14:00
MEXE | 23 Setembro

MEXE | 23 Setembro

Grátis
*É obrigatório o levantamento de bilhete (máximo 2 bilhetes por pessoa) nos espaços onde as ações se realizam. A bilheteira estará disponível apenas uma hora antes do inicio das apresentações.

______________________________________
MANIFESTAÇÕES 
Teatro do Frio

16h30 – 19h30 • Fontaínhas
Performance • Portugal/Brasil • Estreia • Entrada gratuita

Uma sombra. Uma mesa de café. O lancil de um degrau. Lugares de encontro para um possível diálogo entre dois desconhecidos. Falar. Agir com e sobre a palavra, projetar campos de ação, desejo e imaginação. Falar com um desconhecido em espaço público–construir possibilidades, regenerar o espaço público enquanto lugar de encontro com o que nos é desconhecido. Durante 4 dias, um conjunto de atores, caminhará pelo bairro das Fontaínhas, inspirado por um glossário de ideias, procurando dialogar sobre elas, construindo em cada cruza- mento um campo de ação, ressignifificação e reescrita, numa relação íntima e irrepetível de 1 para 1. Durante 4 dias, após a deriva diária, o elenco chega ao espaço da performance, onde em tempo real e em jogo performativo, ante a presença do público, atualiza em ação e relação performática, o glossário das ideias iniciais a partir dos encontros tidos, permitindo que um outro texto plural, polifónico e polissémico se manifeste e se reescreva.

______________________________________
CLASSE DO JAIME 
Susana Domingos Gaspar 

19h30 • Teatro Municipal do Porto.Campo Alegre 
Dança • Portugal 
Bilhetes em: https://www.teatromunicipaldoporto.pt/pt/programa/susana-domingos-gaspar-classe-do-jaime/?categoria=danca

Na região de Santarém, existe um sociolecto, criado com a função de proteger e estimular as trocas comerciais dos vendedores de mantas de Minde. No Linguajar Típico de Minde, não existe tradução para Dança, mas para baile existem duas: O-do-Barreiro e Classe do Jaime. CLASSE DO JAIME foi criada em 2018, com a Bolsa de Criação Filhos do Meio da Associação Materiais Diversos. É um trabalho de par, a partir das danças tradicionais da Serra D’Aire e Candeeiros. Uma bailarina e um músico vão ao encontro de vários grupos, para uma prática continuada deste tipo de repertório. Nos subterrâneos do trabalho estiveram perguntas lançadas de um lado para o outro, que convocam para a composição temas como o género, o erotismo e o peso. 
O que pergunta a dança tradicional à dança contemporânea?

______________________________________
UNEARTHING QUEER ECOLOGIES (Desenterrando Ecologias Queer)
Amy Reid

21h00 • MEXE Praça (Jardim de São Lázaro)
Música • Estados Unidos da América • Estreia nacional • Entrada gratuita

UNEARTHING QUEER ECOLOGIES é um projeto de arte sonora áudio/visual que utiliza biologia e tecnologia para revelar imagens e sons da vida vegetal em crescimento para além do âmbito da visão e audição humanas. O título refere-se ao termo Queer Ecology que a teórica Catriona Sandilands descreve como “reconhecendo que as pessoas consideram frequentemente a natureza em termos de noções dualistas como “natural e não natural”, “viva ou não viva” ou “humana ou não humana”, quando na realidade, a natureza
existe num estado contínuo”. O projeto presta homenagem a esta ideia, documentando de forma sonora e visual o crescimento de lavanda, amores-perfeitos e cogumelos; plantas que foram consideradas “queer” pela cultura e organismos que são “queer” na própria natureza do seu ADN.

______________________________________
MEXEZINE 
+Aparições Improváveis

22h • MEXE Praça (Jardim de São Lázaro)
Pensamento • PT • Entrada gratuita

Na sua segunda edição, a MEXEzine reafirma a importância do lugar das palavras sem preconceitos, desafiando o encontro de pessoas, ideias, tendências, identidades... distintas, sem categorizar. A MEXE-zine é, assim, um lugar de encontros e de desejos, numa extensão simultaneamente documental e fugaz de todo o MEXE em 2021. Este ano, aventura-se na procura do que resta de humano em nós, sempre num plural que tem em vista a ideia de construção de comunidade, onde as artes participam com fulgor e relevância indispensáveis, tão fundadas no real quanto no especulativo e na imaginação.

______________________________________
EIRPAC
Encontro Internacional de Reflexão sobre Práticas Artísticas Comunitárias
“O Risco no Contemporâneo”

Programa completo em: mexe.org.pt

14h00-17h30 • Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto 
Pensamento

Uma co-organização entre o Centro de História da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora (CHAIA-UE), o Centro de Investigação e Intervenção Educativas da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (CIIE-FP- CEUP), a Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Politécnico do Porto (ESMAE - P.Porto), o Instituto Politécnico de Lisboa (IPL), o Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (i2AD-S-FBAUP), o Laboratório de Paisagens, Património e Território da Universidade do Minho (Lab2PT-U-Minho), representantes de duas universidades brasileiras, a PELE e o MEXE.
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android