Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:00 até às 18:00
Ciclo de Cinema de Direitos Humanos

Ciclo de Cinema de Direitos Humanos

O Ciclo de Cinema de Direitos Humanos organizado pela Secção Cultural da Embaixada de Espanha em Lisboa, em colaboração com a Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora, apresenta uma seleção de filmes programados pelo Festival de Cine de Derechos Humanos (FCDH) de Barcelona e Madrid. O ciclo está dividido em três sessões compostas por um ou dois filmes.

Todos os links são ativados às 18h do dia da projeção e ficam ativos durante 48 horas. Acesso aos filmes e informação aqui

16 abril: 18h
ZAPATOS DE TACÓN CUBANO
De Julio Mas Alcaraz, Espanha, 2019, 18 min.
Narra a história de dois adolescentes de um bairro marginal de Madrid, um lugar hostil aos seus desejos. Com graves problemas familiares e rodeados por um ambiente agressivo, machista e homofóbico, têm de levar uma vida dupla para esconder o início do seu caso amoroso e da sua paixão pela dança flamenca.

16 abril: 18h
DIVERSITATS I TERRES
De Maria Popova, Espanha, 2018, 30 min.
Documentário que relata, através dos testemunhos de migrantes em Barcelona, o choque entre cultura e homossexualidade, religião e identidade de género, violência e liberdade. Será que pertencem ao coletivo LGBTI? Sim, mas antes disso “pertencem” a outro Estado, alguns deles ao chamado “terceiro mundo”.

23 abril: 18h
ONGIETORRI
De Fermín Aio, Espanha, 2018, 43 min.
Mahmud demorou três anos a cruzar África numa viagem perigosa. Marta escapou milagrosamente dos guardas armados, de uma hidroelétrica que construiu uma barragem que inundou a terra onde vivia. Antonio pegou na sua câmera para relatar o drama da fronteira sul. Iñigo decidiu salvar as pessoas que se afogam no Mediterrâneo porque: “se os estados que o deveriam fazer não o fazem, nós devemos fazê-lo”. Begoña foi presa por esconder um grupo de migrantes na sua carrinha porque: “esta situação é tão injusta que só podemos desobedecer”. Clementine fugiu do seu país depois do marido ser assassinado. Yahia perdeu quase toda a família na guerra: “o que aconteceu na Síria pode acontecer a qualquer pessoa”. Um documentário que coloca em perspetiva, a partir da vida dos seus protagonistas, as raízes e consequências da emigração e dos refugiados.

30 abril: 18h
CHICA SERIA Y RESPONSABLE
De David Macián, Espanha, 2019, 16 min.
Em Espanha há aproximadamente 630.000 pessoas a trabalhar como domésticas. A maioria delas são mulheres migrantes e muitas delas trabalham como internas. Cansadas dos vários abusos que sofrem, algumas decidiram unir-se para reclamar os seus direitos.

30 abril: 18h
HOTEL EXPLOTACIÓN: LAS KELLYS
De Georgina Cisquella, Espanha, 2018, 55 min.
Mais de duzentas mil mulheres trabalham como empregadas de mesa em Espanha, mas são tão importantes como invisíveis no setor da hotelaria e restauração. Há um ano e meio, as Kellys decidiram organizar-se para reclamar os seus direitos.

Fonte: https://agendalx.pt/events/event/ciclo-de-cinema-de-direitos-humanos/
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android