Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
N/D
Documento do mês | Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada

Documento do mês | Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada

A Sociedade dos Amigos das Letras e Artes em S. Miguel foi criada em Ponta Delgada, a 9 set. 1848, pela mão de António Feliciano de Castilho (1800-1875) com a especial missão de promover o ensino, mas igualmente promover as Artes na ilha de São Miguel.

Tinha como principais objetivos o acesso e o gosto da leitura, a divulgação do conhecimento e a instrução pública, incentivando o desejo de saber ler e dando corpo à ideia de que uma população instruída é sinónimo de civilização. Usando os diversos jornais locais, que existiam à época, a S.A.L.A. divulgava amplamente as suas iniciativas e atividades, tendo em vista motivar a população, tanto para angariar colaboradores, como para cativar o interesse dos potenciais alunos.

O seu grande impulsionador, António Feliciano de Castilho, literato e pedagogo que, na altura, residia em Ponta Delgada, desenvolveu um novo método de aprendizagem da leitura (o chamado Novo Método de A. F. de Castilho ou Método de Leitura Repentina de Castilho, baseado no Método Lemare, de Pierre Alexandre Lemare). Seria esse método o aplicado nas diversas escolas de primeiras letras criadas pela S.A.L.A.

Foram criadas várias escolas rurais, espalhadas por toda a ilha e apoiadas pela S.A.L.A., nas quais era ministrado o ensino das primeiras letras a uma população de camponeses e trabalhadores, maioritariamente analfabeta. Colmatava-se assim, através de uma iniciativa privada, a carência do ensino oficial. As primeiras aulas começariam, em Ponta Delgada, em dezembro de 1848.

A S.A.L.A., cuja atividade decorreu essencialmente até cerca de 1870, teve, igualmente, um papel determinante como semente de criação da Sociedade Teatral Micaelense e da construção do futuro Teatro Micaelense. Teve ainda influência no surgimento de sociedades recreativas e filarmónicas, em diversas localidades ao longo da ilha, e na realização das primeiras exposições de artes e indústrias.

Fonte: http://www.culturacores.azores.gov.pt/agenda/default.aspx?id=36631
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android