21:30 até às 22:30
André Henriques + Concerto Milha Perpétua | Gafanha Nazaré

André Henriques + Concerto Milha Perpétua | Gafanha Nazaré

Conhecemo-lo de outro lado, dos Linda Martini, mas é impossível ficar indiferente a este outro lado aqui. Sabemo-lo inteiro na escrita de canções, na forma como subverte os alicerces da música pop e o constante namoro que alimenta entre o fado e a canção portuguesa e as suas letras emotivas e contundentes. Em 2020, apresenta o seu disco de estreia a solo, Cajarana, com a produção do músico Ricardo Dias Gomes. Parte da palavra, como sempre, para um universo musical pleno de histórias. Diz que é um exercício de humildade, este de fazer canções simples sem cair na tentação de as limar e reescrever vezes sem conta. E depois acrescenta que este é um disco de impulso em que expõe toda a fragilidade das canções (e a sua?), como se elas exigissem o cuidado de quem escuta para não se partirem antes de chegar ao fim. Nós, já partidos à partida, na ansiedade de que este álbum seja uma das melhores facas de André Henriques, agora que partiu isto em dois.

M/6
€5,00
desconto de 20% grupos +10 pessoas, séniores +65 anos,
jovens até 17 anos, Cartão Jovem Municipal e Cartão Família

Concerto Milha
Este quarta edição da Milha, Festa da Música e dos Músicos de Ílhavo, acontece este ano num formato diferente do habitual, adaptando-se ao novo contexto de pandemia, mantendo os três dias em formato de festival, de 30 de outubro a 1 de novembro, mas dissolvendo-se também ao longo do trimestre, desafiando músicos ilhavenses a fazer os concertos de abertura de outros nomes presentes na programação do projeto. 

Perpétua

O Diogo, o Rúben e o Xavier conheceram-se numa escola de música na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, onde se iniciaria o percurso musical de cada um, bem como uma amizade que viria a ser a semente de onde germinaria a Perpétua. O Diogo viria a
conhecer a Beatriz no ensino secundário, e foi o gosto pela música que os fez manter contacto desde então. Com uma bateria marcante, um baixo cavalgante, guitarras afundadas em reverberação, uma voz suave e teclados que cosem tudo isto em paisagens sonoras imaginativas e frescas, é nos refrões “orelhudos” e nas melodias doces que marcam pela diferença, prometendo uma jornada sonora memorável, composta e pensada no dia a dia de um qualquer alguém. Pela impossibilidade de relatar aquilo que ainda não se realizou, a vida destes quatro feitos um pode apenas ser tida como algo por vir, como aquele dia solarengo por que se anseia sempre.
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android