18:00 até às 18:00
Cicloturismo - Rio Vouga e Ria de Aveiro

Cicloturismo - Rio Vouga e Ria de Aveiro

360€ - 400€
Iremos percorrer durante 4 dias, em bicicleta Eléctrica a Ecopista do Vale do Vouga e a Grande Rota da Ria de Aveiro num total de 144 km.

O Rio Vouga será o nosso anfitrião por vales estreitos até à chegada ao sistema lagunar da Ria de Aveiro.

O percurso será feito em terra batida, piso betuminoso, alcatrão e passadiços.

Rio Vouga

Considerado por muitos “o Nilo Português”. Nasce na Serra da Lapa a 930 km de altitude e faz um percurso de 148 km, de Este para Oeste, é alimentado por ribeiros e ribeiras, após Águeda dilui-se na Ria de Aveiro. Começa por ser um rio de planalto, depois rio de montanha num vale profundo, por fim rio de planície.

Ecopista do Vale do Vouga

Até 1990 a linha Ferroviária do Vouga ligava a linha do norte em Espinho à linha do Dão em Viseu. Actualmente só está em funcionamento o troço de Espinho a Sernada do Vouga. Parte da linha encerrada foi transformada em ecopista.

Vamos começar junto no antigo apeadeiro de Carvoeiro e percorrer cerca de 2, 5 km em terra batida até ao Lugar da Foz, com paisagens espectaculares e o Rio Vouga sempre por perto.

No Lugar da Foz, iremos passar a piso betuminoso, de cor vermelha, onde se rola muito bem, no percurso atravessaremos cinco túneis e a centenária e deslumbrante ponte do Poço de Santiago, passamos por antigos apeadeiros, num deles em Paradela encontraremos um eco café.

O verde da paisagem, o silêncio encantado com o canto das aves, o Vouga, facilmente imaginamos  o “vouguinha”, o antigo comboio a vapor que atravessava as exuberantes paisagens do Vale.

Terminaremos em Fontelas após termos percorrido um total de 13 km.

Ria de Aveiro

A Ria de Aveiro é a mais importante laguna do litoral Português, entre o Carregal (Ovar) e Poço da Cruz (Mira). Abrange 11 mil hectares, dos quais 6 mil estão permanentemente alagados e é composta por 5 grandes canais (Mira, Ovar, Murtosa, Espinheiro, Ílhavo), ramificados em esteiros, que circundam inúmeras ilhas e ilhotas. Nestes canais desaguam várias linhas de água entre as quais as valas de Mira, os rios Caster, Antuã, Vouga e Boco.

As condições actuais da ria foram criadas pela acção do homem, que ao longo dos séculos foi isolando áreas para salinas, drenando áreas de sapal, abrindo esteiros e aprofundando canais para navegação. Em 1808 procedeu-se à abertura da barra e à construção de um novo canal, marco muito importante para o desenvolvimento do Porto de Aveiro. A ligação ria – terra – mar, possibilita a existência de importantes recursos naturais que são explorados pelo homem.

Iremos apreciar vários tipos de paisagem: Sapal, caniçal, rios, esteiros e valas, bocage, arrozais e pastagens.

Grande Rota da Ria de Aveiro

Ribau Esteves (presidente da CIRA),“Esta rota não foi inventada por nós, foi inventada por gerações e gerações. Está aqui a melhor parcela territorial do Mundo”

Possibilidade  de visitar museus, como o Museu Marítimo de Ílhavo,  centros de interpretação como o Centro Interpretativo da Reserva Natural das Dunas de São Jacinto,  estaleiros como o Estaleiro Municipal da – Praia do Monte branco, bem como um passeio de barco nos famosos moliceiros.

Programa:

9-6-2021 (Quarta Feira) – VIAGEM LISBOA – AVEIRO

Alojamento:
Hotel Afonso V – (3 estrelas renovado em 2020)

 

10-6-2021 (Quinta Feira) – CANAL DE SÃO ROQUE (AVEIRO) » ESTEIRO DE SALREU (ESTARREJA) – 22, 2 km / 2h 30m

ESTEIRO DE SALREU (ESTARREJA) » CAIS DA BESTIDA (MURTOSA) – 23,2 km / 2h 30m

Total km = 45,4

 

11-6-2021 (Sexta Feira) – CAIS DA BESTIDA (MURTOSA) » CAIS DO CARREGAL (OVAR) – 27 km / 3 h

CAIS DO CARREGAL (OVAR) » SÃO JACINTO (AVEIRO)/FORTE DA BARRA (ÍLHAVO) – 25 km / 3 h

Total km = 52

 

12-6-2021 (Sábado) – SÃO JACINTO (AVEIRO)/FORTE DA BARRA (ÍLHAVO) » SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE VAGOS – 19 km / 2 h 30m

SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE VAGOS » CANAL DE SÃO ROQUE (AVEIRO) – 14,4 km / 2h 30m

Total km = 33,4

JANTAR CONVÍVIO – Restaurante: Tasca da Fatinha – R. Padre António Diogo 9, Gafanha da Encarnação. (ou similar)

 

13-6-2021 (Domingo) – ECOPISTA DO VOUGA = 13 km

REGRESSO A LISBOA

 

Total percorrido em bicicleta eléctrica -144 km


Iremos percorrer durante 4 dias, em bicicleta Eléctrica a Ecopista do Vale do Vouga e a Grande Rota da Ria de Aveiro num total de 144 km.

O Rio Vouga será o nosso anfitrião por vales estreitos até à chegada ao sistema lagunar da Ria de Aveiro.

O percurso será feito em terra batida, piso betuminoso, alcatrão e passadiços.

Rio Vouga

Considerado por muitos “o Nilo Português”. Nasce na Serra da Lapa a 930 km de altitude e faz um percurso de 148 km, de Este para Oeste, é alimentado por ribeiros e ribeiras, após Águeda dilui-se na Ria de Aveiro. Começa por ser um rio de planalto, depois rio de montanha num vale profundo, por fim rio de planície.

Ecopista do Vale do Vouga

Até 1990 a linha Ferroviária do Vouga ligava a linha do norte em Espinho à linha do Dão em Viseu. Actualmente só está em funcionamento o troço de Espinho a Sernada do Vouga. Parte da linha encerrada foi transformada em ecopista.

Vamos começar junto no antigo apeadeiro de Carvoeiro e percorrer cerca de 2, 5 km em terra batida até ao Lugar da Foz, com paisagens espectaculares e o Rio Vouga sempre por perto.

No Lugar da Foz, iremos passar a piso betuminoso, de cor vermelha, onde se rola muito bem, no percurso atravessaremos cinco túneis e a centenária e deslumbrante ponte do Poço de Santiago, passamos por antigos apeadeiros, num deles em Paradela encontraremos um eco café.

O verde da paisagem, o silêncio encantado com o canto das aves, o Vouga, facilmente imaginamos  o “vouguinha”, o antigo comboio a vapor que atravessava as exuberantes paisagens do Vale.

Terminaremos em Fontelas após termos percorrido um total de 13 km.

Ria de Aveiro

A Ria de Aveiro é a mais importante laguna do litoral Português, entre o Carregal (Ovar) e Poço da Cruz (Mira). Abrange 11 mil hectares, dos quais 6 mil estão permanentemente alagados e é composta por 5 grandes canais (Mira, Ovar, Murtosa, Espinheiro, Ílhavo), ramificados em esteiros, que circundam inúmeras ilhas e ilhotas. Nestes canais desaguam várias linhas de água entre as quais as valas de Mira, os rios Caster, Antuã, Vouga e Boco.

As condições actuais da ria foram criadas pela acção do homem, que ao longo dos séculos foi isolando áreas para salinas, drenando áreas de sapal, abrindo esteiros e aprofundando canais para navegação. Em 1808 procedeu-se à abertura da barra e à construção de um novo canal, marco muito importante para o desenvolvimento do Porto de Aveiro. A ligação ria – terra – mar, possibilita a existência de importantes recursos naturais que são explorados pelo homem.

Iremos apreciar vários tipos de paisagem: Sapal, caniçal, rios, esteiros e valas, bocage, arrozais e pastagens.

Grande Rota da Ria de Aveiro

Ribau Esteves (presidente da CIRA),“Esta rota não foi inventada por nós, foi inventada por gerações e gerações. Está aqui a melhor parcela territorial do Mundo”

Possibilidade  de visitar museus, como o Museu Marítimo de Ílhavo,  centros de interpretação como o Centro Interpretativo da Reserva Natural das Dunas de São Jacinto,  estaleiros como o Estaleiro Municipal da – Praia do Monte branco, bem como um passeio de barco nos famosos moliceiros.

Programa:

9-6-2021 (Quarta Feira) – VIAGEM LISBOA – AVEIRO

Alojamento:
Hotel Afonso V – (3 estrelas renovado em 2020)

 

10-6-2021 (Quinta Feira) – CANAL DE SÃO ROQUE (AVEIRO) » ESTEIRO DE SALREU (ESTARREJA) – 22, 2 km / 2h 30m

ESTEIRO DE SALREU (ESTARREJA) » CAIS DA BESTIDA (MURTOSA) – 23,2 km / 2h 30m

Total km = 45,4

 

11-6-2021 (Sexta Feira) – CAIS DA BESTIDA (MURTOSA) » CAIS DO CARREGAL (OVAR) – 27 km / 3 h

CAIS DO CARREGAL (OVAR) » SÃO JACINTO (AVEIRO)/FORTE DA BARRA (ÍLHAVO) – 25 km / 3 h

Total km = 52

 

12-6-2021 (Sábado) – SÃO JACINTO (AVEIRO)/FORTE DA BARRA (ÍLHAVO) » SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE VAGOS – 19 km / 2 h 30m

SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DE VAGOS » CANAL DE SÃO ROQUE (AVEIRO) – 14,4 km / 2h 30m

Total km = 33,4

JANTAR CONVÍVIO – Restaurante: Tasca da Fatinha – R. Padre António Diogo 9, Gafanha da Encarnação. (ou similar)

 

13-6-2021 (Domingo) – ECOPISTA DO VOUGA = 13 km

REGRESSO A LISBOA

 

Total percorrido em bicicleta eléctrica -144 km

Ponto de Encontro
Praça Martim Moniz em frente ao Hotel Mundial

Duração
4 dias / 4 noites

Incluído
Bicicleta Eléctrica
Capacete
Águas
Carrinha de Apoio
Pequeno Almoço
4 noites em quarto duplo no “Hotel Afonso V”
Jantar convívio no sábado 12-6-2021 (especialidade regional)
Seguro de responsabilidade civil e acidentes pessoais
Transporte em confortável VAN (com selo Clean & Safe)

Preço
Total: 400 euros por pax
360 € por pessoa com viatura própria
Quarto individual com custo extra (140 euros)
Desconto 10 % para mais que uma reserva

Observações
Com marcação prévia
Indicar regimes alimentares específicos ou alergias
Iremos enviar-lhe fotografias das bicicletas eléctricas para que escolha a bicicleta perfeita para si
É favor indicar o seu peso e altura
Possibilidade de realizar o passeio em Privado (grupo fechado)
Para todos os participantes que não utilizem o transporte fornecido pela Lisboa Autêntica, deverão encontrar-se com o grupo no Hotel Afonso V

NÃO INCLUÍDO
Jantares do dia 9, 10 e 11 de Junho
Almoços

COVID-19
Fornecemos gel desinfectante
Disponibilizamos máscaras
A van e bicicletas são desinfectadas com desinfectante Bio Saf'On entre utilizações

CONTACTOS
913221790
info@lisboaautentica.com
www.lisboaautentica.com/agenda
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android