N/D
Agenda Cultural_fim de semana

Agenda Cultural_fim de semana

Agenda de atividades culturais promovidas pela Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia para o fim de semana, 21, 22 e 23 de maio.

FÓRUM DA MAIA

Sexta-feira, 21 de maio, 19h00
Grande Auditório do Fórum da Maia
Francisco Moreira - "Todos os Fados São Meus"
“Todos Os Fados São Meus” é o álbum de afirmação definitiva de Francisco Moreira no Fado. Com uma discografia que começou na infância e passou pela adolescência, é com este novo disco que o fadista demonstra que o Fado é o caminho que quer e vai seguir ao longo da sua carreira.
Este trabalho discográfico comporta um pouco de todas as nuances do Fado. Tanto nos oferece Fado Tradicional com poemas antigos, como canções fadistas intemporais. Dá-nos fados compostos propositadamente para este álbum, homenageia grandes fadistas da História e tem espaço para Francisco Moreira se apresentar igualmente como letrista.
O acompanhamento musical é de excelência, fiel à essência daquilo que é acompanhar o verdadeiro Fado, assente nas guitarras portuguesas de João Martins e Miguel Amaral (este segundo na interpretação de um tema por si composto), na viola de André Teixeira e no contrabaixo de Filipe Teixeira.
Poeticamente, as canções passam inevitavelmente pelo Amor, pela Saudade, pela descrição de lugares e pessoas, pelo retrato das alegrias e tristezas da vida. O maior destaque vai para “Todos Os Fados São Meus”, o tema que dá nome ao álbum, escrito por António Laranjeira e musicado por André Teixeira. É aí que Francisco Moreira nos diz como se entrega ao Fado e como não tem pressa de fazer o seu caminho, que tem sido sempre pautado por passos seguros que acompanham o seu crescimento como pessoa e como artista.
Sem olvidar toda a sua discografia anterior, este novo álbum é definitivamente aquele que marca a consolidação de uma carreira brilhante, em que Francisco Moreira não esquece o seu passado, mas tem os olhos postos num futuro solidamente construído com um sentido estético irrepreensível e uma voz jovem, segura e muito madura.
BILHETEIRA
Preço único: 10€
Locais de Venda: Fórum da Maia (segunda a sexta-feira 09h00 - 12h30 / 14h00 - 17h30, e uma hora antes do espetáculo).
Biblioteca Municipal da Maia (segunda-feira: 18h00 - 22h30, terça-feira a sábado: 09h30 - 22h30).
Maia Welcome Center (segunda a sexta: 09h00-18h00 I sábado e domingo: 09h00 - 17h00)
BILHETEIRA ON-LINE https://forummaia.bol.pt/

Sábado, 22 de maio, 10h00 - 12h00
Junto á estação do Metro "Fórum Maia"
UIVO 10
Oficina "Postais volantes remix”
Vamos criar um postal ilustrado, com ajuda dos artistas que participaram na UIVO 10 - Mostra de Ilustração da Maia.
Fazer um desenho ou uma pintura pode ser muito solitário, mas se o nosso desenho partir de uma ideia de outra pessoa, acrescentamos as nossas ideias e fazemos um remix! E se, a esse desenho colarmos um selo, a quem o podemos enviar? Chegará ao Pólo Norte, ou se um lobo aqui passar rapidamente, poderá dar-lhe uma boleia?
Público-alvo: Público em geral e famílias
Lotação: Grupos de 4 pessoas, do mesmo agregado familiar em cada mesa.
Mais informações: infocultura@cm-maia.pt I 229408643
Gratuito.

Sábado, 22 de 10h00 às 12h00
Exterior do Fórum da Maia (próximo da paragem da estação de metro)
Oficina - Mural “Ilustração Sai à Rua - Somos Primavera”
O Serviço Educativo da Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia promovem, no âmbito da edição número 10 da UIVO – Mostra de Ilustração da Maia, um conjunto de oficinas de pintura de mural, mediante inscrição e confirmação de disponibilidade da parede e das condições meteorológicas.
Sabias que a pintura mural é uma forma artística muito popular, mas que a maioria dos seus artistas são anónimos? A arte urbana, ou as intervenções nas cidades mais famosas surgem por vezes da noite para o dia, pois além de discretos, estes artistas são também cuidadosos: o efeito surpresa é muito importante. Com a primavera a chegar, somos convidados a sair de casa e experimentar, e num contexto seguro levar a nossa Família a desconfinar. Vamos deixar a primavera entrar na nossa cidade, já estamos a precisar. Numa altura em que o contacto físico é uma exceção, deixar uma marca na parede pode ser algo simbólico, não apenas para este ano, mas especialmente para gerar futuro. Juntem-se a nós nesta ideia.
Gratuito.
Outras informações e Inscrições (obrigatórias): infocultura@cm-maia.pt

Domingo, 23 de maio, 1ª. Sessão: 10h00 – 11h00 I 2ª Sessão: 11h30 – 12h30
Grande Auditório do Fórum da Maia
“ORQUESTRA PARA BEBÉS”
Depois do sucesso da 1ª edição, a Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Maia, em colaboração com a Escola de Música Maestro Samuel Santos, promove novo ciclo da Orquestra para Bebés, entre 6 de setembro de2020 e 11 de julho de 2021.
A Orquestra para Bebés é um espaço de interação entre pais e filhos num ambiente artístico controlado e orientado sob os mais criteriosos requisitos pedagógicos no tocante à introdução do ensino da música em tão tenra idade.
É um momento privilegiado de profundo envolvimento emocional e afetivo que percorre todo o espectro da definição de música e introduz de forma lúdica e equilibrada os elementos necessários para despertar a musicalidade. Contribui para um maior interesse pela cultura e pelo futuro, preparando a criança para identificar o respeito pelo outro, a ordem, disciplina, memória, inteligência e o gosto, numa simbiose de expressão corporal e descoberta dos sons, emoções, gestos e formas que aproximam filhos e progenitores de maneira prática e divertida.
Aplicando os mais recentes métodos da psicologia da educação os bebés iniciam a sua vida tendo contacto com a arte num complemento por excelência ao seu desenvolvimento. As crianças vivenciarão esta aprendizagem incorporando o ambiente destinado a artistas em pleno palco do Fórum da Maia numa excecional atividade dinamizada pelo próprio Maestro Samuel Santos.
A Orquestra para Bebés é parte integrante desta aventura que é a “vida” que este ano em particular assinala os 500 anos da atribuição da carta de Foral à cidade da Maia.
Público alvo: Dos 6 meses aos três anos e meio.
Limite: 12 bebés
Preço: sessão: bebé + dois adultos: 10 €

BIBLIOTECA MUNICIPAL DOUTOR JOSÉ VIEIRA DE CARVALHO

Sexta-feira, 21 de maio, 17h30
Encontro com a autora Susana Piedade
A Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal da Maia promove um encontro com a escritora Susana Piedade para discussão do seu mais recente romance “O lugar das Coisas Perdidas”.
Num romance trepidante que mantém o suspense até à última página, Susana Piedade – finalista do Prémio LeYa com o romance “As Histórias Que não Se Contam” –, regressa ao tema da perda e da culpa, oferecendo-nos uma história profunda e surpreendente, na qual quase nada é o que parece.
Gratuito
Mais info e inscrições: tel.+ 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt

Sábado, 22 de maio, 11h30 – 11h50
“Histórias Fiadas”
Sábados mágicos, histórias divertidas, fantasia e imaginação, contos maravilhosos e muita animação. A Biblioteca espera por ti com incríveis leituras para toda a família. Ao longo do mês de maio teremos as histórias “O Urso e a Casa dos Livros”, de Poppy Bishop e Alison Edgson, e, “Oh, não! Adotei um Elefante!”, de David Walliams, “O Médico do Mar”, de Leo Timmers, e “Socorro, Estamos no Livro Errado!”, de Richard Byrne.
Gratuito
Mais info e inscrições: tel.+ 351 22 940 86 38, biblioteca@cm-maia.pt

Até 28 de maio
"Azulejaria Fora de contexto"
"Azulejaria Fora de contexto" é o título da exposição, que estará disponível até dia 28 Maio, na Biblioteca Municipal da Maia.
Esta mostra assinala o Dia Mundial do Azulejo, 6 de maio, e trata-se de um trabalho criativo de dois artistas portuenses, Cláudia Nair Oliveira, mentora do projeto artístico Marias Paperdolls, e Victor Escaleira, escultor, na qual exploram a arte de recriar o tema da azulejaria portuguesa nas suas criações.
Na essência desta obra conjunta está a ambição de apresentar ao público novas composições, novos estilos, novas linguagens para a azulejaria portuguesa, retratando na ilustração as várias influências e inspirações absorvidas no quotidiano.
Entrada livre.
Segundas: 18h00 – 22h00 I Terça a sábado: 09h30 – 22h00

MUSEU DE HISTÓRIA E ETNOLOGIA DA TERRA DA MAIA

Sábado, 22 de maio, 10h00 – 18h00
Parque Cidade Desportiva
Jogos Tradicionais - Dia Internacional dos Museus
Para assinalar o Dia Internacional dos Museus - 18 de maio -, o Museu de História e Etnologia da Terra da Maia promove no Parque Cidade Desportiva, um conjunto de jogos tradicionais e atividades lúdico-didáticas.
O Dia Internacional dos Museus é uma efeméride de grande tradição para o mundo dos museus, tendo a sua celebração tido início em 1977, por iniciativa do ICOM – Conselho Internacional de Museus (organismo da UNESCO). É celebrado anualmente a 18 de maio e este ano sob a temática "O Futuro dos Museus: Recuperar e Reimaginar" pretende centrar-se nos desafios de recuperação e reinvenção destes espaços face à crise provocada pela pandemia de covid-19.
Gratuito.
Inscrições e outras informações: 229871144 ou museu@cm-maia.pt

Até 30 de dezembro
Exposição “500 Anos do Foral da Maia”
Está patente no Museu de História e Etnologia da Terra da Maia até dezembro de 2021, a exposição que assinala os 500 Anos do Foral da Maia.
Um Foral é, sem sombra de dúvida, um dos documentos mais importantes, na definição da identidade de um território.
Outorgaram-se forais desde antes da independência de Portugal, ora por razões de defesa, ora para incentivar o povoamento, ora para reorganizar o território.
Séculos passados, no final do reinado de D. João II, avolumam-se queixas que levariam a uma profunda reforma dos forais levada a cabo por D. Manuel I. O foral da Maia está entre os muitos que D. Manuel concedeu.
Neste ano em que se assinalam os 500 anos da outorga do foral da Maia, entende a Câmara Municipal disponibilizar ao público uma exposição de longa duração (até 2021) sobre esta temática.
Esta exposição pretende levar o visitante numa viagem no tempo, desde o século XI até ao século XVI, contando a história dos forais e, particularmente, do foral da Maia, mas também a história do território maiato e das suas gentes.
Terça-feira a sábado, 09h00 – 12h30 I 14h00 – 17h30
Gratuito

QUINTA DA CAVERNEIRA

Até 13 de junho
Exposição
"História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar…, lembrar Sepúlveda"
Lembramos Sepúlveda através da memória do espetáculo «História de uma Gaivota e do Gato que a ensinou a voar», a partir da obra do autor, que o Teatro Art’Imagem estreou em 2008, com dramaturgia e encenação de Pedro Carvalho e Valdemar Santos, com uma exposição que apresenta os materiais cenográficos e as marionetas de Sandra Neves, relembrando o universo do espetáculo.
A exposição tem curadoria de Sandra Neves, cenógrafa e marionetista que concebeu toda a plástica e o cartaz do espetáculo.
Fica patente ao público ate dia 13 de junho de 2021.
Gratuito

Sexta-feira, 21 de maio, 19h00
"Confiando (Confinado)"
Fio D'Azeite - Marionetas do Chão de Oliva
M/12
70M (aprox.)
É uma história composta de pequenas histórias, referentes ao personagem principal de nome Vicente. Estas crónicas da vida do protagonista são viagens no tempo, formando uma linha cronológica um pouco desalinhada, mas remetendo a toda uma poesia visual de memórias aleatórias de uma vida tranquila. Uma história onde a saudade é lembrada, e o passado é saudavelmente revisitado em memória. Alguns momentos desta criação envolvem silêncio de texto, sobressaindo a musicalidade, privilegiando o gesto musicado, levando os variados públicos a interpretarem as cenas através da poética da luz, da manipulação, do ritmo. O título ‘Confiando’ em oposição ao subtítulo ‘Confinado’ proporciona uma viagem entre sentimentos, revoltas, suspiros, sorrisos, entre outros surtos de abalo e esperança.
Autor Rui Sousa Encenação e interpretação Nuno Correia Pinto Assistência de Encenação Paula Pedregal Marionetas Jorge Cerqueira Desenho de Luz e Sonoplastia Marco Lopes Operador Luz e Som Luiz Quaresma Direcção de Produção Nuno Correia Pinto Secretária de Direcção e Produção Cristina Costa Produção Catarina Sobral
BILHETEIRA
5,00€ Normal
3,00€ Estudantes, Crianças menos de 6 anos, M/65, Profissionais das Artes Cénicas, Desempregados e sócios do Sindicato dos Bancários do Norte.
Horário: 45 minutos antes do início de cada espetáculo.
ENTRADA MEDIANTE RESERVA PRÉVIA ATÉ À LOTAÇÃO DA SALA
Info e reservas: 222 084 014 I 917 691 753 | 910 818 719
teatroartimagem@teatroartimagem.org

GALERIA COMERCIAL DO MAIA JARDIM

Até 30 de maio
Exposição
“A Filatelia na Maia”
A Filatelia excede em muito o vulgar colecionismo, ao permitir a afirmação e divulgação das múltiplas culturas do mundo e ao promover o intercâmbio e a aproximação dos povos.
Aqui ficamos a conhecer um pouco da história dos correios na Maia, no sempre surpreendente “mundo” dos selos e postais.
Entrada Gratuita
ABERTA AO PÚBLICO:
Segunda a sexta-feira: 08h00 - 21h00
Sábado e Domingo: 08h00 - 19h00

Fonte: https://www.cm-maia.pt/institucional/agenda/evento/agenda-cultural_fim-de-semana
Os eventos publicados estão sujeitos a adiamento ou cancelamento devido ao surto de Coronavírus. Recomendamos que confirme toda a informação junto do promotor oficial deste evento. Por favor contacte-nos se detectar que existe alguma informação incorrecta.
Download App iOS
Viral Agenda App
Download App Android