Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
N/D
Documento do mês | Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada

Documento do mês | Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada

Na celebração do 142º aniversário do nascimento de Maria Evelina de Sousa (Ponta Delgada, 1879-1946), professora primária e diretora, redatora e proprietária da Revista Pedagógica («órgão do professorado oficial açoriano»), selecionamos para documento do mês o cadastro profissional dessa professora primária.

Maria Evelina de Sousa incentivou os colegas professores a denunciarem as injustiças de que eram vítimas, nomeadamente no que toca à baixa e deficitária renumeração, e a partilharem os resultados das suas experiências pedagógicas. Divulgou propostas de inovação do ensino nos Açores e métodos pedagógicos, como o de Amália Luazes e de João de Deus. Enalteceu a educação e instrução da mulher, destacando o papel desta como mãe e educadora.

Após concluir a sua formação em 1902, Maria Evelina de Sousa foi nomeada para lecionar na escola do sexo feminino da freguesia da Matriz (1904), na escola do sexo feminino do bairro de Santa Clara (1904-12), na escola do sexo masculino de S. José (1912-30) e na escola do sexo feminino da freguesia de S. Pedro (1930-37). A sua carreira e outros detalhes sobre o seu desempenho profissional podem ser observados no documento do mês.

A fundação da biblioteca-museu da escola feminina de Santa Clara (1909) corresponde a um dos momentos mais altos da sua carreira como professora primária. Foi a primeira do seu género nos Açores e uma das primeiras do país. A sua principal missão consistia em colmatar a deficiência do acesso aos livros que a maior parte dos alunos experienciava devido às suas condições económicas.

Em 1924, marcou presença no Primeiro Congresso Feminista e de Educação, promovido pelo Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas, enquanto defensora do feminismo e da educação das mulheres no arquipélago açoriano.

Veja o documento na integra em:

https://bparpd.azores.gov.pt/livros_mes/

Fonte: http://www.culturacores.azores.gov.pt/agenda/default.aspx?id=36647
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android