18:30 até às 12:30
Segundas Impressões: agil imprime Tiago Baptista

Segundas Impressões: agil imprime Tiago Baptista

Segundas Impressões: agil imprime Tiago Baptista
20 / 27 novembro (sexta-feira) - 18:30-21:00
21 / 22 / 28 / 29 novembro (sábados e domingos) - 9:00 - 12:30

R. das Cancelas 2, Ílhavo

 Lançamento de impressão original de Tiago Baptista
 Mostra de tiras de banda desenhada concebidas pelo autor para o Jornal de Leiria

//

Para Segundas Impressões, nos últimos dois fins-de-semana em Novembro, abrimos as nossas portas para que se possam abrir as que o Tiago Baptista tem desenhado no Jornal de Leiria, que narram várias semanas de um olhar pessoal e invulgar sobre o mundo que o rodeia. Esta mostra surge no contexto da colaboração do Tiago com a AGIL para produzir um objeto original, um pequeno folhetim composto por ilustrações da sua autoria, impresso na nossa gráfica e que marca as Segundas Impressões da AGIL pela primeira vez em casa própria.

Tem sido um ano difícil, bem sabemos, bem sentimos, e viver nele tem sido uma descoberta do que somos enquanto seres humanos gregários e sociais. A mediação da comunicação, uma marca fundamental do nosso tempo, tornou-se num elemento hiperpresente nas nossas vidas a partir do momento em que as nossas portas se fecharam e o nosso contacto com o mundo se passou a realizar através de ecrãs de computador ou telemóvel, de livros ou de jornais.

Estes objectos tornam-se, assim, por vezes, pequenas portas, portas da percepção, que se dispõem diante de nós. E é, cremos, nosso dever abri-las.

  Tiago Baptista (Leiria, 1986) estudou Artes Plásticas na ESAD.CR. Das suas exposições destacam-se: em 2019, Cosmo/Política #5 no Museu do Neo-Realismo, Vila Franca de Xira e Trabalho Capital no Centro de Arte Oliva, S. João da Madeira; em 2018, a individual Atrás do pensamento na Galeria 3+1, Lisboa; em 2017, a individual Obscuro ver no Edifício do Banco de Portugal, Leiria; em 2016, Questionamentos no CCVF em Guimarães e na Sala de Arte Joven em Madrid. Tiago Baptista tem publicado, em fanzines, textos sobretudo dedicados ao pensamento crítico e íntimo de música, em 2018 criou uma plataforma digital de partilha desses escritos e de podcasts a que chamou Desenhando constelações. Em 2019 iniciou um projecto de curadoria no seu próprio quarto chamado Um quarto na cidade  e apresentou também uma exposição colectiva com curadoria sua, Tu não viste nada no espaço DuplexAir em Lisboa. Publica Banda Desenhada regularmente, tanto no Jornal de Leiria como em projectos de auto-edição e livros de artista. Lecciona Banda Desenhada no Ar.Co.
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android