Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
20:00
Quinta-feira: Abracadabra
©Alípio Padilha

Quinta-feira: Abracadabra

Local: Sala Mário Viegas

Paz, pão, trabalho, educação querem dizer o quê, mais propriamente? Em Quinta-feira: Abracadabra, quarta criação do projeto Sete Anos Sete Peças, Cláudia Dias e Idoia Zabaleta dão novos usos a palavras gastas. Partem do zero para voltar a combinar com as pessoas presentes os significados mínimos de cada palavra. Paz, pão, trabalho, educação querem dizer o quê, mais propriamente? Demonstrando a verdadeira relação entre as coisas e as palavras, buscando os nomes ocultos da injustiça, da desigualdade e da opressão, as artistas procuram as palavras mágicas para mover corpos, e mundos. No final do espetáculo, convida-se o público para uma conversa com as criadoras.

No Teatro São Luiz, Cláudia Dias apresenta os cinco espetáculos do seu projeto Sete Anos Sete Peças, iniciado em 2016. Cada espetáculo, concebido com um parceiro ou parceira artística diferente, leva o nome de um dos dias da semana, seguido de um subtítulo, e faz a ligação entre artistas, pensadores, países e cidades, passado, futuro e presente, arte e ação política. O todo é maior que a soma das partes. Seguir cada peça e acompanhar a sequência é uma experiência diferente de ver cada uma delas, isolada ou alternadamente. Cinco peças mais uma, essa formada pelo todo; ou ainda inúmeras outras, resultantes das várias combinações possíveis e da coleção particular que cada um queira e possa fazer. No São Luiz, os espetáculos complementam-se com um ciclo de conversas e uma oficina do ilustrador António Jorge Gonçalves, responsável pelo desenho e grafismo dos livros deste projeto.

Conversas Dias Úteis – A arte da diferença
Quinta-feira é sobre mulheres e palavras e o poder de umas e outras (palavra é feminino, já repararam?). De que mulheres falamos quando falamos de mulheres? Há palavras a mais ou a menos? Em que medida são instrumentos de projetos políticos? E na luta das mulheres pela igualdade: são emancipadoras ou aprisionam? Empoderam ou enfraquecem? Mobilizam para a luta ou condicionam-na? E os silêncios? São de ouro ou nem por isso? Como é que os artistas podem manuseá-las no sentido de encontrar respostas e abrir caminhos? E o público deve ser chamado a tomá-las ou apenas a ouvi-las? Abracadabra. A artista Idoia Zabaleta e pessoas convidadas usarão da palavra para debater o lugar das mulheres e das palavras, hoje, em toda a sua diversidade.

FOLHA DE SALA

Datas e Horários
21 abril
quarta, 20h


Conversas com artistas e pessoas convidadas

Fonte: https://www.teatrosaoluiz.pt/espetaculo/quinta-feira-abracadabra/
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android