14:30 até às 18:30
BOX 2.0 – Instalação Holográfica / Exposição

BOX 2.0 – Instalação Holográfica / Exposição

de São Castro e António M Cabrita
com Clara Andermatt, Olga Roriz, Paulo Ribeiro e Rui Horta
Produção Companhia Paulo Ribeiro

Clara Andermatt, Olga Roriz, Paulo Ribeiro e Rui Horta são os coreógrafos que integram a BOX 2.0 – Instalação Holográfica, um projeto que nasceu da vontade de levar o “corpo dançante” para um local fora do contexto comum de apresentação do espetáculo e/ou performance, de quebrar a barreira espaço/tempo. Através da ilusão holográfica, São Castro e António M Cabrita propõem ao público uma aproximação do que poderá ser uma extensão da Dança num espaço e tempo que não são os convencionais. Uma instalação holográfica que tem como objetivo debruçar-se sobre a pluralidade de linguagens/identidades criativas de diferentes coreógrafos/bailarinos congregadas num objeto cénico e perpetuadas através de um holograma. Corpos que dançam e que permanecem, por tempo indefinido, ao olhar de quem os observa. Em 2013, António M Cabrita e São Castro criaram BOX, um projeto que nasceu da vontade de levar o “corpo dançante” para um local fora do contexto comum de apresentação do espetáculo e/ou da performance, de quebrar a barreira espaço/tempo. Como o título indica, trata-se de uma instalação holográfica, composta por várias caixas, sem cabos ou fios visíveis, que tem como objetivo debruçar-se sobre a pluralidade de linguagens/identidades coreográficas de diferentes coreógrafos/bailarinos, que são perpetuadas através de um holograma. Uma representação do real que capta e reconstrói um corpo em movimento com volume e existência que, embora virtual, é um corpo em movimento que está visível e que parece existir dentro de um espaço físico real vazio. Um corpo que dança e que permanece, por tempo indefinido, ao olhar de quem o observa. Em 2018, com a produção da Companhia Paulo Ribeiro e a coprodução Teatro Municipal Sá de Miranda, Viana do Castelo, os autores ampliaram este projeto artístico através do convite a outros coreógrafos nacionais ou internacionais, propondo uma pequena viagem pela história da Dança. Clara Andermatt, Olga Roriz, Paulo Ribeiro e Rui Horta são os coreógrafos que integram a Box 2.0 – Instalação Holográfica. Dentro das caixas holográficas é possível visualizar a identidade física e artística, a linguagem coreográfica e o pensamento que reúne toda uma pesquisa coreográfica refletida no movimento do corpo e os seus vários planos de significação. A mesma expressão artística, a Dança, desdobrada em várias manifestações, numa multidisciplinaridade artística que cruza a dança, a tecnologia e as artes plásticas.

Conceito ANTÓNIO M CABRITA
Autoria do Projeto SÃO CASTRO E ANTÓNIO M CABRITA
Elemento Cénico FERNANDO RIBEIRO
Interpretação e Coreografia CLARA ANDERMATT, OLGA RORIZ, PAULO RIBEIRO E RUI HORTA
Produção COMPANHIA PAULO RIBEIRO
Coprodução TEATRO MUNICIPAL SÁ DE MIRANDA (VIANA DO CASTELO)
Fotografia ANTÓNIO M CABRITA
A Companhia Paulo Ribeiro é uma estrutura financiada por REPÚBLICA PORTUGUESA – CULTURA/DIREÇÃO-GERAL DAS ARTES



Contacto: Centro Cultural Malaposta

Fonte: https://www.cm-odivelas.pt/conhecer-odivelas/agenda-municipal/todos-os-eventos/evento/box-2-0-instalacao-holografica-exposicao
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android