Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
N/D
Agenda Programação Regular de Teatro da Quinta da Caverneira

Agenda Programação Regular de Teatro da Quinta da Caverneira

AGENDA
PROGRAMAÇÃO REGULAR DE TEATRO DA QUINTA DA CAVERNEIRA
12 a 30 de abril 2021

Até 13 de junho
Galeria Quinta da Caverneira
Exposição
“História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar” - Lembrar Sepúlveda

No ano em que Luís Sepúlveda nos deixou, relembramos o espetáculo «História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar», a partir da obra do autor, que o Teatro Art’Imagem estreou em 2008, com dramaturgia e encenação de Pedro Carvalho e Valdemar Santos, com uma exposição que apresenta os materiais cenográficos e as marionetas de Sandra Neves, relembrando o universo do espetáculo.

Curadoria de Sandra Neves, cenógrafa e marionetista que concebeu toda a plástica e o cartaz do espetáculo.

Segunda a sexta: 09h00 – 12h30 I 14h00 – 17h30; e em dias de espetáculo.

Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

https://www.cm-maia.pt/cultura/noticias-e-eventos/evento/exposicao-historia-de-uma-gaivota-e-do-gato-que-a-ensinou-a-voar-lembrar-sepulveda

14 de abirl, 21h00 – 23h00
Oficina de Teatro da Maia
Dramaturgia (Online)

No próximo dia 14 de abril serão apresentados os trabalhos finais dos alunos do módulo de Escrita Dramática da Oficina de Teatro da Maia 2021. Os alunos foram desafiados a aplicar os conceitos e práticas que desenvolveram no decorrer das sessões, criando um texto final, que agora será lido para o público me geral

Formador José Pedro Pereira
Maiores de 16
Gratuito

Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

Transmissão pública em https://www.facebook.com/teatroartimagem

19 a 21 de abril, 19h00
Quinta da Caverneira
"Desastre Nu" - Teatro Art'Imagem (Reposição da temporada de estreia)

O Teatro Art´Imagem vai repor "Desastre Nu", o espetáculo cuja temporada de estreia foi cancelada pelo estado de emergência.

A humanidade cheira mal.
Quatro atores interpretam 12 personagens que revelam de forma seriamente absurda a realidade do estado em que se encontra o mundo, os sistemas, as pessoas… e os cheiros. Um espetáculo cheio de humor sarcástico que nos permite uma reflexão sobre a condição do ser. Um texto de hoje e de sempre sobre a tomada de consciência do ser individual e social. No palco, questionamos as forças que movem o mundo, a nossa existência… e sim, detetamos que cheiramos muito, muito mal.
Onde se encontram as autoridades? As leis, a moral, a justiça e os bons costumes? Nunca saberemos nada sobre o nosso medo? Parece tudo tão difícil como deitar meias solas nos sapatos. É de mais. Trocaram-me o sexo e gozo agora com o que não faço. Carga de estupores, marginais e chatos.
Onde se encontram as pessoas? Este espetáculo promete ser um verdadeiro Desastre Nu.

Texto: António Aragão; Dramaturgia e Encenação: Daniela Pêgo; Interpretação: Flávio Hamilton, Diana Barnabé, Filipe Gaspar e Gustavo Caldeira; Assistente de Encenação: André Rabaça; Desenho de Luz e Vídeo: André Rabaça; Figurinos e Adereços: Cláudia Ribeiro; Sonoplastia e criação musical: Carlos Adolfo; Produção: Sofia Leal e José Pedro Pereira; Diretor do Teatro Art’Imagem: José Leitão.

M/12
70 min.

BILHETEIRA
5,00€ Normal
3,00€ Estudantes, Crianças menos de 6 anos, M/65, Profissionais das Artes Cénicas, Desempregados e sócios do Sindicato dos Bancários do Norte.
Horário: 45 minutos antes do início de cada espetáculo.
Entrada mediante reserva prévia.

Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

https://www.cm-maia.pt/cultura/noticias-e-eventos/evento/desastre-nu-teatro-art-imagem

24 de abril, 11h00
Biblioteca da Quinta da Caverneira
“Pinóquio”, de Carlo Collodi| Teatro a Ler
Leitura expressiva de Textos de Teatro para crianças

Era uma vez um pedaço de madeira, um bom canivete e as mãos hábeis de um velho carpinteiro: assim nasce Pinóquio, o menino-boneco que foi feito para dançar, esgrimir e dar saltos-mortais...
Nesta belíssima obra da literatura infantil, Collodi, o criador de Pinóquio, mostra-nos o real valor de sermos verdadeiros, de sabermos ver e ouvir aqueles que sabem mais do que nós e de termos uma atitude reflexiva para todas as nossas ações na vida.
Esta história, que Collodi tão genialmente soube escrever num estilo não moralístico, lúdico, divertido, terno e irónico é, sem dúvida, uma obra onde crianças e adultos encontram uma rara e feliz reflexão sobre o mundo dos homens.
As Aventuras de Pinóquio, que inicialmente se chamava apenas História de Um Boneco, começou por aparecer em folhetim na publicação Il GiornaIe dei Bambini e nasceu das insistências do diretor para que Collodi colaborasse no jornal. Só em 1883 foi publicado em volume, com o título atrás mencionado.
De então para cá, a obra tem sido sucessivamente editada sob todas as formas e encontra-se traduzida em todas as línguas. Os críticos são unânimes em considerá-Ia a melhor obra da literatura infantil italiana e uma das melhores do mundo.
Pinóquio foi levado à cena pelo Teatro Art’Imagem em 2005, com dramaturgia e encenação de Tilike Coelho.

Gratuito.
Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

https://www.cm-maia.pt/cultura/noticias-e-eventos/evento/pinoquio-de-carlo-collodi-teatro-a-ler

28 de abril, 18h00
Auditório da Quinta da Caverneira
Apresentação de livro
“Três décadas em trinta notas de Teatro e Artes Performativas”, de António Pedro Afonso

Um conjunto de trinta notas, escritas entre 28 Janeiro e 26 Fevereiro, (uma por dia), e que abordam de forma breve trinta anos de atividade profissional de teatro, desde a estreia de António Pedro Afonso, no ido ano de 1989, até ao dia de hoje. Estas trinta notas sugerem essa permanente busca do autor/ator, vestindo a pele ou pondo-se no lugar do outro:
«E o tempo passa e passaram-se entretanto Três décadas e, dezenas de espetáculos e criações e géneros e correntes. O rito e a sátira, a tragédia, a comédia ou, o drama, o musical, a revista à portuguesa, o café-teatro ou a opereta, a opera e o teatro clássico! O realismo, o construtivismo, o nihilismo, dada, existencialismo, absurdo, o contemporâneo, a performance, o desenho ou a fotografia e, o cinema, o cubismo ou abstracionismo. Qualquer forma de representação, qualquer género ou corrente, o movimento e a dança, a banda desenhada ou design, fazem parte afinal da mesma família – a famílias das artes.
Todas as expressões ou representações são flagrantes, porém, o rio da arte teatral, esse leva o edifício do teatro a esse outro edifício maior – o tal que reúne todas as artes e, que se pode compilar na própria História do Teatro e, numa estória maior, que se confunde com a Vida e a maior de todas as artes, a Arte de Viver. Viva o teatro!»

Gratuito

Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

https://www.cm-maia.pt/cultura/noticias-e-eventos/evento/tres-decadas-em-trinta-notas-de-teatro-e-artes-performativas-de-antonio-pedro-afonso

30 de abril, 19h00
Auditório da Quinta da Caverneira
“Noites de Caxias” – Centro Dramático de Viana

Duas mulheres que viveram intensamente a ditadura. Leninha, a mais temida e poderosa figura feminina da política portuguesa: a PIDE; e Laura, uma das vítimas que mais sofreu às mãos da terrível agente. Baseado na vida de uma figura tão terrível como fascinante: a mulher que chegou mais alto na hierarquia da PIDE, ainda hoje uma grande desconhecida para a maioria dos portugueses.

“Vai! Cuspam-lhe! Escarrem nesta porca comunista! Vais falar ou não?”

A partir do romance “As Longas Noites de Caxias”, de Ana Cristina Silva (2019). Dramaturgia e Encenação: Ricardo Simões; Interpretação: Ana Perfeito; Direção Musical: José Prata; Iluminação: Nuno Almeida; Cenografia: Cátia Barros; Figurinos: Cláudia Ribeiro; Desenho Gráfico: Rui Carvalho; Produção Executiva: Adriel Filipe.

M/14
75 min.

BILHETEIRA
5,00€ Normal
3,00€ Estudantes, Crianças menos de 6 anos, M/65, Profissionais das Artes Cénicas, Desempregados e sócios do Sindicato dos Bancários do Norte.
Horário: 45 minutos antes do início de cada espetáculo.
Entrada mediante reserva prévia.

Info e reservas: 222 084 014 I 935 309 952 I teatroartimagem@teatroartimagem.org

https://www.cm-maia.pt/cultura/noticias-e-eventos/evento/noite-de-caxias-centro-dramatico-de-viana

Fonte: https://www.cm-maia.pt/institucional/agenda/evento/agenda-programacao-regular-de-teatro-da-quinta-da-caverneira-5
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android