N/D
Agenda Cultural_fim de semana

Agenda Cultural_fim de semana

Maia – Agenda Cultural

UMA ROMARIA DE ATIVIDADES CULTURAIS

Não fosse a pandemia e o próximo fim de semana seria de romaria à Nossa Senhora do Bom Despacho, nas já tradicionais Festas da Maia. Não há romaria à padroeira da Maia, mas há romaria de atividades culturais. Com a chancela “sorrir seguro” pode visitar a XV Feira do Livro da Maia, num espaço funcional e atrativo, com cerca de 30 atividades culturais, mais de 40 editoras presentes, distribuídas em 20 stands, com descontos que agradam a todos. O programa cultural tem atividades para todos os gostos e idades, mas privilegia os mais pequenos com várias sessões de contos e espetáculos de teatro e música. Na Feira do Livro da Maia estará, no final de tarde do próximo Domingo, Alfredo Cunha em sessão de autógrafos de “O Livro da Maia, fotografias de Alfredo Cunha”, que tem as sempre surpreendentes fotos deste consagrado fotojornalista em exposição nas Galerias do Fórum da Maia, que pode visitar gratuitamente. E porque uma romaria tem que ser para todas as idades, Domingo, o Fórum da Maia recebe mais uma sessão dupla da espetacular “Orquestra para Bebés” dirigida pelo sempre dinâmico e alegre Maestro Samuel Santos. Romaria em Família é no Museu, onde para além da didática exposição sobre os “500 Anos do Foral da Maia”, este sábado é dia do workshop de artes plásticas "Este Foral não é Meu", oficina desenvolvida em Família e que servirá de complemento às visitas guiadas às exposições do Museu. Também para conhecer mais sobre a história da Maia, está patente na Galeria do Maia Jardim uma exposição sobre as "Quintas da Maia". Uma visão da Maia, do que foi e do que ainda é. Do urbanizado e populoso concelho de hoje, ao território de feição agrícola, de gente dispersa e pouco povoado de outrora. Uma viagem sobre as antigas quintas que desapareceram e as que ainda resistiram até aos nossos dias.

FÓRUM DA MAIA

Até 22 de agosto
Fórum da Maia
“O Livro da Maia – exposição fotográfica de Alfredo Cunha”

A exposição “O Livro da Maia – exposição fotográfica de Alfredo Cunha” está patente até 22 de agosto, nas Galerias do Fórum da Maia, com entrada gratuita, de terça a Domingo no horário 10h00 – 22h00.
“Este “Livro da Maia- 2021” traz-nos uma narrativa fotográfica da Maia no ano de 2021. Uma narrativa da nossa realidade – num tempo difícil, concreto e específico - vista, sentida e apreendida por um dos maiores vultos da fotografia portuguesa, Alfredo Cunha, que dispensa encómios, já que a sua extensa obra fala por ele.
Uma narrativa, um testemunho multifacetado, que autor-fotógrafo-artista teve toda a liberdade em construir e que resulta do seu génio, sensibilidade, inteligência, técnica e talento.
É um “olhar para dentro” protagonizado por “alguém de fora”, despido de qualquer preconceito ou guião-prévio. O resultado é surpreendente. Surpreendente para todos os que são de fora (como o autor é) e folhearão este livro e sobretudo surpreendente para todos os que sendo de dentro, nunca viram o dentro a que pertencem com esta perspetiva.
Assim, o mérito evidente deste “Livro da Maia - 2021”, não assenta apenas na qualidade excecional das fotografias, na qualidade da paginação ou da impressão (que são notáveis), mas também – e sobretudo – na sua já referida capacidade de surpreender, de espantar, de fazer pensar e levar a questionar, quem da Maia nada sabe e quem da Maia tudo, ou quase tudo, julga saber.”, Mário Nuno Neves, Vereador do Pelouro da Cultura e do Planeamento Territorial.

O livro está venda na Biblioteca Municipal da Maia e na Feira do Livro da Maia pelo valor de 30,00€.

Domingo, 11 de julho, 18h00
XV Feira do Livro da Maia – Praça do Fórum da Maia
“O Livro da Maia, fotografias de Alfredo Cunha” – SESSÃO DE AUTÓGRAFOS

Alfredo Cunha, estará na Feira do Livro da Maia, no próximo Domingo, 11 de julho em sessão de autógrafos, agendada para as 18h00, de “O Livro da Maia, fotografias de Alfredo Cunha”.

Domingo, 11 de julho de 2021
Grande Auditório do Fórum da Maia
“ORQUESTRA PARA BEBÉS”

Depois do sucesso da 1ª edição, a Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia, em colaboração com a Escola de Música Maestro Samuel Santos, promove novo ciclo da Orquestra para Bebés, entre 6 de setembro de2020 e 11 de julho de 2021.
A Orquestra para Bebés é um espaço de interação entre pais e filhos num ambiente artístico controlado e orientado sob os mais criteriosos requisitos pedagógicos no tocante à introdução do ensino da música em tão tenra idade.
É um momento privilegiado de profundo envolvimento emocional e afetivo que percorre todo o espectro da definição de música e introduz de forma lúdica e equilibrada os elementos necessários para despertar a musicalidade. Contribui para um maior interesse pela cultura e pelo futuro, preparando a criança para identificar o respeito pelo outro, a ordem, disciplina, memória, inteligência e o gosto, numa simbiose de expressão corporal e descoberta dos sons, emoções, gestos e formas que aproximam filhos e progenitores de maneira prática e divertida.
Aplicando os mais recentes métodos da psicologia da educação os bebés iniciam a sua vida tendo contacto com a arte num complemento por excelência ao seu desenvolvimento. As crianças vivenciarão esta aprendizagem incorporando o ambiente destinado a artistas em pleno palco do Fórum da Maia numa excecional atividade dinamizada pelo próprio Maestro Samuel Santos.
A Orquestra para Bebés é parte integrante desta aventura que é a “vida” que este ano em particular assinala os 500 anos da atribuição da carta de Foral à cidade da Maia.

Público alvo: Dos 6 meses aos três anos e meio.
1ª. Sessão: 10h – 11h
2ª Sessão: 11h30 – 12h30
Limite: 12 bebés
Preço: sessão: bebé + dois adultos: 10 €

Informações bilheteira:
O bilhete é válido para o bebé e dois acompanhantes.
Os bilhetes apenas podem ser adquiridos na bilheteira online e até às 24h do dia anterior à realização do espetáculo.

Esta atividade respeita todas as orientações da DGS para eventos deste género.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DOUTOR JOSÉ VIEIRA DE CARVALHO

Até 12 de julho, 10h00 – 23h00
Praça do Fórum da Maia
XV Feira do Livro da Maia
De 3 a 12 de julho a Praça do Fórum da Maia recebe a XV Feira do Livro da Maia. Num espaço funcional e atrativo, com cerca de 30 atividades culturais, mais de 40 editoras presentes, distribuídas em 20 stands, com descontos que agradam a todos. O programa cultural tem atividades para todos os gostos e idades, mas privilegia os mais pequenos com várias sessões de contos e espetáculos de teatro e música.
Mais info: tel.+ 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt
Lotação limitada à capacidade do espaço seguindo orientações da DGS.
Programa completo: https://bit.ly/3hsw65l
Até 24 de julho
Exposição
“Para que servem os livros…”
Para que servem os livros? Para ler, óbvio! E também para sonhar, para imaginar, para dramatizar, para recriar, para reinar, para viajar. E para tantas outras coisas, quantas cabem no imaginário de uma criança. A exposição “Para que servem os livros…” é o resultado de dois anos do projeto de promoção de leitura “Somos Feitos de Palavras”. Este projeto, concebido e desenvolvido pela Cerra Livros – Associação Cultural, insere-se no programa INEDIT.Maia desenvolvido pela Câmara Municipal da Maia.
Implementado em 7 turmas de escolas do 1º ciclo do ensino básico, do concelho da Maia, o “Somos feitos de Palavras” levou aos alunos a narração de imensos contos, aliando a expressão plástica (ano letivo 2019/2020) e a expressão dramática (ano letivo 2020/2021).
Heróis, vilões, bruxas e animais invadiram a sala de aula e a casa de cada criança. Os cenários e personagens destas histórias podem ser vistos nesta exposição.
Horário: segunda das 18h00 às 23h00 l terça a sexta das 09h30 às 23h00 l sábado das 09h30 às 22h30
Mais info: tel.+ 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt
MUSEU DE HISTÓRIA E ETNOLOGIA DA TERRA DA MAIA

Sábado, 10 de julho
Workshop para Famílias "Este Foral não é Meu"
Os Serviços Educativos do Museu de História e Etnologia da Terra da Maia retomam a partir de 17 de abril, com duas sessões em horários diferentes, a oficina para Famílias "Este Foral não é Meu", integrado na exposição que assinala os 500 anos do Foral da Maia.
"Este Foral não é Meu" é uma Oficina (Workshop) de artes plásticas, desenvolvida em Família e que servirá de complemento às visitas guiadas às exposições do Museu, privilegiando a Exposição temporária "500 ANOS - FORAL DA MAIA", com o objetivo de dar a conhecer aos utilizadores, a história da Maia e o século XVI, com a atribuição do Foral, em 1519, pelo Rei D. Manuel I.

Gratuito.
Inscrições obrigatórias.
Inscrições e outras informações:
Museu de História e Etnologia da Terra da Maia
Praça 5 de Outubro-Avioso Santa Maria• 4475-601 Maia
Tel.+ 351 22 987 11 44• Fax+ 351 22 944 06 33
Email: museu@cm-maia.pt
Horários das oficinas: 10h30 - 12h00 l 14h30 - 16h00

Até 30 de dezembro
Exposição “500 Anos do Foral da Maia”
Está patente no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia até dezembro de 2021, a exposição que assinala os 500 Anos do Foral da Maia.
Um Foral é, sem sombra de dúvida, um dos documentos mais importantes, na definição da identidade de um território.
Outorgaram-se forais desde antes da independência de Portugal, ora por razões de defesa, ora para incentivar o povoamento, ora para reorganizar o território.
Séculos passados, no final do reinado de D. João II, avolumam-se queixas que levariam a uma profunda reforma dos forais levada a cabo por D. Manuel I. O foral da Maia está entre os muitos que D. Manuel concedeu.
Neste ano em que se assinalam os 500 anos da outorga do foral da Maia, entende a Câmara Municipal disponibilizar ao público uma exposição de longa duração (até 2021) sobre esta temática.
Esta exposição pretende levar o visitante numa viagem no tempo, desde o século XI até ao século XVI, contando a história dos forais e, particularmente, do foral da Maia, mas também a história do território maiato e das suas gentes.
Terça-feira a sábado, 09h00 – 12h30 I 14h00 – 17h30
Gratuito.

QUINTA DA CAVERNEIRA

Até 30 de setembro
Exposição
“Tanto Teatro! 40 Edições do Fazer a Festa”
Desde 1982 a edificar uma "aldeia teatral" no Porto e na Maia, as duas principais cidades onde ele tem decorrido, e de onde também irradiou para concelhos vizinhos do distrito, um singelo tributo às centenas de companhias, artistas e participantes e aos milhares de espectadores que por cá passaram. Cantamos os parabéns numa celebração simbólica na edição deste ano, com uma exposição/performance de celebração destas memórias. Entre testemunhos, imagens, e materiais gráficos, iremos relembrar as 40 edições num ambiente festivo, que é intrínseco ao Festival.
Curadoria: José Maia; Execução e Montagem: José Lopes; Apoio à Execução e Montagem: Zé Pedro.
Acesso livre em espaço reservado, mediante reserva prévia até à lotação do espaço

GALERIA COMERCIAL DO MAIA JARDIM

Até 30 de julho
Exposição
“Quintas da Maia”
O Gabinete de História do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal da Maia promove entre 5 e 30 de julho, no Centro Comercial Maia Jardim, uma interessante exposição sobre as "Quintas da Maia".
Uma visão da Maia, do que foi e do que ainda é. Do urbanizado e populoso concelho de hoje, ao território de feição agrícola, de gente dispersa e pouco povoado de outrora. Uma viagem sobre as antigas quintas que desapareceram e as que ainda resistiram até aos nossos dias.
Entrada Gratuita.
ABERTA AO PÚBLICO: segunda a Domingo: 08h00 – 23h00
CONTACTOS: 22 940 86 43 | infocultura@cm-maia.pt
FÓRUM DA MAIA | GABINETE DE HISTÓRIA

Foto de José Fernando Tomé.

Fonte: https://www.cm-maia.pt/institucional/agenda/evento/agenda-cultural_fim-de-semana-92
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android