21:30 até às 23:00
Conversa sobre um projeto fotográfico_Júlio de Matos

Conversa sobre um projeto fotográfico_Júlio de Matos

"Casas de Brasileiro: um registo de afetos" 
de Júlio Matos

O meu primeiro contacto com Casas de Brasileiro, e a primeira casa que fotografei neste projeto foi O Palacete da D. Chica, fica perto da minha terra natal, Braga. Era opinião na época de ser de um gosto duvidoso novo-rico. Eu povoava-o com cavaleiros e personagens míticas.
Este projeto fotográfico levantou-me alguns problemas conceptuais. Será a Arquitetura fotografável? Ou apenas documentável, ou apropriável pela fotografia? A fotografia de arquitetura, subordina o objeto arquitetónico a uma imagem. Quando um fotógrafo impõe a sua visão/compreensão a um objeto arquitetónico, apropria-se dele.
A Arquitetura não é fotografável! A emoção do espaço provocada pela relação espaço-tempo materializada em múltiplos, infinitos percursos, não existe fora desse espaço. O percurso arquitetónico é a forma de compreender a Arquitetura. A visualização da ausência é uma forma de sobrevivência: imaginamos o que a fotografia não consegue mostrar. A Fotografia e a Arquitetura partilham diversas intenções, plano, volumes, distâncias, e antes de tudo a Luz. A Luz é a matéria em movimento, é o tempo. Fotografar é segmentar o tempo na superfície do registo. Nessa impossibilidade de registar a essência, resta-nos um retrato que alia a forma á expressividade. O conhecimento e os sentires: a fotografia é antes de tudo um olhar.
A cor neste corpo de imagens, intui uma evocação, em tons de um pretérito. País imaginário e ficcional, evocando os trópicos. A erosão ou a boa conservação das casas reforça essa impressão. A ficção é apenas a síntese e o sentido que agora lhe damos. A Casa de Brasileiro é antes de tudo uma lição de afetos.

- Júlio de Matos

Exposição patente no Museu de Lamego, integrada da segunda edição do Ciclo de Fotografia de Lamego e Vale do Varosa 2021.


Transmissão direta:
LIVE do facebook
ZOOM
Entrar na reunião Zoom
https://us06web.zoom.us/j/82224169783...
ID da reunião: 822 2416 9783
Senha de acesso: 426158

NOTA BIOGRÁFICA
 
Desde que me lembro, a fotografia construiu-me, e tornou-se a minha janela privilegiada para “Ver” o Mundo...
Participei no Industrial Design Workshop 74 com Gerald Gulotta do Pratt Institute de Brooklyn, NY, USA. Em 1976 licenciei-me em Arquitectura pela ESBAP/UP. Fui bolseiro Fulbright pelo ITT International Fellowship Scholarship Program, para estudos de pós-graduação MFA in Photography as a Fine Art, RIT - Rochester Institute of Technology, USA, 1979/81. 1980/81 Graduate Assistant em History of Aestetics of Photography. Fundei o Curso Superior de Fotografia na Cooperativa de Ensino Superior Artístico Árvore, Porto, 1982.  Membro de diversos júris de fotografia. Comissariei exposições e instalações. Expus na Europa, Ásia, América do Norte e Sul. Presente em Colecções Nacionais e Internacionais. Diversas Publicações e Livros. Projectos recentes:  Ta Prahom, A Memória do Mundo; Porta do Paraíso - Manikarnika Ghat; Fading Hutongs; Casas de Brasileiro; Flat Water; Y Deolinda Correa se murrio de sede; Journey to Santa Fe, Crónicas de Ronci”.  E em 2018 “Caminho que Somos”.
Nestes tempos que hão de perdurar na História, a Fotografia vive... 
 www.juliodematos.com
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android