N/D
Sentimento de Indignação

Sentimento de Indignação

Horário: 10h30 e 14h30

A obra Ao Povo Alentejano (1980), representa um corpo morto, com o braço caído. O artista pintou esta tela na fase de desocupação da reforma agrária, quando a Guarda Nacional Republicana, interveio de forma brutal e acabou por assassinar dois jovens trabalhadores agrícolas. Considerando o núcleo sobre Jorge Pinheiro, cuja obra evidencia uma fortíssima dimensão política e intervenção social, os participantes serão convidados a desenhar numa cartolina A4, um episódio marcante (politico, social, desportivo, outros), que tenha originado indignação, atribuindo um título e redigindo um pequeno comentário.

Público-alvo: sénior; jovens dos 10 anos em diante, famílias.
Acessível a públicos com deficiência física, incapacidade motora.

No âmbito da exposição “Representações do Povo”, patente no Museu do Neo-Realismo até 10 de abri’ 22, decorre um vasto programa educativo de onde se destacam visitas guiadas, oficinas e workshops, em torno das várias temáticas e autores representados naquela exposição, e que se destinam a diferentes tipos de públicos.
Sendo a participação nestes eventos gratuita, carece de inscrição prévia junto do Museu do Neo-Realismo.

Informações e inscrições nas Oficinas Educativas:
Telefone: 263 285 626
E-mail: museudoneorrealismo@cm-vfxira.pt
Limite de participantes: 8 pessoas (de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde)

Fonte: https://www.cm-vfxira.pt/saber-lazer/eventos/evento/sentimento-de-indignacao-5
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android