21:30 até às 23:30
Projecção do filme Eduardo Galeano Vagamundo | Caldas da Rainha

Projecção do filme Eduardo Galeano Vagamundo | Caldas da Rainha

Grátis
O Grémio Caldense e a CoopCASA apresentam:

Projecção do filme Eduardo Galeano Vagamundo, com a presença do realizador Felipe Nepomuceno na antiga sede do PCP.

programa:
   20h | Jantar partilhado. 
            Reservas Encerradas
   
   21h30 | Projecção do filme
 
   23h00 | Sessão de leitura colectiva de textos de Eduardo Galeano 

ENTRADA LIVRE
___

Sobre o filme:

Sinopse: Após a morte do escritor, amigos, personagens e leitores ao redor do mundo realizam uma homenagem com leituras de sua obra. Nasce um documentário, uma utopia. Um filme dos abraços, para o maior contador de histórias da América Latina.
 
Direção: Felipe Nepomuceno.
Produção Executiva: Tereza Alvarez.
(2018)

Trailer: https://vimeo.com/223164778
 fb: www.facebook.com/EduardoGaleanoVagamundo
 Instagram: instagram.com/nepomucenofilmes 

__

Sobre o realizador:
http://felipenepomuceno.com/
instagram.com/nepomucenofilmes/

__

Sobre Eduardo Galeano

"Eduardo Galeano (1940-2015) – «inimigo da mentira e da indiferença», segundo John Berger – notabilizou-se como um dos mais apaixonados activistas e escritores latino-americanos. Nos cafés de Montevideu, despertou para o «arco-íris da humanidade», para o colorido das gentes e dos pequenos gestos, e aprendeu a escutar a dignidade das vozes das ruas.

Com um percurso intensamente político, Eduardo Galeano foi, nos anos 60, editor do mítico Marcha, principal jornal de esquerda uruguaio, e, se sonhara ser jogador de futebol em criança, cedo se tornou um ponta-de-lança dos oprimidos e dos sem-voz, fintando o silêncio a que estavam condenados. A publicação de Veias Abertas condenou o autor à prisão e forçou-o ao exílio na Argentina, onde esteve nas listas dos esquadrões da morte, e em Espanha. A sua voz alimentou o fogo de movimentos contestatários, ecoou entre o nevoeiro do Chiapas, em 1996, e entre os indignados de Madrid, em 2011.

Na sua obra premiada, alheia a géneros, destacam-se a trilogia Memória do Fogo (1982-86), O Livro dos Abraços (1989), As Palavras Andantes (1993), Espelhos (2008) e Mulheres (2015)."

https://antigona.pt/collections/eduardo-galeano
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android