19:00 até às 00:59
A Arte dos Barcos

A Arte dos Barcos

Exposição de fotografia de Carlos Abreu.

Inaugurada no dia 10 de dezembro, quinta-feira, às 19 horas.

De 10 de dezembro de 2020 a 16 de janeiro de 2021

Horário

De terça a sexta-feira, das 10 às 20.30 horas.

Catálogo da exposição – PDF [4,19 MB]

A Arte dos Barcos

Desde a origem do antigo núcleo urbano do Seixal que os seus primeiros habitantes, aproveitando as praias abrigadas existentes e a abundância de madeiras nas matas circunvizinhas, se dedicaram à construção de embarcações tradicionais em madeira. Ao longo de séculos foram muitos os construtores navais, serradores, carpinteiros de machado, calafates, ferreiros e pintores que construíram batéis, bateiras, muletas, botes, catraios, canoas, faluas, varinos ou fragatas.

Ainda hoje, quando observamos o brasão do Município do Seixal, vemos como principais elementos heráldicos uma muleta – antiga embarcação de pesca em madeira –, um machado, uma enxó e um macete, emblemáticas ferramentas dos antigos carpinteiros navais e calafates.

Em meados do século XX, as zonas ribeirinhas do Seixal passaram a ser palco de uma nova forma de construir barcos. Tinham-se instalado nestas paragens caldeireiros, serralheiros, soldadores, decapadores, mecânicos navais e eletricistas, para construir ou reparar em ferro arrastões de pesca, bacalhoeiros, batelões de cargas, pontões de acostagem, rebocadores e cacilheiros. É sobre esta construção naval, herdeira de uma das mais antigas atividades do nosso município, que o meu amigo Carlos Abreu nos apresenta a exposição de fotografia, A Arte dos Barcos. Ao ver, pela primeira vez, as excelentes fotografias deste seu novo trabalho, senti-me mais consciente e conhecedor da forma como, nos nossos dias, a Navaltagus – Reparação e Construção Naval, S. A. exerce, no seu estaleiro do Seixal, a sua atividade.

Pelo conjunto das fotografias é possível sentir a dinâmica do próprio estaleiro, perceber como funcionam as suas diferentes secções e o tipo de trabalhos executados. Na presente exposição, além das belíssimas perspetivas conseguidas, da ótima qualidade das imagens e da sua beleza estética, há a salientar o valor atribuído, pelo seu autor, à figura humana. Em cada imagem, diferentes operários são colocados em destaque, mostrando-se pormenorizadamente os seus equipamentos, ferramentas e, especialmente, os seus gestos técnicos e a arte de saber-fazer.

Trata-se de um trabalho imbuído de movimento, de uma exposição com vida, onde o fotógrafo conseguiu interagir com quantos ali trabalham. A exposição de fotografia A Arte dos Barcos permanecerá, para o futuro, como um excelente trabalho, feito nesta segunda década do novo milénio, que exalta e enaltece a arte da construção naval, uma das tradições seculares do município do Seixal.

Manuel Lima

Condições de acesso à galeria

Fonte: https://www.cm-seixal.pt/evento/arte-dos-barcos
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android