Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
18:30
Épico de Gilgameš

Épico de Gilgameš

O que identificamos hoje como “Poema de Gilgameš” é uma rapsódia composta em acádio, a língua falada na Babilónia, a partir de materiais poéticos, narrativos e cerimoniais que, durante um milénio, andaram dispersos pela tradição oral ou foram parcialmente fixados em escrita nas escolas escribais do mundo sumero-babilónio. O seu autor presumível foi o escriba e exorcista Sin-leqe-unninni (Ó lua, acolhe a minha prece”), que terá vivido por volta de 1200 a. C.
O poema divide-se em doze “tábuas” ou “jornadas” que contam os feitos e os reveses de um lendário rei sumério, Gilgames, na sua busca da imortalidade. O poema terá produzido no mundo pré-clássico e nas civilizações do Próximo Oriente uma impressão profunda: tornou-se o primeiro texto da história da literatura a ser massivamente traduzido e adaptado localmente; inspirou príncipes e soberanos, tal como, mais tarde, a Ilíada viria a inspirar Alexandre, o Grande; foi talvez o primeiro texto a circular amplamente fora das bibliotecas templárias e estatais e a suscitar a produção de cópias para a leitura e o lazer domésticos. Traz-nos, do fundo dos tempos, a invenção da “personagem literária” e a primeira articulação em língua humana do amor e da mortalidade.
Francisco Luís Parreira fundou e dirigiu a licenciatura de Artes Performativas e Tecnologias da ULHT e a licenciatura de Artes Dramáticas – Formação de Atores da ULP (Universidade Lusíada). As suas áreas de ensino, produção e publicação académica são as artes performativas, as artes cénicas orientais, a teoria política e a teoria da cultura. Como autor e dramaturgo, tem colaborado com diversas companhias e instituições artísticas nacionais. Publicou poesia e teatro. É guionista, artista plástico e crítico literário. Traduziu, para a cena ou para edição, entre outros, Beckett, Büchner, Yeats, Bernhard e Pinter. Francisco Luís Parreira, que assina a tradução de “Épico de Gilgameš”, é o nosso convidado para dirigir a sessão do Clube de Leitura Teatral, iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros. Acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia.

Local TAGV
Épico de Gilgameš
Tradução Francisco Luís Parreira
Leitura dirigida por Francisco Luís Parreira
Coordenação Clube de Leitura Teatral António Augusto Barros, Fernando Matos Oliveira
Coprodução A Escola da Noite, TAGV
Iniciativa integrada no LIPA — Laboratório de Investigação e Práticas Artística
Inscrições para leitores clube.leitura.teatral@gmail.com


Fonte: https://tagv.pt/agenda/epico-de-gilgames/
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android