16:00 até às 23:59
Feminismo e Arte Urbana - Debate e Concerto

Feminismo e Arte Urbana - Debate e Concerto

FEMINISMO E ARTE URBANA é um evento de convivência, em 2 dias, sobre a temática.

No dia 30 de Setembro, inicia-se com um debate sobre "Como a mulher é pensada no espaço Urbano".
Às 16h00, na República Ninho dos Matulões, com as debatedoras Samantha Muleca 
(Designer,rapper, grafiteira e skatetista) e Cintia Ataliba (doutoranda em Arquitetura Urbana, 
com foco na perspectiva do espaço para as mulheres na cidade) e a mediadora Carolina Moreira
(UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta).

Seguido de um concerto com Samantha Muleca e Pi, às 21hs. 

Samantha Almeida ou Muleca XIII, faz Graffiti e Rap desde 2006. É carioca, ativista 
do movimento feminista e não sexista e participa do coletivo de artistas Comando Selva. 
Autodenomina-se "Ambulante Cultural" pelas ações culturais que realiza e apoia pelo Brasil 
e outros países. Desde 2014 Muleca mora em Lisboa, onde conclui este ano a Licenciatura em Design no 
IADE Creative University. É integrante das crews de graffiti Nova Dezordem, Coletivo Natural e 
TheMentes, e na Europa atua na expansão do coletivo como Euro Selva e recentemente no grupo de 
Rap Turistas de Guerra.


Pi (π) é um número irracional não sendo possível de defini-lo. Como o ser humano necessita se adequar 
a padrões e definições, costuma-se aproximá-lo ao número 3,14. No hip hop, Pi é uma rapper de Abrantes,
que pode ser traduzida como Ponto de Interrogação. A definição poderá vir a partir de ti no concerto!

No dia 01 de Outbro, em frente à Real República Baco, será guiada e realizada a produção de
um mural com oficina de graffite pela Samantha.Iniciando-se às 16h00.
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android