Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
21:30 até às 23:30
Maria Anadon Latin Jazz Project | Ponte de Lima é Uma Surpresa

Maria Anadon Latin Jazz Project | Ponte de Lima é Uma Surpresa

Grátis
Ponte de Lima é Uma Surpresa
19 de Julho de 2020 - 22h00

Praça do Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima / Expolima

+ Música + Dança + Teatro + Circo

Maria Anadon – These Foolish Things

Entradas Gratuitas | Lotação Limitada a 300 Espectadores | Uso Obrigatório de Máscara | Ao Ar Livre e em Segurança

Os bilhetes poderão ser levantados, no dia 19 de Julho, no máximo de dois por pessoa, a partir das 17h00 na bilheteira da entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa.

Maria Anadon – These Foolish Things

Maria Anadon (Voz) e Victor Zamora (Piano) iniciaram em 2003 um trabalho conjunto em torno das suas raízes musicais, procurando sempre a diversificação de estilos. Como em qualquer projecto e após a maturidade do mesmo, sentiram a necessidade de alargar o conceito integrando Nelson Cascais (Contra-Baixo), Joel Silva (Bateria) e Gonçalo Sousa (Harmónica) aliando, assim, a recriação de velhos, mas sempre renovados, standarts com cores diferentes de sabor latino.
Nos seus espectáculos, sensualidade, doçura e sofisticação alinham-se numa harmonia perfeita, num misto de elegância e provocação.

Maria Anadon – Voz
Victor Zamora – Piano
Nelson Cascais – Contrabaixo
Gonçalo Sousa – Harmónica
Joel Silva – Bateria

Aquando da apresentação do These Foolish Things no Festival Kulturwerkstatt de Paderborn (Alemanha), nos finais de 2018, a crítica não poupou elogios à formação (tradução de Manuel Campos – Frankfurt/Alemanha):

O ardente Jazz das caves de Lisboa

"Concerto com Maria Anadon e seu quarteto, ponto alto da semana festiva na Kulturwerkstatt de Paderborn (Alemanha).
Paderborn – Os 30 anos de existência da instituição Oficina de Cultura – Kulturwerkstatt“ – de Paderborn foram festejados durante 6 dias.
Ponto alto dos festejos foi certamente o concerto da cantora portuguesa Maria Anadon, com o seu quarteto de Jazz latino, no sábado, no café local.
Convidada pelo Club de Jazz de Paderborn e pela Associação Cultural "Os Lusitanos“, a cantora de Jazz de puro sangue deixou vislumbrar no seu primeiro concerto na Alemanha algo da atmosfera existente no cenário de Jazz de Lisboa.
Antes de ela ocupar o palco com a sua voz sonora e vital, os três músicos que a acompanhavam começaram a preparar o público para uma noite de Jazz profissional. O chefe do trio instrumental é o pianista cubano Victor Zamora que, com o seu constante, rítmico e acentuado jeito de tocar o piano, garante, de forma contínua, a estrutura de apoio melódico da canção.
As suas introdutórias sequências tonais permanecem ao mesmo tempo decentes e expressivas, mas presentes em segundo plano, enquanto o baterista Joel Silva marca o ritmo de forma acentuada e subtil – em geral de forma não espectacular, mas com batidas cuidadosamente acentuadas das suas varas de percussão e suas vassouras giratórias.
O terceiro do grupo é Nelson Cascais, considerado um dos mais procurados baixistas portugueses do Jazz. Incansável, ele desliza as suas claramente dedilhadas linhas básicas, pelo braço do seu Contrabaixo. Dele retira sons de Swing e de Groove, para deleite de seus ouvintes.
Maria Anadon utiliza esta variável estrutura musical para fazer incursões pelo Jazz clássico, passando por títulos melancólicos do Swing, chegando até às formas latinas, com um sabor de folclore e cheias de temperamento.
Então ela torna-se a Diva do Jazz, que não canta só simplesmente as suas canções, mas também as interpreta com gestos e mímica. Quem a ouve cantar o título "What A Difference A Day Makes“ fica logo convencido de que o Amor transforma um dia normal em algo de especial. Isso é recompensado com contínuos aplausos de agradecimento."

Informações:
- Será elaborado e amplamente divulgado o Plano de Contingência do recinto e do evento Ponte de Lima é Uma Surpresa.
- A lotação máxima do recinto será de 300 lugares sentados, devidamente espaçados, podendo ser reduzida de acordo com a natureza do espectáculo.
- Será proibido assistir aos espectáculos em pé.
- Os bilhetes para acesso a qualquer um dos espectáculos do Ponte de Lima é Uma Surpresa são gratuitos, mas obrigatórios, não sendo permitida a entrada no recinto a quem não for portador de bilhete de entrada.
- Os bilhetes poderão ser levantados, nos dias correspondentes à realização de cada espectáculo, no máximo de dois por pessoa, na bilheteira do Teatro Diogo Bernardes, a partir das 10h00 e até às 17h30, de segunda a sexta-feira e a partir das 20h00 na bilheteira da entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa, também dois por pessoa.
- Para os espectáculos dos fins-de-semana, os bilhetes deverão ser levantados, nos dias correspondentes à realização de cada espectáculo, no máximo de dois por pessoa, na entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa, a partir das 17h00.
- Obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao recinto e às bilheteiras ( a lotação da bilheteira do Teatro Diogo Bernardes é de 1 pessoa).
- É obrigatória a medição de temperatura de todos os presentes, sem registo escrito, à entrada do recinto.
- É obrigatória a higienização das mãos à entrada no recinto.
- É obrigatório o uso de máscara por parte do público durante todo o tempo dos espectáculos.
- As portas abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e pede-se aos espectadores que compareçam mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- A abertura do recinto será antecipada para assegurar o acesso ao mesmo à chegada ao recinto, devendo os espectadores dirigir-se de imediato aos lugares indicados pelos assistentes de sala, cumprindo rigorosamente as instruções dos mesmos.
- Os acessos abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e os espectadores devem comparecer mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- A permanência nos locais de atendimento deve ser limitada ao tempo estritamente necessário à realização do atendimento.
- Os espectáculos terão início à hora marcada e a direcção e/ou produção poderá impedir o acesso ao recinto depois do início dos espectáculos.
- Existirão lugares juntos para 4 coabitantes, 3 coabitantes, 2 coabitantes e lugares individuais.
- Grupos de mais de 4 coabitantes terão que, obrigatoriamente, ser separados, cumprindo o previsto no ponto anterior.
- Existirá um espaço reservado a cidadãos com mobilidade reduzida e respectivos acompanhantes.
- Qualquer espectador que abandone o recinto só pode voltar ao mesmo com novo bilhete, caso haja disponibilidade, cumprindo, novamente, todos os procedimentos de segurança e sem garantia do lugar ocupado previamente.
- Os espectadores devem cumprir rigorosamente todas as instruções dos assistentes de sala, devidamente identificados e em nenhum caso poderão trocar de lugares ou deslocar-se pelo recinto sem motivo justificado.
- Nas instalações sanitárias, feminina e masculina, apenas serão permitidas duas pessoas em simultâneo, situação que será sempre controlada por um assistente de sala à entrada das mesmas.
- Não é permitida a entrada no recinto com garrafas de vidro.
- No final de cada espectáculo, os espectadores deverão, obrigatoriamente, permanecer sentados nos seus lugares até serem instruídos pelos assistentes de sala para abandonar o recinto, por local diferente da entrada, de forma disciplinada e respeitando o distanciamento físico.
- Não será permitida a permanência de espectadores no interior do recinto após o final dos espectáculos.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android