

TBC
(4) OS ANIMAIS ADULTOS SÃO OS RESPONSÁVEIS PELO PLANETA "TERRA".

Tecendo uma teia entre o familiar e o estranho, o continental e o transatlântico, as cartografias e os afetos, os filmes apresentados buscam confrontos corpóreos, políticas ressentidas e visões que atravessam mundos em composição e decomposição. Cada programa terá a participação de um-a cineasta que abrirá os horizontes do seu trabalho em diálogo com o público e afins.
— Ana Vaz

Com filmes de Basma Alsharif, Gabriel Abrantes, Mary Helena Clark, Beatrice Gibson, Sky Hopinka, Clara Ianni, Salomé Lamas, Laida Lertxundi, Leonaro Mouramateus, Deborah Viegas, entre outrxs.

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa com o apoio da Junta de Freguesia de São Vicente e do Clube de Criativos de Portugal.

O Mercado de Santa Clara tem como objectivo fomentar o crescimento das Industrias Culturais e Criativas de Lisboa promovendo este sector, de cariz cosmopolita, abrangente e universal e estimulando o desenvolvimento de uma rede de colaborações nacionais e internacionais.

No âmbito das atividades desenvolvidas no Mercado de Santa Clara é prestado um trabalho de observação e reconhecimento da influência que a cidade de Lisboa, como capital multicultural, inovadora e criativa, tem no trabalho desenvolvido pelos criativos locais e estrangeiros.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android