Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
21:00 até às 23:00
Sessão Especial: OXALÁ, de António-Pedro Vasconcelos | Cinema Nimas

Sessão Especial: OXALÁ, de António-Pedro Vasconcelos | Cinema Nimas

Sessão Especial: OXALÁ (1980), um filme de António-Pedro Vasconcelos
Cópia Digital Restaurada, 4K 
Cinema Nimas, Lisboa
> Quarta-feira, 16 Setembro, 21h00
Projecção seguida de conversa com António-Pedro Vasconcelos e Paulo Branco

Primeiro filme produzido por Paulo Branco, presente na selecção oficial do Festival de Veneza em 1980, Oxalá é o terceiro filme de ficção de António-Pedro Vasconcelos. José Manuel Costa descreve-o assim: «É um filme lisboeta, de planos-sequência, câmara à mão, som directo, actores não profissionais, de que Fernando Lopes falou como “um imenso adeus aos nossos verdes anos.” “Nenhuma obra anterior [no cinema português] tinha aplicado tão convictamente a ‘gramática’ da Nouvelle Vague». Estreou-se em Portugal em 1981, no cinema Nimas, onde vamos (re)vê-lo, agora pela primeira vez numa nova cópia restaurada 4k.

«OXALÁ, é provavelmente a revelação mais importante do festival de Veneza fazendo surgir um novo realizador com ideias e originalidades.
O filme revela do princípio ao fim uma realizador com um talento invulgar.» Herald Tribune

«OXALÁ – um reencontro…
É, porventura, o primeiro filme depois do 25 de Abril a falar, sem os estereótipos conservadores do chamado cinema militante, de nós mesmos e das nossas realidades. Marta Reynolds revela-se uma presença rara no cinema português…» Augusto M. Seabra, Diário de Notícias

«Duma ‘naiveté’ desconcertante.
Este esforço de Portugal no sentido de um cinema de vocação internacional, é de encorajar…» France Soir

«Um estilo peculiar que lhe confere uma grande dignidade…» Paese Sera

«Um filme rodado com uma sensibilidade culta, que se ‘lê’ como as páginas de um romance.» Il Giornale

«OXALÁ impõe-se como obra artística amplamente original, marcado por um domínio dos instrumentos expressivos - tanto cinematográficos, como literários – duma extrema e eficaz sugestão.» L’Unità

«Vibra no filme uma melancolia desprendida, um cepticismo lúcido, que torna as imagens, simples e requintadas.» Il Messaggero

«OXALÁ é um filme notável.» Avanti

«É um filme sobre a esperança e desilusão de uma revolução ‘não acabada’ sobre os ‘se’ e os ‘mas’ de cada um de nós.» Il Mattino

«OXALÁ é de facto do melhor que nos chegou de Lisboa nos últimos anos e talvez o ponto de partida para um cinema português.
A novidade está na surpreendente agudez da execução, na precisão dos tons, na admirável maturidade de alguns intérpretes…» Giovanni Grazzini, Corriere della Sera

«O único testemunho cinematográfico de ficção sobre o Portugal de depois do 25 de Abril, e, particularmente, sobre as ilusões e apostas frustradas de toda uma geração…» Vicente Jorge Silva, Expresso



M/12

Bilhetes à venda

+ info: www.medeiafilmes.com
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android