Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:00 até às 18:30
Pré-inauguração virtual «O Monumento a D. Pedro IV», em direto

Pré-inauguração virtual «O Monumento a D. Pedro IV», em direto

No dia 29 de abril, o Museu de Lisboa iria inaugurar, no Palácio Pimenta, a exposição «O Monumento a D. Pedro IV». Como, neste momento, tal não é possível, faremos uma pré-inauguração virtual em direto no Facebook do Museu com Paulo Almeida Fernandes, um dos responsáveis pelo projeto cientifico.


Com três cerimónias de lançamento de primeira pedra, três concursos públicos, duas demolições, várias comissões de gestão e outras tantas polémicas, a história do monumento a D. Pedro IV é complexa. Esta exposição, que integra as celebrações do bicentenário da revolução liberal de 1820, dá a conhecer o longo caminho percorrido até se chegar à versão final deste monumento de Lisboa com a altura de um edifício de nove pisos, que levou mais de 35 anos a ser erigido.

Para além de peças inéditas do acervo do Museu de Lisboa - caso dos testemunhos que foram colocados na base da estátua aquando da sua colocação, a 11 de abril de 1879 dentro de dois frascos que foram  descobertos em 2001 -, a exposição, que ocupa uma sala do Palácio Pimenta, é enriquecida com obras procedentes de várias instituições: Museu Nacional dos Coches, Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e  Arquivo Histórico do antigo Ministério das Obras Públicas. «A grande altura a que se encontra permite-lhe, simbolicamente, observar a Baixa Pombalina e visualizar, ao longe, o seu bisavô D. José I, rei que encarna um espírito absolutista, ao qual D. Pedro contrapõe a Carta Constitucional. A partir de 1870, o Rossio ganhou um cunho político que se opunha ao da Praça do Comércio», como referem os responsáveis pelo projeto científico Aida Nunes, Henrique Carvalho e Paulo Almeida Fernandes.

Com esta mostra, o Museu de Lisboa - Palácio Pimenta associa-se ao programa Relembrar a Revolução de 1820 - Liberdade e Cidadania, liderado pelo Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, e que marca o ano de 2020 com um conjunto alargado de iniciativas, ao qual se junta o programa municipal.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android