Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
19:30 até às 22:00
TERRAS (PT/ES/FR)_Espectáculo

TERRAS (PT/ES/FR)_Espectáculo

TERRAS  (PT/ES/FR) 

# ESPECTÁCULO
A22, Vila Nova de Gaia

-9 outubro 2020, 19:30

Kale Companhia de Dança
Coreografias:  
Quando falte la lluvia, Matxalen Bilbao (ES)
There is some wind this year, my friend, La Tierce (FR)
SOURCE, André Mesquita (PT)
Interpretação: Kale Companhia de Dança
Desenho de luz: Joaquim Madaíl
Ensaiadoras: Sara CM Moreira e Inês Negrão
70’

A Kale Companhia de Dança propõe a sua nova criação com uma ode à TERRA(s) como inesgotável fonte de vida. O espetáculo em formato triplo propõe criações de Companhia La Tierce (FR), André Mesquita (PT) e Matxalen Bilbao (Bilbao, ES), fruto da colaboração da Kale Cia. com o projeto de cooperação transfronteiriço REGARDS CROISÉS (França, Espanha, Portugal).

Regards Croisés é um projeto de cooperação coreográfica para a difusão da dança contemporânea e a promoção de encontros entre o público, artistas e estruturas educativas, segundo a prática de três criadores oriundos de realidades geográficas distintas (Portugal, Espanha, França) com diferentes visões artísticas e culturais. Promovido desde 2012/13 pelo laboratório de pesquisa coreográfica LE LABO da Companhia Malandain | Ballet Biarritz com direção artística de Gael Domënger, e com cooperação com a Kale Cia desde 2018, dará lugar à I Edição do REGARDS CROISÉS Portugal, promovido pela Kale Companhia de Dança, de 8 a 11 de outubro de 2020 no Armazém22, em Gaia.

A Kale Companhia de Dança propõe-se ser o veículo criativo de um espetáculo que junta em palco jovens bailarinos em diferentes estádios da sua carreira de formação e profissional, com coreógrafos também eles em diferentes etapas da sua carreira artística com a sua visão própria e única da linguagem da dança contemporânea.

A Kale Companhia de Dança é uma estrutura cofinanciada pela Direção Geral das Artes, Ministério da Cultura, para o biénio 2020-2021.

SINOPSES

- Cuando falte la lluvia...
 “......Frente al mar, ante una montaña, entre los árboles de un bosque o a la entrada de un valle que se tiende a mis pies quiero ser naturaleza.”
A peça reflete sobre os vínculos entre natureza e ser humano. Um lugar de metáforas e paisagens cheio de sensações, formas e texturas. Um universo poético no qual interrogar e denunciar a nossa evolução em relação ao planeta. 
Um elogio à natureza e a nós mesmos como parte dela. Um desejo de criar novos contextos e um mundo melhor.

Direção e Coreografia Matxalen Bilbao
Intérpretes Kale Companhia de Dança
Música J. S. Bach, Arvo Pärt 
Sonoplastia Domingos Alves
Textos intérpretes
Voz Tilike Coelho

-There is some wind this year, my friend,  
“There is some wind this year, my friend” é um convite para novas formas de atenção, tanto entre intérpretes e espectadores, bem como entre os próprios intérpretes. Imaginada como uma sucessão de “ouvertures” (aberturas), a coreografia - sensível e minimal - desdobra-se sobriamente entre os corpos em presença. No inverso das formas e dos gestos, no vazio entre os olhares dirigidos, surge uma conversa discreta - uma conversa sem palavras que sustenta espectadores e intérpretes, vivos, no mesmo sentimento de vulnerabilidade benevolente. Juntos, eles são um pouco como uma floresta: partilhando todos a mesma terra, atentos ao ar, sensíveis ao estado efémero e mutável das coisas. 

Coreografia La Tierce
Intérpretes Kale Companhia de Dança
Música Arte da Fuga, J. S. Bach

-SOURCE 
“Source” (origem) é uma meditação simples sobre o corpo pensante, o corpo que dança. Uma meditação sem fim que vive no olhar do espectador em pura abstração de movimento.
A partir tão somente da reflexão sobre a palavra - origem - envolvemo-nos em fragmentos de movimento que nos levaram a passar pelo Começo, pelo Início, por Darwin, pela espécie, pelo Humano, pelo primórdio... e inequivocamente pelo amor... 
A ORIGEM, desde a mais pequena partícula à mais complexa constelação de relações e formas de vida, do invisível, fragmentos de meteorito à possibilidade de um dia sermos espectadores de um fim apocalíptico.

Coreografia André Mesquita
Intérpretes Kale Companhia de Dança
Música Simon James Phillips

MAIS INFO:

Bilhetes Espetáculos:
https://www.ticketline.sapo.pt/evento/i-regard-croises-portugalterras-51675

Horário Bilheteira:
6 TER -11 OUT DOM
15h00-19h00 e 1 hora antes espetáculo

Direção Artística:
Regards Croisés Portugal
Gael Domenger 

KALE Cooperativa Cultural, Crl | Kale Companhia de Dança | Armazém 22
Direção Executiva / Artística | Joana Castro
Gestão de Projeto | Daniela Tomaz
Direção de Produção Armazém 22 | Maria Miguel Coelho
Direção de Comunicação | Joana de Belém
Design Gráfico | José Pereira
Direção Técnica | Joaquim Madaíl
Técnico de Palco | Domingos Sousa
Assistente Produção | Mayra Paolinelli

Parceiros:
A22
Ginasiano Escola de Dança
Câmara Municipal de Gaia
Malandain Ballet Biarritz
La Fundicion Bilbao

Apoio:
República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes
Ginasiano Escola de Dança
Antena 2
Alliance Française
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android