Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
19:00
INSTRUÇÕES PARA ABOLIR O NATAL - Cancelamento

INSTRUÇÕES PARA ABOLIR O NATAL - Cancelamento

No cumprimento das medidas previstas no Decreto de 28 de janeiro, que regulamenta a renovação do Estado de Emergência, informamos que o Theatro Circo procedeu ao cancelamento dos espetáculos agendados até 14 de fevereiro, designadamente da apresentação da peça 'Instruções para Abolir o Natal'.


Os espectadores que já adquiriram bilhetes para os espetáculos incluídos neste período, e que pretendam o reembolso, devem considerar o seguinte:

para bilhetes adquiridos na bilheteira do Theatro Circo: a devolução deverá ser requisitada na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de 30 dias;

para bilhetes adquiridos na BOL Online: a devolução deverá ser requisitada diretamente à BOL, a partir do dia de amanhã e durante o período máximo de 30 dias;

para bilhetes adquiridos nos pontos de venda externos: a devolução deverá ser requisitada no local onde estes foram adquiridos, a partir do dia de amanhã (ou da data fixada para uma nova abertura ao público) e durante o período máximo de 30 dias ;

para troca de bilhete por outro espetáculo: apenas possível na bilheteira do Theatro Circo, a partir da data fixada para uma nova abertura ao público do edifício e durante o período máximo de um mês;


Para esclarecimentos adicionais, deverá enviar email para bilheteira@theatrocirco.com

Os restantes espetáculos da programação de Fevereiro continuam disponíveis para venda em www.theatrocirco.bol.pt

Desde já, agradecemos a compreensão e pedimos desculpa pelo incómodo.


Pano de fundo: a crise financeira de 2008. O que nos levou à crise é o que está em causa neste texto – e no espetáculo. Não são necessários vastos conhecimentos para percebermos que existimos num universo socioeconómico com várias crises e cada uma delas tem origem diversa. E cada uma delas levará, eventualmente, a uma nova crise. Não há certezas; mas identificam-se semelhanças nos comportamentos do universo financeiro em cada crise que se afirma em cada tempo, com maior ou menor relevância, com maior ou menor abrangência. Chegam-nos notícias de reuniões de alto nível repletas de apertos de mão e vénias excessivas, de indivíduos que tomam decisões em nome de pessoas que não conhecem. Das mil e uma peripécias da Tragédia Grega, que é o desenrolar de uma qualquer crise, permitindo a um ou outro jornal manter as impressoras a trabalhar durante mais uns anos. E temos apenas uma certeza: o mundo financeiro é impenetrável, incompreensível e, provavelmente, não é gerido por seres humanos.


Texto: Michael Mackenzie | Tradução: Sara Mendes Vicente | Encenação: Isabel dos Santos | Interpretação: Luís Vicente, Sara Mendes Vicente | Cenografia: Jean-Guy Lecat | Música: Zé Eduardo | Desenho e Operação de Luz: Octávio Oliveira | Designer: Rita Merlin | Produção Executiva: Elisabete Martins


Duração prevista: 1h20

Promotor: Companhia de Teatro de Braga



Fonte: https://www.theatrocirco.com/pt/agendaebilheteira/programacultural/1065
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android