Fechar Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
15:00 até às 18:00
Roteiro Bairro Madragoa – a sua origem, as culturas, a história

Roteiro Bairro Madragoa – a sua origem, as culturas, a história

21.09.2019 (sábado) – 15,00H
A Madragoa é um bairro popular de Lisboa, junto à foz do Tejo, cujo nome deriva da presença em tempos do Convento das Madres de Goa. Venha conhecer um dos bairros mais antigos e populares de Lisboa, o seu património e as gentes que deram origem ao bairro.

15,00h – Encontro em Frente Chafariz da Esperança – Rua da Esperança – Santos – Lisboa
15,15h – Inicio da Visita Guiada pelas histórias, tradições e património do Bairro da Madragoa
17,30h – Lanche no Bairro da Madragoa

Inscrições e Informações: 217 264 179 ou 918 959 584; info@explore-latitudes.pt ou www.explore-latitudes.pt

- Condições de Inscrição -
Valor do Roteiro – 15,00€ p/pessoa
(Incluído no Roteiro: Visita Guiada, Entrada nos Espaços, rádio guias, Lanche, Seguros para a actividade)
Jovens até 18 anos – 10,00€
Crianças até 10 anos – Gratuito
- Limite máximo de participantes – 30 Pessoas, reservado exclusivamente para a Explore Latitudes.
- Obrigatório Inscrição.

BAIRRO da MADRAGOA
A lenda conta que o bairro nasceu dos milhares de grãos de areia que as gaivotas transportaram para ali. A origem do nome perde-se no tempo. Há quem afirme que a palavra corresponde ao apelido de uma fidalga madeirense “Mandragam” ou que vem de “Madre de Goa”. Antes do terramoto, no século XVIII, o bairro tinha o nome de “Moçambo” e não era mais do que uma pequena póvoa habitada essencialmente por pessoas de origem africana.
No passado, parte da Madragoa foi um aglomerado de conventos e palácios, onde viveram as Trinas, as Bernardas ou as Inglezinhas. Mas foram os trabalhadores que deram vida ao bairro. Entre os séculos XVlll e XlX, a população sofreu grandes alterações. Nessa altura, veio para Lisboa muita gente da região da ria de Aveiro, em especial de Ovar (e daí derivará a designação de varinas, a partir de ovarinas), de Ílhavo e da Murtosa. Comercializavam legumes frescos e peixe. Posteriormente, grande parte destas pessoas optou por ficar na Madragoa. Na maioria, eram casais de pescadores e varinas. Era habitual ouvi-las apregoarem o peixe de canastra à cabeça.
O poeta Filinto Elísio terá nascido na Madragoa, filho de um destes casais, de origem ilhavense.
Sempre foi um local de cruzamento de raças e culturas diferentes, sem distinção, albergava os negros que amanhavam os campos e dava abrigo aos pescadores que fainavam no rio, e, na memória dos mais velhos, ainda ecoa o pregão das varinas.


EXPLORE LATITUDES EVENTOS CULTURAIS, Lda
NIPC 510 955 380
RNAAT n.º 549/2014
Membro Associação Turismo de Lisboa
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android