Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
15:00 até às 18:00
Roteiro das Olarias e Lagares ao Intendente – Mouraria

Roteiro das Olarias e Lagares ao Intendente – Mouraria

20.06.2020  (sábado) - 15,00H
Venha conhecer o Sítio das Olarias e Lagares da Mouraria, pequeno arrabalde de almoinhas (hortas) e do almocavar (cemitério dos mouros), onde se fixaram os artífices oleiros e dos lagares. Pelo caminho, vamos visitar a Ermida do Senhor Jesus da Boa Sorte e o património no Largo do Intendente Pina Manique.

14,45h - Encontro na Rua da Mouraria/Rua dos Cavaleiros - Largo Martim Moniz - Lisboa
15,00h - Inicio da Visita Guiada pelo património, vestígios, histórias e tradições das Olarias, Lagares e Largo do Intendente
15,30h - Visita à Ermida do Senhor Jesus da Boa Sorte – aberta especialmente para os participantes
17,30h - Lanche no Bairro da Mouraria

Inscrições e Informações: 217 264 179 ou 918 959 584; info@explore-latitudes.pt ou www.explore-latitudes.pt

Condições de Inscrição
- Valor do Roteiro - 15,00€  p/pessoa
(Incluído no Roteiro: Visita Guiada, Entradas Espaços, rádio guias, Lanche, Seguros para a actividade)
- Jovens até 18 anos - 10,00€
- Crianças até 10 anos - Gratuito; 
- Limite máximo de participantes, rigorosamente 20 Pessoas, reservado exclusivamente para a Explore Latitudes. Inscrição Obrigatória.

Declaração Estabelecimento SAUDÁVEL & SEGURO
Registo nº 549/2014 - EXPLORE LATITUDES EVENTOS CULTURAIS, LDA
- Formação a todos os colaboradores
Todos os Colaboradores receberam informação e/ou formação especifica sobre e protocolo interno e como cumprir as precauções básicas de prevenção e controlo de infecção relativamente ao surto de coronavírus COVID-19.
- Informação a todos os Clientes
Está disponibilizada a todos os clientes como cumprir as precauções básicas de prevenção e controlo de infecção e qual o protocolo interno relativo ao surto de coronavírus COVID-19.
- A empresa possui
Equipamentos de protecção (máscara) individual em número suficiente para os trabalhadores envolvidos nas actividades e protecção individual disponível para clientes (capacidade máxima dos grupos).
- O protocolo interno de limpeza e higienização garante
Fornecimento de higienizadores de mãos à base de álcool, sempre que se justifique, aos participantes nas actividades e higienização ou desinfecção dos equipamentos utilizados.
- A organização do serviço assegura
A manutenção da distância social de segurança e a limitação do n.º de entradas em espaços fechados aos participantes nas actividades, de acordo com as recomendações da Direcção Geral de Saúde.


Olarias, Lagares e Largo do Intendente
Na descrição no Dicionário da História de Lisboa: “Foi a existência de olarias, já da tradição luso-romana, depois continuada pelos mouros, que deu o nome ao sítio. D. Afonso Henriques, expulsando os mouros da cidade, destinou-lhes local para se fixarem fora de muros, a norte da Alcáçova, junto ao vale onde tinham um pequeno arrabalde, hortas e almoinhas e que veio dar origem à Mouraria. O Sítio das Olarias, um pouco mais a oriente e já na encosta dos montes da Graça e S. Gens, junto ao almocavar (cemitério dos mouros) foi, por certo, ponto de permanência de artífices de oleiros mouros e, pela riqueza em argila, local privilegiado para instalações de oficinas e suficientemente perto da área que lhes estava reservada para viverem”.
Em 1497, D. Manuel expulou os mouros e doou ao Município de Lisboa e ao Hospital Real de Todos-os-Santos, os terrenos do antigo “almocavar”, mandando arrasar muros e campos, e ordenando que se empregassem as pedras tumulares nas obras do hospital. Começou então a urbanização do sítio e a primeira rua edificada foi a “carreirinha” que ficava «detraz dos Lagares» como já é nomeado num documento de 1502. No entanto, no seu conjunto, formavam «o arrabalde novo da Mouraria onde estão os oleiros».

No Largo das Olarias fica a Ermida do Senhor Jesus da Boa Sorte, começada a construir em 1759 e terminada em 1764. A inscrição na fachada indica que “Esta ermida é da Irmandade dos irmãos da Boa Sorte e Via Sacra ano 1758.

O “Largo” era há muito conhecido pelo “Lardo do Intendente” em virtude de o “Intendente Geral da Polícia” Diogo Inácio Pina Manique ter construído o seu Palácio, existe entre outro património o Palácio do Visconde da Graça e edifício da Cerâmica Viúva Lamego com o seu singular revestimento azulejar.


EXPLORE LATITUDES EVENTOS CULTURAIS, Lda
NIPC 510 955 380 
RNAAT n.º 549/2014  
Membro Associação Turismo de Lisboa
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android