20:30 até às 22:30
Esta Noite Grita-se: Dias inteiros nas árvores, de Marguerite Duras - 5ª ...

Esta Noite Grita-se: Dias inteiros nas árvores, de Marguerite Duras - 5ª ...

Companhia Cepa Torta

O texto de Duras leva-nos ao derradeiro encontro entre mãe e filho. A mãe, que nos surge coberta de pulseiras de ouro, é dona de uma fábrica com «Oitenta operários! Notável!» numa ex-colónia francesa (talvez a Conchichina). Com a desculpa de vir comprar uma cama, vem fazer uma última visita ao filho mais predileto, que vive em Paris. Este vive com uma jovem rapariga órfã, Marcelle, e ambos trabalham num cabaret como “profissionais da presença” contratados para tornar o espaço mais apelativo e agradável. Ele vive cada dia como se fosse o último, esbanjando todo o pouco dinheiro que consegue em partidas de bacará. É o seu estilo de vida desde criança, quando, como os pássaros, subia às árvores e encantava a mãe com a sua beleza, a sua capacidade de não medir consequências, de não se esforçar. Dias Inteiros Nas Árvores realça o contraste entre o ócio e o trabalho, entre o prazer e a responsabilidade. Leva-nos a questionar (como Genet) a verdadeira essência da felicidade no dia-a-dia, perante defeitos que desprezamos como sociedade: desonestidade, vilanagem, viver à custa dos outros, maldade ou displicência. Mas… que poderia uma mãe querer mais do que a felicidade do seu próprio filho?

A 5ª temporada do ciclo de leituras “Esta noite grita-se” irá desenrolar-se durante o primeiro semestre de 2021. Este Festim de leituras de textos de teatro é único no panorama cultural português. Estas leituras não obedecem ao cânone. Aqui há um ator que lê as didascálias, os textos são lidos quase sempre na íntegra e todo o processo de ensaios leva a momentos dotados de um fulgor e exuberância invulgares, apesar do despojamento do dispositivo cénico e da relação íntima e informal estabelecida com o público. Este conceito é único: não existem celebrações desta dimensão e periodicidade no país, em que os textos são analisados e interpretados na leitura, deslocando-se a espaços de natureza diversa que acolhem esta programação numa janela temporal tão alargada, permitindo o usufruto por um leque de público muito abrangente e socialmente diverso. A primazia é dada ao texto, às palavras do autor, interpretadas por reconhecidos intérpretes e oferecidas à imaginação dos públicos. A encenação é do público. E é nessa transposição, do texto para os ouvidos da audiência, que está a missão principal do Festim. O projeto promove a acessibilidade social/intelectual ao divulgar a públicos não habituais, em espaços de inscrição social muito diversa (como por exemplo em Marvila), permitindo a sedução pela beleza da récita interpretada por atores de reconhecido mérito.

Interpretação CARLA MACIEL, GUILHERME BARROSO, MARCELLO URGEGHE e MARIA DO CÉU GUERRA
Direção Artística FILIPE ABREU e MIGUEL MAIA
Tradução JOSÉ VIEIRA DE LIMA
Design Gráfico EDOARDO U. TRAVE



Contacto: Centro Cultural Malaposta

Fonte: https://www.cm-odivelas.pt/conhecer-odivelas/agenda-municipal/todos-os-eventos/evento/esta-noite-grita-se-dias-inteiros-nas-arvores-de-marguerite-duras-5-temporada-palavra-leitura-interpretada
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android