Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
21:30
Márcia

Márcia

Músicos
Márcia (voz e guitarra), Filipe C. Monteiro (guitarra e teclados), Manuel Dordio (guitarra), Francisco Moreira (bateria) e David Santos (baixo).


Classificação etária: M/ 6 anos.


Márcia

Após um EP («A Pele Que Há em Mim») e quatro álbuns («Dá», «Casulo», «Quarto Crescente» e «Vai e Vem»), Márcia demonstra um talento e singularidade como compositora e intérprete que rendeu o público e a crítica e lhe mereceu a atribuição do Prémio José da Ponte da Sociedade Portuguesa de Autores, a par da nomeação da música «Tempestade» para os Globos de Ouro da SIC/Caras.

Se ao longo do percurso é possível notar uma maior complexidade na produção dos discos, o essencial do trabalho da artista mantém-se. Um leque de melodias que podem ser animadas, vindicativas, dançáveis ou doces e introspetivas. E palavras a condizer, ora marcadas pela beleza das coisas simples e diretas, ora misteriosas, onde não faltam jogos de significado e de sentimento.

Este talento como compositora é reconhecido por outros músicos, de todos os géneros e gerações. Márcia já assinou a melodia e letra de canções para Ana Moura, António Zambujo e Sérgio Godinho, entre outros. Nomes que por si só testemunham um cuidado na composição e um amor pela palavra que a artista também partilha. Um cuidado que torna naturais as colaborações com outros artistas, evidente por exemplo na voz do brasileiro criolo em «Linha de Ferro», na versão de «A Pele Que Há em Mim» em dueto com JP Simões, em «Menina» e «Emudeci», em colaboração com Samuel Úria, em «Vai e Vem» com António Zambujo ou em «Pega em Mim», um dueto com Salvador Sobral.

Em 2019, Márcia iniciou uma digressão a solo pelo país, que foi interrompida em consequência da crise pandémica. Ainda assim, a cantora manteve-se junto do público e ofereceu um conjunto de atuações no Instagram, a improvisada e genuína Casa Forte, e assim que pôde voltou aos palcos a solo, com uma primeira atuação emotiva no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa.

Um concerto de Márcia tem sempre a magia de algo construído a muitas mãos, em que são tão importantes as que tocam como as que aplaudem e não mais do que as que se escondem nos bastidores. No dia 25 de setembro, a cantora estreia-se no Auditório Municipal acompanhada pela banda que carinhosamente designa como «os Márcia». Um formato de que já tem saudades.

Acompanhada por baixo, bateria, teclados e guitarras, a compositora que constrói uma relação muito simples e verdadeira com o seu público e tem um percurso musical irrepreensível terá oportunidade para alargar o repertório que tem tocado em 2020 e evidenciar a beleza de uma voz que brilha sem dificuldade em tons de ternura, mordacidade e intimismo. Uma música que evidencia a luz e esperança ainda possíveis no mundo, mas também o claro-escuro dos lugares íntimos e pessoais.


Márcia Facebook | Instagram | Spotify


Venda de bilhetes

- Na Ticketline.pt (reservas e informações 24 horas: 1820).
- No balcão de informações da Biblioteca Municipal do Seixal, de terça a sexta-feira, das 10 às 19 horas, e sábados, das 14.30 às 19 horas. A bilheteira do Auditório Municipal abre 1.30 horas antes de qualquer espetáculo e encerra 15 minutos após o seu o início.


Regras de utilização do Auditório Municipal de acordo com as normas da Direção Geral da Saúde


Fonte: https://www.cm-seixal.pt/evento/marcia
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android