Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:30
Warren Neidich · Ruído e a Arte do Cérebro sem Órgãos (On-Line Lecture)

Warren Neidich · Ruído e a Arte do Cérebro sem Órgãos (On-Line Lecture)

Aulas abertas 2021 · Arte / Pensamento / Som
Warren Neidich · Ruído e a Arte do Cérebro sem Órgãos
22 ABR · 18H30 · On-Line Lecture

Moderador · Cristina Sá

+ INFO: http://bit.ly/NeidichEA

O ruído é predominante na nossa sociedade pós-industrial. Seja apresentada como a cacofonia da fábrica e da máquina de guerra, o barulho causado pelo movimento anárquico de carros e camiões, o clamor da música grunge emanando de colunas num centro comercial ou a estática do entupimento de redes de informação, o ruído tem má reputação. É habitualmente considerado ofensivo e algo que tem de ser controlado ou mitigado. Contudo, o ruído tem um outro lado mais positivo e emancipatório na medida em que hoje representa formas e meios de constituir novas formas de conhecimento e de formas de compreender organização. Esta conceção contemporânea de ruído cria novas possibilidades para as formas e eventos que caracterizam e acusticamente transformam a banda-sonora que constitui as nossas paisagens culturais – sejam elas reais, imaginárias ou virtuais. Onde no passado o ruído era algo a ser suprimido, hoje é um conceito chave para as noções de emergência, complexidade e não-linearidade. Hoje, o ruído e a incerteza são consideradas a par da contingência como forças motrizes de inovação, criatividade e resistência.
 
Depois de escrever esta nova estrutura conceptual a que chama Neuroestética Ativista, Warren Neidich pretende compreender uma nova possibilidade para o ruído enquanto desarticulador entre as condições materiais de associações culturais disruptivas e redes de atenção que abraçam o ruído, aquilo a que Neidich chama de cérebro extra-craniano, e a arquitetura material do cérebro intra-craniano hospedado no crânio ósseo. Fundamental aqui é o emaranhamento e o espelhamento do cérebro intra-craniano com a plasticidade cultural. Neidich pretende explorar as consequências políticas emancipatórias da cacofonia de indeterminação e a improvisação e a sua lógica cultural para compreender as ligações que existem entre si e a variação e plasticidade do cérebro.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android