N/D
Agenda Cultural_fim de semana

Agenda Cultural_fim de semana

Agenda de atividades culturais promovidas pela Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia para o fim de semana, 27, 28, 29 e 30 de maio.

FÓRUM DA MAIA

Até 16 de junho
“A Imprensa Clandestina”

Por ocasião do centenário do Partido Comunista Português e passados 47 anos da Revolução de 25 de Abril de 1974, a Câmara Municipal da Maia e a Direção da Organização Regional do Porto do PCP promovem, entre 27 de maio e 16 de junho, uma exposição sobre imprensa clandestina, destacando a sua importância, mas também o heroísmo de todos os que a produziam e difundiam, enfrentando a ditadura fascista e as prisões.
Em 1926, um golpe militar abriu portas a um processo que viria a instaurar uma ditadura em Portugal. O processo foi acompanhado da fascização do Estado e com ela surgiram as perseguições, prisões arbitrárias, torturas e assassinatos, proibição de partidos políticos, proibição da liberdade de imprensa e imposição de censura prévia… tudo isto aliado à perpetuação de situações de miséria, fome e pobreza extrema.
A imprensa clandestina – particularmente o «Avante!» pela sua regularidade, ligação aos problemas e conhecimento da situação do país – era um informador que furava a censura, mas também um guia de ação, um orientador das massas com vista ao derrubamento do fascismo.
Dando expressão a uma grande – e pouco conhecida – diversidade de jornais clandestinos (alguns dos quais editados dentro das próprias prisões fascistas – a exposição incluirá documentos originais, dos arquivos regionais do PCP, alguns dos quais inéditos, e destacará igualmente situações relacionadas com a Maia, seja pela notícia do «Avante!» de 1944 em que a população da Maia se manifestou contra a saída de bens alimentares para a Alemanha Nazi, seja pela homenagem que faz aos vários maiatos presos, alguns dos quais pela difusão de imprensa clandestina.

Gratuito.
Terça-feira a Domingo: 10h00 - 22h00

Junto à estação do Metro "Fórum Maia"
UIVO 10
Oficina " Postais Volantes Remix”
Vamos criar um postal ilustrado, com ajuda dos artistas que participaram na UIVO 10 - Mostra de Ilustração da Maia.
Fazer um desenho ou uma pintura pode ser muito solitário, mas se o nosso desenho partir de uma ideia de outra pessoa, acrescentamos as nossas ideias e fazemos um remix! E se, a esse desenho colarmos um selo, a quem o podemos enviar? Chegará ao Pólo Norte, ou se um lobo aqui passar rapidamente, poderá dar-lhe uma boleia?
Público-alvo: Público em geral e famílias
Lotação: Grupos de 4 pessoas, do mesmo agregado familiar em cada mesa.
Mais informações: infocultura@cm-maia.pt I 229408643
Gratuito.

Sábado, 29, e, Domingo, 30 de maio de 10h00 às 12h00
Exterior do Fórum da Maia (próximo da paragem da estação de metro)
Oficina - Mural “Ilustração Sai à Rua - Somos Primavera”
O Serviço Educativo da Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia promovem, no âmbito da edição número 10 da UIVO – Mostra de Ilustração da Maia, um conjunto de oficinas de pintura de mural, mediante inscrição e confirmação de disponibilidade da parede e das condições meteorológicas.
Sabias que a pintura mural é uma forma artística muito popular, mas que a maioria dos seus artistas são anónimos? A arte urbana, ou as intervenções nas cidades mais famosas surgem por vezes da noite para o dia, pois além de discretos, estes artistas são também cuidadosos: o efeito surpresa é muito importante. Com a primavera a chegar, somos convidados a sair de casa e experimentar, e num contexto seguro levar a nossa Família a desconfinar. Vamos deixar a primavera entrar na nossa cidade, já estamos a precisar. Numa altura em que o contacto físico é uma exceção, deixar uma marca na parede pode ser algo simbólico, não apenas para este ano, mas especialmente para gerar futuro. Juntem-se a nós nesta ideia.
Gratuito.
Outras informações e Inscrições (obrigatórias): infocultura@cm-maia.pt

BIBLIOTECA MUNICIPAL DOUTOR JOSÉ VIEIRA DE CARVALHO

Sábado, 29 de maio, 11h30 – 11h50
“Histórias Fiadas”
Sábados mágicos, histórias divertidas, fantasia e imaginação, contos maravilhosos e muita animação. A Biblioteca espera por ti com incríveis leituras para toda a família. Ao longo do mês de maio teremos as histórias “O Urso e a Casa dos Livros”, de Poppy Bishop e Alison Edgson, e, “Oh, não! Adotei um Elefante!”, de David Walliams, “O Médico do Mar”, de Leo Timmers, e “Socorro, Estamos no Livro Errado!”, de Richard Byrne.
Gratuito
Mais info e inscrições: tel.+ 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt

Até 28 de maio
"Azulejaria Fora de contexto"
"Azulejaria Fora de contexto" é o título da exposição, que estará disponível até dia 28 Maio, na Biblioteca Municipal da Maia.
Esta mostra assinala o Dia Mundial do Azulejo, 6 de maio, e trata-se de um trabalho criativo de dois artistas portuenses, Cláudia Nair Oliveira, mentora do projeto artístico Marias Paperdolls, e Victor Escaleira, escultor, na qual exploram a arte de recriar o tema da azulejaria portuguesa nas suas criações.
Na essência desta obra conjunta está a ambição de apresentar ao público novas composições, novos estilos, novas linguagens para a azulejaria portuguesa, retratando na ilustração as várias influências e inspirações absorvidas no quotidiano.
Entrada livre.
Segundas: 18h00 – 22h00 I Terça a sábado: 09h30 – 22h00

Sábado, 29 de maio, 16h00 – 18h00
“Asas de Poesia”
O Grupo “Asas de Poesia” continua como espaço de comunicação da palavra escrita em forma de POESIA, procurando homenagear ao mesmo tempo grandes poetas desaparecidos e procurando apresentar géneros poéticos diferentes, cada sessão do grupo pretende ser uma agradável tarde de convívio entre a poesia, a música e o público.
Gratuito
Mais info: 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt

MUSEU DE HISTÓRIA E ETNOLOGIA DA TERRA DA MAIA

Sábado, 29 de maio, 09h30 – 11h00 I 11h30 – 13h00
Workshop para Famílias "Este Foral não é Meu"
Os Serviços Educativos do Museu de História e Etnologia da Terra da Maia retomam a partir de 17 de abril, com duas sessões em horários diferentes, a oficina para Famílias "Este Foral não é Meu", integrado na exposição que assinala os 500 anos do Foral da Maia.
"Este Foral não é Meu" é uma Oficina (Workshop) de artes plásticas, desenvolvida em Família e que servirá de complemento às visitas guiadas às exposições do Museu, privilegiando a Exposição temporária "500 ANOS - FORAL DA MAIA", com o objetivo de dar a conhecer aos utilizadores, a história da Maia e o século XVI, com a atribuição do Foral, em 1519, pelo Rei D. Manuel I.

Gratuito.
Inscrições obrigatórias.
Inscrições e outras informações:
Museu de História e Etnologia da Terra da Maia
Praça 5 de Outubro-Avioso Santa Maria• 4475-601 Maia
Tel.+ 351 22 987 11 44• Fax+ 351 22 944 06 33
Email: museu@cm-maia.pt

Até 30 de dezembro
Exposição “500 Anos do Foral da Maia”
Está patente no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia até dezembro de 2021, a exposição que assinala os 500 Anos do Foral da Maia.
Um Foral é, sem sombra de dúvida, um dos documentos mais importantes, na definição da identidade de um território.
Outorgaram-se forais desde antes da independência de Portugal, ora por razões de defesa, ora para incentivar o povoamento, ora para reorganizar o território.
Séculos passados, no final do reinado de D. João II, avolumam-se queixas que levariam a uma profunda reforma dos forais levada a cabo por D. Manuel I. O foral da Maia está entre os muitos que D. Manuel concedeu.
Neste ano em que se assinalam os 500 anos da outorga do foral da Maia, entende a Câmara Municipal disponibilizar ao público uma exposição de longa duração (até 2021) sobre esta temática.
Esta exposição pretende levar o visitante numa viagem no tempo, desde o século XI até ao século XVI, contando a história dos forais e, particularmente, do foral da Maia, mas também a história do território maiato e das suas gentes.
Terça-feira a sábado, 09h00 – 12h30 I 14h00 – 17h30
Gratuito.

QUINTA DA CAVERNEIRA

Até 13 de junho
Exposição
"História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar…, lembrar Sepúlveda"
Lembramos Sepúlveda através da memória do espetáculo «História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar», a partir da obra do autor, que o Teatro Art’Imagem estreou em 2008, com dramaturgia e encenação de Pedro Carvalho e Valdemar Santos, com uma exposição que apresenta os materiais cenográficos e as marionetas de Sandra Neves, relembrando o universo do espetáculo.
A exposição tem curadoria de Sandra Neves, cenógrafa e marionetista que concebeu toda a plástica e o cartaz do espetáculo.
Fica patente ao público ate dia 13 de junho de 2021.
Gratuito

29 de maio (sábado) | 11h00
"A maior Flor e outras histórias segundo José a partir de José Saramago"| Teatro a Ler
Leitura expressiva de Textos de Teatro para crianças
Fundo Teatral Art’Imagem/C.M.Maia

Biblioteca da Quinta da Caverneira
M/6 anos
Entrada Livre
Inspirado na obra de José Saramago tem como base de trabalho dramatúrgico o livro para crianças “A Maior Flor do Mundo”. Acrescentando outros textos que vão desde “Pequenas Memórias” aos contos “Deste Mundo e do Outro”, dos “Cadernos de Lanzarote” aos “Poemas Possíveis” e ao Discurso de aceitação do Prémio Nobel, ao aparecimento de personagens literárias inesquecíveis do universo do autor, como o par Blimunda e Baltazar, os Sete Sóis e Sete Luas, do “Memorial do Convento”, a Mulher do Médico e o Cão das Lágrimas, de “O Ensaio Sobre a Cegueira”, até às criaturas reais, mais ou menos fantasiadas, que povoaram a sua infância, como os seus avós Jerónimo e Josefa e outros familiares, bem como as recordações do que era viver, trabalhar e brincar na aldeia de Azinhaga do Ribatejo, ao despertar dos primeiros amor.
«Havia uma aldeia e um menino (ou uma menina?).
Havia também os avós com quem a menina (menino?) vivia, mais os vizinhos.
Um dia sai o menino (menina?) pelos fundos do quintal e toca a andar, toca a andar.
Caminhou, caminhou, correu, correu, parou, parou...
Até que chegou ao limite das terras até onde se aventurara sozinha ( sozinho?).
– Vou ou não vou?
Foi!
À descoberta de si, à descoberta do mundo.»
Este texto resultante do trabalho de dramaturgia de José Leitão foi levado à cena pelo Teatro Art’Imagem em 2014, com também encenação de José Leitão.
ENTRADA MEDIANTE RESERVA PRÉVIA ATÉ À LOTAÇÃO DA SALA
Info e reservas: 222 084 014 I 917 691 753 | 910 818 719
teatroartimagem@teatroartimagem.org

GALERIA COMERCIAL DO MAIA JARDIM

Até 30 de maio
Exposição
“A Filatelia na Maia”
A Filatelia excede em muito o vulgar colecionismo, ao permitir a afirmação e divulgação das múltiplas culturas do mundo e ao promover o intercâmbio e a aproximação dos povos.
Aqui ficamos a conhecer um pouco da história dos correios na Maia, no sempre surpreendente “mundo” dos selos e postais.
Entrada Gratuita
ABERTA AO PÚBLICO:
Segunda a sexta-feira: 08h00 - 21h00
Sábado e Domingo: 08h00 - 19h00

BREVEMENTE:
- Jazz no Parque Central da Maia
- “O Livro da Maia”, exposição fotográfica de Alfredo Cunha
- Exposição “A Moeda na História”
- 40º Fazer a Festa, Festival Internacional de Teatro para a Juventude
- Oficina “Cria a Tua BD”

Fonte: https://www.cm-maia.pt/institucional/agenda/evento/agenda-cultural_fim-de-semana-34
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android