Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
00:01 até às 23:59
Festa do Avante 2020

Festa do Avante 2020

A Festa do Avante 2020 irá decorrer entre 4 a 6 de Setembro na Quinta da Atalaia.

Para o programa deste ano encontram-se agendados os seguintes artistas na área da música:

Aldina Duarte
Anastácia Carvalho
Ana Laíns
Amália, Amor e os Poetas
Blasted
Camané e Mário Laginha
Capicua
Dead Combo
Dino D’ Santiago
Galo Gordo
Gerson Marta
Costa Neto
Luta Livre
Lena d’Água
Mão Morta
Marta Ren
Maria Alice
Model Mother Tongue
Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal e Ensemble Manuel Jorge Veloso
Peste & Sida
PTA Slowmo
Rosa Mimosa y sus Mariposas
Rogério Charraz
Stereossauro
Scúru Fitchádu
Uxu Kalhus
Vénus Matina
Xutos & Pontapés
Zebra Libra

Nesta edição da Festa do «Avante!», o Avanteatro cumprindo com as medidas sanitárias que a actual situação exige, assumirá a componente de teatro de rua. O Avanteatro apresentará aos visitantes da Festa do «Avante!» uma programação da qual constarão diversas expressões de teatro, a música, a poesia e a fusão de vídeo documental e conceptual com o circo.

Assim pelo Avanteatro vão passar:
- Boldie & Cloide, espectáculo musical que é viagem aos loucos anos 20 com a interpretação de
Cláudia Santos (cantora) e David Cruz (multi-instrumentista);

- Asas d’Areia, espectáculo/instalação do Teatro do Mar, uma fusão do vídeo documental e
conceptual com o circo, nomeadamente a arte do equilíbrio, com a interpretação de Douglas Melo e
Kátia Rocha, conceito e direcção de Julieta Aurora Santos;

- Toca e Mexe / Milho por Peixe, espectáculo musical para a infância e famílias, uma interpretação
de Arantxa Joseph e André Duarte com a direcção artística, dramaturgia e encenação de Giacomo
Scalasi;

- «A Abetarda», de João Monge, com encenação de Maria João Luís, pelo Teatro da Terra, com a
participação dos Toca a Rufar e de três coros alentejanos do Seixal, interpretações de Maria João
Luís, «Caixas de Guerra»;

- «Sómente», espectáculo poético que reflecte sobre a solidão da velhice, pelo Teatro Só
Encenação, dramaturgia e interpretação Sérgio Fernandes.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android