Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirmem junto dos promotores se estes vão ocorrer.
N/D
Exposição | A universalidade de José Agostinho

Exposição | A universalidade de José Agostinho

Conferência - José Agostinho: análise da sua obra geológica,

por Victor Hugo Forjaz


Data: 30 de maio

Hora: 18:00

Local: Biblioteca Pública e Arquivo regional Luís da Silva Ribeiro

Público-alvo: Jovens e adultos


A Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro realiza uma conferência sobre José Agostinho, figura incontornável da Ciência e da Cultura açoriana, nacional e internacional, com um percurso biográfico como humanista e como cientista durante o século XX. Estas facetas, bem como a sua obra geológica serão abordadas na Conferência de inauguração da exposição intitulada A universalidade de José Agostinho.


Victor Hugo Forjaz, professor e investigador, ingressou em 1981 na Universidade dos Açores, na qual durante 15 anos dirigiu o Departamento de Geociências. Manteve vínculo à Universidade até 2010, ano em que se jubilou na categoria de professor catedrático. Desde então, dirige o Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, Centro de Ciência que desenvolve atividade de investigação aplicada e de divulgação científica na área da Vulcanologia, da Sismologia e da Geotermia.

Fez a sua licenciatura em Ciências Geológicas, pela Faculdade de Ciências de Lisboa, doutorado em Vulcanologia de Engenharia e Agregado em Geotermia pela Universidade dos Açores. Tirou as especialidades em Riscos Geológicos e Vulcanológicos (US Geological Survey) e em Ciências Geotérmicas (Pisa, Itália).

Em 1976, fixa-se na Ilha de São Miguel, a convite da Junta Governativa, onde instalou laboratórios modernos de investigação científica. Colaborou na instalação do Instituto Universitário, depois Universidade dos Açores. Foi diretor do Projeto Geotérmico do Vulcão do Fogo, Coordenador do Projeto “Furnas - Vulcão Laboratório Europeu” e da RUVS - Rede Universitária de Vigilância Vulcânica e Sísmica, base do Sistema de Vigilância Geológica do Arquipélago dos Açores.

Co-fundador da International Society of Planetology e fundador do Instituto de Geociências dos Açores. Em 1985, foi co-fundador do Centro de Vulcanologia do INIC (Instituto Nacional de Investigação Científica). Co-representante nacional na Rede Europeia de Vulcanologia da European Science Foundation).

Ao longo dos anos, efetuou missões científicas aos vulcões na Europa continental, Islândia, América do Norte e Central, Alasca, México, Antilhas, Hawai, Indonésia, Filipinas, Japão, Itália, Grécia, Canárias e URSS. Foi e é um estudioso apaixonado da erupção submarina do Vulcão dos Capelinhos, na Ilha do Faial, e da Serreta, na Ilha Terceira.

É sócio correspondente da Academia de Ciências de Lisboa e da Academia de Marinha. É laureado pela Academia de Ciências de Moscovo e pelo Laboratório de Vulcanologia da Universidade de Paris. Foi-lhe atribuída a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique (Descoberta e Inovação).

É autor de mais de uma centena de títulos publicados, incluindo artigos em revistas da especialidade, relatórios e peças cartográficas diversas.


Fonte: http://www.culturacores.azores.gov.pt/agenda/default.aspx?id=32597
Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android