Curtas de Vila do Conde em Estereoscopia

Miguel Meira


Miguel Meira e Ana Cancela trazem-nos cada um o seu relato — em suporte fotográfico e escrito, respectivamente — da 22ª edição do festival Curtas Vila do Conde. Tal imagem estereoscópica, deixam assim entrever uma 3ª dimensão onde se revela parte da profundidade humana e artística do evento.

 

Colocar sobre o olho esquerdo:








Vitor Rua VS Edgar Pêra



Antonioni VS Micaelo



Christophe Girardet



Rodrigo Areias



Ghuna X



Sérgio Gomes






Fotos: Miguel Meira

 


Colocar sobre o olho direito:


Vinte e dois anos decorridos e de novo todos os caminhos vão dar a Vila do Conde, numa semana exclusivamente dedicada ao cinema. Ano após ano, o Festival soma estreias, exposições, homenagens e reveste-se de um carisma que o torna já único e uma referência incontornável na competição mundial dos filmes de curta duração. 

A grande atracção do festival é, sem dúvida, a secção de Competição. Este ano foram 17 os filmes nacionais a competir, produções recentes e em estreia, repartidos pelos géneros de ficção, documentário e animação. Além-fronteiras, foram seleccionados 34 filmes, oriundos um pouco de todo o mundo, numa alusão clara ao que de mais actual se produz fora de Portugal.

A par dos anos anteriores, também nesta edição surge um realizador homenageado, com projecção dos seus filmes na tela, sendo que a honra In Focus deste ano coube a Kelly Reichardt, nome pródigo do cinema independente norte-americano. "River of Grass", "Wendy & Lucy", "Old Joy", "O Atalho" e "Night Moves" foram os filmes projectados, o último em ante-estreia nacional, depois de ter estreado nos Festival de Toronto e de Veneza. 

Na secção Panorama (mostra de filmes que não estão a competir) destaque para a produção nacional com "Bicicleta", de Luís Vieira Campos, com argumento de Valter Hugo Mãe e acção no Bairro do Aleixo, história da progressiva pobreza e degradação de um bairro e a tristeza dos seus habitantes, muitos idosos, confinados a um prédio sem elevador. De salientar também "Coro dos Amantes", brilhante curta-metragem de Tiago Guedes, com interpretação de Gonçalo Waddington e Isabel Abreu, uma história integralmente filmada em splitscreen e que relata a duas vozes e duas visões um acontecimento dramático na vida de um casal. Uma reflexão delicada e profunda sobre a morte mas sobretudo sobre o amor e a vida.

E porque não só de cinema vive o festival, a categoria Stereo surge como um complemento musical pois exibe filmes tocados ao vivo. No seguimento do sucesso dos anos anteriores, este ano foi a vez dos Sensible Soccers, confortavelmente a jogarem em casa, de proporcionarem um dos momentos altos de todo o festival, na sua primeira incursão no mundo cinematográfico.

Com imagens filmadas em Super 8 e 16mm, e manipuladas em tempo real por Pedro Maia, a banda musicou este não filme de uma forma surpreendente. Os seus loops de sintetizadores e os ritmos hipnotizantes da guitarra, recriaram a melhor banda sonora possível para ilustrarem sonoramente as imagens deste trabalho intitulado "Off The Strength Of His Side", o futebol personificado em jogadores e nos seus passes em campo.  

Já em fase final, a sessão solene de encerramento contou com a presença de todos os jurados. Na categoria Curtinhas, subiram ao palco as vinte crianças que constituíram o Júri e a sua distinção foi para "Captain Fish", do francês John Banana. Menções honrosas para "Twins in Bakery" e "The Dam Keeper".  

Na Competição Nacional destaque para "O Triângulo Dourado", vencedor do Melhor Filme nacional, que conta a história de Sheylla, na periferia parisiense, e das suas dúvidas e inquietações quanto ao futuro. O prémio do Público foi atribuído a "Fuligem", o filme português mais votado pela assistência, que nos fala sobre comboios, viagens e estações abandonadas, uma produção de Rodrigo Areias e realização de David Doutel e Vasco Sá, ambos vencedores também do Prémio Melhor Realizador.

"Panique au Village: La Bûche de Nöel", é a animação estonteante de um índio, um cowboy, o cavalo que toma conta deles e a ansiosa loucura da véspera de Natal e da espera dos presentes do Pai Natal, filme de humor non-sense vencedor do Prémio do Público, de entre todos os filmes estrangeiros em competição. Somou também a distinção de ser a curta nomeada pelo festival para os Prémios de Cinema Europeu, na categoria de curta-metragem, organizados todos os anos pela distinta European Film Academy.

Por último, na Competição Internacional, o Grande Prémio de Melhor Filme distinguiu o realizador Davy Chou com o seu filme "Cambodia 2009", uma co-produção França/Camboja, história etérea de dois amigos que narram os sonhos da noite anterior, através da cidade caótica de Phnom Penh. "Person to Person", do norte-americano Dustin Guy Defa, foi o vencedor do Prémio Ficção, "El Palacio", de Nicolás Pereda, distinguiu-se como Melhor Documentário e "Niebiesky Pokój", O Quarto Azul, venceu o Prémio Animação, tendo sido classificado pelo júri como "cinema em estado puro".

Nos "Encontros com os Realizadores" foi possível conversar com Teresa Villaverde, Jacinto Lucas Pires, Miguel Clara Vasconcelos, Patrick Mendes, entre outros, sendo de destacar a importância que o Festival de Curtas de Vila do Conde representa a nível mundial, posicionando a cidade como capital do cinema a par de outras como Gent, na Bélgica, Cork, na Irlanda, Roterdão, Veneza, Drama, na Grécia ou Locarno, na Suíça.


Texto: Ana Cancela

  • VIRAL
    Com o apoio à comunicação da Viral Agenda, lança-se hoje dia 2 de Abril 2020 a RELI — Rede de Livrarias Independentes.
  • VIRAL
    Sabe como categorizar e encaixar os vários tipos de actividades, com exemplos concretos e recomendações para uma boa orientação por esta selva de coisas a acontecer.
  • VIRAL
    Descobre quais as estratégias ninja para publicares na VIRAL AGENDA gratuitamente e aumentares o alcance dos teus eventos.
  • ROTEIRO
    Um relato informado e apurado sobre a edição do NOS Primavera Sound de 2019
  • ROTEIRO
    Não se enganem, falar do Tremor é falar de um festival de música a sério.
  • FENÓMENOS
    Concursos bienais de apoio às artes abrem a 28 de Março, serão distribuídos mais de 18 Milhões de euros.
  • VIRAL
    O Facebook mudou a forma de exportar os eventos para outras plataformas como a VIRAL AGENDA. Descobre como é simples.
  • VIRAL
    Não gostas de publicidade? Compreendemos perfeitamente, mas dá-nos uma atenção, abrindo a excepção.
  • VIRAL
    O Facebook alterou recentemente a política e acesso aos dados, restringindo temporariamente a divulgação de eventos.
  • ROTEIRO
    Actividades de sobra para esta páscoa, especialmente para as crianças e família
  • ROTEIRO
    Revelado o cartaz do Primavera Sound deste ano, aqui fica o relato inédito de Señor Pelota da edição de 2017.
  • ROTEIRO
    Uma exposição de Ivo Purvis sem receita nem prescrição, sem briefing nem cliente.
  • ROTEIRO
    O New Art Fest projecta sobre Lisboa propostas promissoras no campo da cultura digital.
  • ROTEIRO
    Nostalgia, revivalismo e clássicos aos molhes no Teatro Aveirense.
  • ROTEIRO
    Será possível uma cultura alternativa em Aveiro? Com certeza.
  • ROTEIRO
    Actividades para miúdos e graúdos, e uma impressionante selecção musical.
  • ROTEIRO
    Ganha 5 convites duplos para a edição de 2016 do Festival FORTE!!!
  • ROTEIRO
    DJ e radialista, Señor Pelota fala-nos de 3 dias de grande música, sem filas nem atropelos.
  • ROTEIRO
    Uma noite com raízes sonoras em Detroit e os olhos postos no clássico de Kubrick.
  • ROTEIRO
    7 eventos a não perder este fim-de-semana em Lisboa!