Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:30 até às 20:00
O Amor em Portugal na Idade Média, de Ana Rodrigues Oliveira

O Amor em Portugal na Idade Média, de Ana Rodrigues Oliveira

Lançamento do livro “O Amor em Portugal na Idade Média”, de Ana Rodrigues Oliveira.

O tema é inovador e o livro explora os costumes ligados aos relacionamentos amorosos na Idade Média, bem como as transgressões às normas estabelecidas e até as maleitas físicas e psicológicas associadas ao amor. 
Inclui casos amorosos de muitas figuras da realeza e não só. 


Sinopse

Em que consistiria o amor para o homem da Idade Média?
Que significado teria o casamento?
Envolveriam os casamentos medievais algum sentimento?
Estas são algumas das perguntas a que a historiadora Ana Rodrigues Oliveira responde ao longo de um livro fundamental para fazermos o retrato do amor no Portugal medieval.
A palavra «amor» era plural: abrangia o afeto, a amizade, o desejo, a paixão, o erotismo e a sexualidade (hétero e homo). Mas, na época medieval, o amor estava enquadrado na legislação civil e canónica: por um lado, a lei prescrevia quem se devia «amar» (e como) e, por outro, interditava práticas, pessoas, sentimentos e formas de amar. No entanto, não terá havido na História uma época tão fértil em adultérios e paixões extramatrimoniais quanto a Idade Média.
Ao longo deste livro, encontramos muitos amores proibidos e muitas ligações «perigosas», o que demonstra que a afetividade e a sexualidade não se conformaram com as austeras disciplinas impostas pela Igreja e pelo poder régio. A realidade do amor medieval (e da sexualidade) revela-se menos austera, menos reprimida e menos uniforme do que pensávamos.

 
Autora

Ana Rodrigues Oliveira é Doutorada em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e membro do Instituto de Estudos Medievais da mesma Faculdade, tem dedicado o seu trabalho de investigação à História Medieval (séculos XII-XV), em particular nos domínios da História Cultural e das Mentalidades.
Desenvolveu estudos nas áreas da Mulher, da Criança e do Quotidiano medieval e participou em vários seminários e congressos nacionais e internacionais.
Entre outros trabalhos, publicou As Representações da Mulher na Cronística Medieval Portuguesa, 2000 (tese de mestrado); A Criança na Sociedade Medieval Portuguesa, 2007 (tese de doutoramento); Rainhas Medievais de Portugal, 2010; «A criança», in História da Vida Privada em Portugal – Idade Média, 2010, e «A mulher», na mesma obra em coautoria; «Inês de Castro, uma vida em verso… até ao fim do Mundo», in Pedro e Inês – O Futuro do Passado, 2013; «Philippa of Lancaster: the Memory of a Model Queen», in Queenship in the Mediterranean, 2013; «A criança medieval: um ser inferior, indesejado e perturbador. Mito ou História?», in Representações do Mito na História e na Literatura, 2014; O Dia a Dia em Portugal na Idade Média, 2015; «D.Teresa de Leão e Castela – a que deu por casamento o Condado Portucalense», in Albergue, História e Património do Concelho de Albergaria-a-Velha, 2018; «Memory, Medicine and Childhood in Middle Age», in Imago Temporis, 13, 2019.
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android