N/D
Luz no Património - 3 espaços, 3 perspetivas, 3 viagens [Eixo Cultural A25]

Luz no Património - 3 espaços, 3 perspetivas, 3 viagens [Eixo Cultural A25]

“Luz no Património – 3 espaços, 3 perspetivas, 3 viagens”

Dias: 23 e 24 de setembro

Jardim José de Lemos; Torre dos Ferreiros e Passo do Biu

Hora: das 21h00 às 01h00

Artista Curador: Manuel Borges

Artistas convidados: David Negrão, Catarina Bandola, Alexandre Bandola e Nuno Paula

Eixo Cultural A 25 – Rede de Criação e Programação, iniciativa dos Municípios de Aveiro, Viseu e Guarda tem como objetivo, entre outros de meritória importância, a criação de atividades que visam a promoção, divulgação e partilha do património existente neste eixo, ou a ele associado, através da criatividade de artistas locais que, utilizando as mais modernas abordagens artísticas, criam verdadeiros momentos de partil­ha e de fruição cultural, artística e sensorial.

É sabido que o património cultural, além de testemunha e presença identitária de um povo, uma cidade, um lugar é, ainda, portador de sentido de coesão e convergência entre os membros da sociedade.

Na Guarda, como nas outras cidades, existem diversos bens imóveis e monumentos, geradores de um património cultural local que, “escrito” por gerações precedentes, testemunham a sua história. É a identidade de cada cidade evidenciando os seus particularismos.

Sendo a escolha da organização da temática a desenvolver na Guarda, a Judiaria do Centro Histórico da Guarda (Passo do Biu), entendemos que seria importante alargar intervenção criativa a outros espaços que têm entre si um fio condutor no património histórico cultural edificado na Guarda.

Incluímos, assim, mais dois espaços, um deles o Jardim José de Lemos que consideramos de interesse pela sua localização, sendo zona de passagem e também pelo seu valor paisagístico, as suas características já de si, orgânicas e naturais, mas também intensionalmente desenhadas, são o palco ideal para que consiga criar um ambiente totalmente imersivo e mágico. O outro espaço proposto é a Torre dos Ferreiros, que consideramos também um ponto estratégico de ligação entre as instalações do Jardim e do Paço, para além do seu valor histórico e arquitetónico, que permitem criar igualmente um espaço imersivo e tirar partido da sua verticalidade, para enfatizar a conexão entre o céu e a terra.

Valorizar este património, utilizando a luz, o vídeo, o som e os efeitos especiais, como elementos centrais, proporcionando novos percursos de interpretação de símbolos comunitários e identitários, na medida em que se assume a reflexão sobre as arquiteturas físicas das cidades, não só dos edifícios ou monumentos e espaços físicos, mas da apropriação que se promove dos mesmos, quotidianamente, pelas vivências das suas comunidades residentes.

Fonte: http://www.mun-guarda.pt/agenda/luz-no-patrimonio-3-espacos-3-
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android