N/D

BRIGHT AS SILVER, WHITE AS SNOW

20 Maio a 26 Setembro

Quando em Setembro de 2019, chegamos a Jingdezhen, na China, para realizarmos uma residência artística como bolseiras da Fundação Oriente, sabíamos que uma porta se abria para novas descobertas.
Jingdezhen é uma cidade única no que diz respeito à cerâmica, tudo funciona em torno desta actividade, com diferentes perspectivas. Foi um privilégio poder ter tido contacto com esta realidade, o que só por si foi uma grande aprendizagem. Esta cidade com cerca de um milhão e meio de habitantes, é actualmente uma plataforma internacional para grandes projectos artísticos e de design em cerâmica.
O nosso estúdio, The Opposite Studio, em Sanbao, circundado por pequenas fábricas, está localizado num vale cercado de montanhas com imensa vegetação densa e exuberante, onde foi um prazer trabalhar.
Cada uma de nós traçou o seu percurso entre as ideias que trazíamos, o que os materiais nos inspiraram e os muitos inputs dados pelo intercâmbio de experiências no local.
Alternámos o nosso trabalho no estúdio com várias visitas a museus, galerias, estúdios de artistas, fábricas e centros de cerâmica.
Quase todos os dias o estúdio recebia visitas de artistas, empresários que procuram fábricas para produzir projectos, e ainda curadores de exposições de várias nacionalidades, entre outros.
Os nossos trabalhos foram um modo de dia após dia nos aproximarmos de uma realidade cultural muito diferente da nossa. Isso constituiu a grande mais valia desta residência, a experiência de estar a trabalhar na China, um país com um grande contraste cultural em relação a Portugal e à Europa, num ambiente de trabalho partilhado com as pessoas locais, o que tornou esta experiência incontornável no nosso percurso artístico e pessoal.
Na realidade foi esta diferença cultural e histórica que nos motivou a projectar esta residência, a partir do facto de que já no século XVI os portugueses fizeram enormes encomendas de porcelana para serem produzidas em Jingdezhen através de Cantão e Macau, e que chegaram pela primeira vez a Lisboa e à Europa, onde então não se conhecia o “ouro branco” também descrito como bright as silver, white as snow.

Beatriz Horta Correia
Graça Pereira Coutinho
Susana Piteira

Fonte: http://www.museudooriente.pt/4189/bright-as-silver--white-as-snow.htm
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android