Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
N/D
Poética do Devir: Exposição de pintura

Poética do Devir: Exposição de pintura

Subordinada ao tema "Poética do Devir", a exposição de pintura de Graciete Ramos reabre ao público de 6 a 26 de abril, na galeria de arte da Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria.

"Pinto vivências e memórias impregnadas em objetos num constante devir”, refere a artista, para quem “Objetos marcados pela passagem do tempo e pelas vivências daqueles que acompanharam são os protagonistas destas naturezas mortas. Objetos que pertenceram aos meus avós e aos meus pais são eleitos para as minhas pinturas e elementos de uma analogia”.

Num ambiente intimista e dinâmico, surge a presença dos objetos e dos frutos na ausência do ser humano. Toda a dinâmica presente nas pinturas alude à passagem do tempo e a todo o movimento que nos rodeia e que não é percetível à sensibilidade humana. A presença dos frutos reforça a ideia da efemeridade da vida. Os objetos, marcados pela passagem do tempo, negam o conceito de inércia e suscitam a curiosidade pelas histórias e vivências que acompanharam.

Para Lisete Ramos, a dialética dinâmica e inércia, presença e ausência, são a sua inspiração. A dinâmica representa o caos, enquanto os objetos e os frutos representam um refúgio, um breve momento de calma e ordem.

A exposição cumpre todos os requisitos da DGS, com entradas limitadas, e pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 20h00.

Graciete Ramos reside em Maceira, concelho de Leiria. Entre 2014 e 2017 foi aluna do artista plástico Jorge Francisco, no Centro de Artes e Cultura de Maceira, e, entre 2019 e 2020, frequentou o Curso de Estética na Arte, da Sociedade Nacional de Belas Artes de Lisboa.

Em 2018 participou na exposição coletiva “Do livro à Arte”, na Galeria Manuel Artur Santos, em Leiria; na exposição coletiva “Estados de Alma”, patente no Hotel NH, Campo Grande, Lisboa e, na II Bienal de Artes Plásticas do Distrito de Leiria CPLP/Galiza, Mosteiro da Batalha.

Em 2019 participou na exposição coletiva “Espessura Longa”, no Mimo-Museu da Imagem em Movimento, Leiria, na exposição individual “Diálogo com o quotidiano”, na Livraria Ler Devagar, LX Factory, em Lisboa e na IV Tertúlia de pintura sob a luz vermelha, na Igreja de S. Pedro, em Leiria.

Em 2020, teve o seu trabalho presente na exposição coletiva “Três Olhares”, na Métizartis Gallery, Vila Internacional da Aldeia de Juso, Cascais, e participou na VI Bienal de Arte de Córdova, em Espanha.

Fonte: https://www.cm-leiria.pt/visite-leiria/evento/poetica-do-devir-exposicao-de-pintura
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android