21:00
Rabu Mazda + Miguel Abras

Rabu Mazda + Miguel Abras

"""A posteridade está rogada na praga a que se lança a promessa. Vertentes vértices vertigens dobram se ao parapeito da queda. Os ângulos e as quebras desfralfadam com a força desfibriladora da reanimação. Reabilitado se encontra vectorial e dito e promissor; massa com massa amassar a crença que a amizade é real e prática e desvenda-se na organização primordial do nosso amor. Estamos juntos. A barca do inferno brada e afunda o auto circular e planar dodecaedrico levintante dos céus. Um mais um igual à finitude. Os grandes amigos juntam-se tentando desvendar o prazer de colaborar. Umas Canções, um oceano que se alaga. A levediça amostra que movediça prende e entrega, nós entregues à verdade ao prazer de partilhar um momento que é mais que musical com lotação limitada, no Lounge."" Leonardo e Miguel.

Bios:
Leonardo Bindilatti nasceu em 1992, é músico auto-didacta, produtor, DJ, engenheiro de
som e um dos fundadores da Cafetra Records. Esteve envolvido em várias bandas e projectos da editora - Kimo Ameba, Go Suck a Fuck, Kridinhux e Rabu Mazda & Van Ayres - e foi responsável pela gravação e produção de vários dos seus discos, tal como o primeiro EP dos 100 Leio, Enganei-me e fui para casa (2011), os discos Alfarroba (2015) e Casa de Cima (2017) das Pega Monstro e Isula (2016), o primeiro álbum de Sallim. Actualmente faz parte de Iguanas, duo com Lourenço Crespo, onde dá a voz e é produtor, e com quem já editou dois discos, Doce (2013) e Lua Cheia (2018). É também membro integrante das Putas Bêbadas, onde toca bateria e foi responsável pela gravação e produção dos dois discos editados pela banda, Jovem Excelso Happy (2013) e Orgulho de Ex-Buds (2017). Em Abril de 2020 lançou ""Todo Mundo Sabe"", o seu o primeiro disco a solo como Rabu Mazda, editado pela editora brasileira 40%Foda/Maneirissimo. Em Março de 2021 editou ""Tá Sempre Pegando Fogo"", pela Discos Extendes, e prepara-se para gravar ainda outro, com o apoio da GDA e lançamento previsto para o final de 2021.

Miguel Abras nasce em Lisboa no ano de 1992. Desde cedo desenvolve afinidade com
música e artes visuais. Aos 14, inicia a prática do baixo elétrico, o seu primeiro veículo de
composição. Em 2010, junta-se à editora lisboeta Cafetra. Co-funda o conjunto Putas
Bêbadas, onde é vocalista e baixista, com dois LPs editados. Desde 2013 até aos dias de hoje, integra vários projetos musicais e artísticos com Éme (baixo-eléctrico); Sallim (baixo-
eléctrico); David Maranha (processamento de voz e electrónica ); Red Trio Concerto 10 anos (voz e baixo-eléctrico); CAVEIRA (baixo- eléctrico); Alexandre Estrela (peça áudio para acompanhamento de projeção vídeo do artista plástico). Recentemente, dedica-se à
produção de temas para o seu projecto a solo. Em paralelo ao trabalho artístico, faz
também produção musical e engenharia de áudio.
"

Fonte: https://lisboa.circuito.live/
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android