17:30 até às 20:00
Ciclo de Conversas | Economia da Partilha e Plataformas Digitais

Ciclo de Conversas | Economia da Partilha e Plataformas Digitais

Ana Alves Silva (Colabor) 
Maria da Paz Campos Lima (Dinâmia’CET- ISCTE-IUL)
Nuno Boavida (CICS-Nova); 

Moderação: Inês Barbosa

A chamada digitalização do trabalho tem óbvias dimensões económicas mas parece também inaugurar uma nova forma de regulação do trabalho que pretende ultrapassar os mecanismos de laboralização assentes no reconhecimento da subordinação jurídica, no contrato de trabalho e no edifício de proteções que lhe foi sendo historicamente associado. Nesta conversa, procuraremos perceber, a partir de estudos que têm sido realizados nesta área, a dimensão do fenómeno do trabalho através de plataformas em Portugal e na Europa, os desafios que tem colocado à organização laboral mas também o modo como a “empresarialização” dos trabalhadores e a “plataformização” da prestação de trabalho tem sido uma estratégia que acentua a precariedade e põe em causa algumas das dimensões fundamentais do sistema de relações coletivas de trabalho.


ANA ALVES SILVA
É licenciada em Sociologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Mestre em Intervenção Social, Inovação e Empreendedorismo pelas Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Encontra-se atualmente a terminar o seu doutoramento em Sociologia – Relações de Trabalho, Desigualdades Sociais e Sindicalismo no Centro de Estudos Sociais e na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, com uma investigação, cofinanciada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, sobre processos de precarização da empresarialidade de reduzida escala. Investigadora no CoLABOR – linha do Trabalho, Emprego e Tecnologia.

MARIA DA PAZ CAMPOS LIMA 
É socióloga, especialista nas áreas de emprego e relações laborais. É investigadora integrada do Dinâmia’CET- ISCTE-IUL, e investigadora sénior do CESIS, Centro de Estudos para a Intervenção Social. É também investigadora associada do FAOS, Employment Relations Research Centre – Universidade de Copenhaga. A investigadora é correspondente nacional da Eurofound desde 2006, com participação no EIRO, European Observatory of Industrial Relations e desde 2014 na rede EurWORK, European Observatory of Working Life. É a investigadora responsável do projeto financiado pela FCT, REVAL - Da desvalorização interna à revalorização do trabalho: o caso de Portugal e tem participado em vários estudos comparativos recentes de âmbito europeu, com destaque para o projeto NEWEFIN, New Employment Forms and Challenges to Industrial Relations (2018-2020).

NUNO BOAVIDA 
É um especialista em temas que intersectam a tecnologia e o mundo do trabalho. O investigador integrado do CICS.NOVA é o líder científico do consórcio europeu que desenvolve o projeto CROWDWORK (https://crowd-work.eu) e que pretende encontrar novas estratégias para organizar trabalhadores da Gig economy. Para além disso, Nuno Boavida é também responsável por outros projetos dedicados à Inteligência Artificial (https://sites.fct.unl.pt/inteliart), Formação dual (https://involveproject.eu), e Work-Life-Balance e práticas de negociação colectiva (https://co-bargaining.eu/en/main).
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android